Escreva para pesquisar

Compartilhar

Dicas: como chegar à Lagoa dos Druidas

A mítica Lagoa dos Druidas é uma das grandes surpresas do percurso pedestre conhecido por Mistura das Águas. O trilho percorre as margens dos rios Veiga e Peneda, até ao local onde as suas águas abraçam o rio Laboreiro, num espaço bucólico junto à magnífica Fraga das Pastorinhas, considerada uma das maiores paredes de escalada em Portugal. A caminhada de 14 km, inicia em Várzea (freguesia de Soajo), no concelho de Arcos de Valdevez. Mas isso é assunto para um próximo post. Por hora, trazemos dicas sobre a maneira mais fácil de como chegar à Lagoa dos Druidas, onde ficar a dormir, dentre outras curiosidades. Verifique!

chegar à Lagoa dos Druidas

Curiosidades sobre a Lagoa dos Druidas

chegar à Lagoa dos Druidas

Lagoa dos Druidas, um verdadeiro santuário natural de excelência

Escondida em um vale profundo do rio da Peneda, a Lagoa dos Druídas, também conhecida como Poço dos Druidas, está localizada em plena Serra do Soajo, inserida no Parque Nacional da Peneda – Gerês (Norte de Portugal).

Formada pelas águas puras e cristalinas do rio da Peneda, esta lagoa é cercada de lendas e mistérios. O local foi palco de rituais druídicos, uma manifestação religiosa com raízes celtas, onde os seus seguidores veneram a natureza, fazendo dela a base da sua crença. Além disso, é possível encontrar por ali gravuras deixadas pelos nossos antepassados, uma cruz templária e um peixe (símbolo dos primeiros cristãos).

+ Veja também: o que visitar em Soajo 

Caminho mais fácil para chegar à Lagoa dos Druidas


É possível ir à Lagoa dos Druidas sem ter que encarar o percurso pedestre de 14 km? Sim. Se não quer realizar o Trilho Mistura das Águas, a dica é percorrer o caminho pedestre com início na aldeia de Tibo.

Faça assim: após chegar em Tibo (Arcos de Valdevez), estacione o carro próximo à igreja da aldeia. Depois, desça durante 50 metros pela principal rua do povoado. A seguir, entre na ruela estreita ao seu lado direito, que se encontra coberta por uma enorme parreira (veja a localização no Google Maps). É por aí que fica a entrada do trilho. Posteriormente, só tem de seguir o caminho de terra batida que conduz à Lagoa dos Druidas, um dos locais mais secretos e místicos do PNP-Gerês.

A única forma de chegar é a pé. O trilho tem uma extensão de 5 km ida/volta, com grau de dificuldade relativamente fácil. Porém, não recomendável a mulheres grávidas ou pessoas com problemas de mobilidade.

O que levar

chegar à Lagoa dos Druidas

A descida para o rio é sinuosa, portanto recomenda-se levar calçado adequado para trekking. Se optar por fazer o percurso durante os meses de primavera-verão, leve consigo protector solar, chapéu e traje de banho. Como o local não conta com serviço de bares ou restaurantes, recomenda-se levar também água e lanche suficiente para algumas horas. Para concluir, respeite o rio e toda a natureza envolvente. Seja educado, não faça barulho e recolha o seu lixo!

+ Confira também: o que fazer em Ponte da Barca

Onde ficar a dormir

Ficamos super felizes em ajudar no planejamento da sua viagem. Por isso, fomos à procura dos melhores alojamentos para se hospedar próximo à Lagoa dos Druidas. A oferta hoteleira da região não é grande e a maioria das hospedagens ficam na vila de Soajo, a cerca de 12 km da lagoa. A seguir listamos as hospedagens que oferecem boa relação preço-qualidade. Clique nos links abaixo para conferir e reservar!

Divulgação: Turismo Rural Casa do Adro, um dos melhores alojamentos próximos à Lagoa dos Druidas

Turismo Rural Casa Do Adro – 50 metros de centro de Soajo

Casa da Gandarela – 450 metros do centro de Soajo

Casas do Cavaleiro Eira – 250 metros do centro de Soajo

Casa de Pereiró – 750 metros do centro de Soajo

Casa Rautau – 50 metros do centro

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e informações. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo (a) ao blog!

Procurando Hotel? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui !


Tags::