Escreva para pesquisar

Cascatas de Pitões das Júnias

Compartilhar

Cascatas de Pitões das Júnias – Gerês

Inserida numa envolvência tipicamente serrana, a aldeia de Pitões das Júnias, no concelho de Montalegre, oferece recantos maravilhosos para relaxar ou para descarregar o stress, através de atividades ao ar livre como percursos pedestres de montanha. Se planeja conhecer o destino, vale a pena visitar as cascatas de Pitões das Júnias, eleitas entre as atrações naturais mais bonitas do Parque Nacional da Peneda-Gerês, localizado na região Norte de Portugal. Pronto para partir à descoberta? Leia o nosso guia e saiba onde ficam as quedas d’água que formam lagoas cristalinas e qual a maneira mais fácil de lá chegar. Além disso, se quiser dormir algumas noites em Pitões, também incluímos algumas dicas imperdíveis para você. Verifique!

Cascatas e lagoas de Pitões das Júnias – Gerês

As cachoeiras e lagoas paradisíacas de Pitões das Júnias ficam na região do Barroso, perto do centro da aldeia de Pitões. Ainda pouco frequentadas, elas convidam a momentos de descanso e contemplação. 

Caldeiras do Pereira

Cascatas de Pitões das Júnias

Perfeitas para dias de aventura, as Caldeiras do Pereira são autênticos paraísos por descobrir. As lagoas cristalinas desta cascata provêm do ribeiro de Pitões, sendo uma boa opção para se refrescar nos meses quentes de verão.

O acesso não é fácil, mas as piscinas naturais e a paisagem envolvente compensam o esforço – local excelente para casais e famílias. Reservar pelo menos 5 horas para este passeio. 

Como ir às Caldeiras do Pereira

A única forma de chegar às Caldeiras do Pereira é a pé. O caminho que leva à cascata tem início na Rua do Pátio da Raposeira, próxima ao Largo Eiró (centro de Pitões das Júnias).

Após passar a ponte de madeira, siga pelo caminho de pedras até ao parque de merendas da aldeia. Passando o parque, vá pelo trilho à sua esquerda até encontrar o rio.

A partir daí só tem de percorrer o caminho que passa pela margem do rio. Durante o trajeto encontrará um abrigo para animais, desde aí são apenas 5 minutos de caminhada até à cascata.

O trilho é de aproximadamente 8 km com grau de dificuldade médio. Veja no Google Maps as coordenadas do GPS e a localização exata que dá acesso ao início do percurso pedestre. 

Cascata de Pitões das Júnias

A Cascata de Pitões das Júnias é uma bela cachoeira que deságua numa lagoa delimitada por afloramentos graníticos. Alimentada pelas águas límpidas do ribeiro de Pitões, é uma das quedas d’água mais altas da Serra do Gerês, tendo a maior delas uns impressionantes 30 metros de altura. Cenário mágico! O melhor horário para visitar esta cascata é entre as 12h e as 14h. 

Trilho da Cascata de Pitões das Júnias

Trata-se de um dos percursos pedestres mais bonitos do Gerês. O trilho circular de 4 km, é de grau de dificuldade fácil e arranca no Cemitério de Pitões (local de partida e de chegada).

A caminhada pelo trilho é super agradável, permitindo explorar as ruínas do emblemático Mosteiro de Santa Maria das Júnias e o Miradouro da Cascata de Pitões das Júnias.

Miradouro da Cascata de Pitões das Júnias

Cascatas de Pitões das Júnias

O Miradouro da Cascata de Pitões das Júnias entrega uma vista fantástica da queda d’água e do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Para lá chegar é tarefa fácil. A partir do centro da aldeia, siga de carro até o parque de estacionamento de acesso à mesma. Desde aí só tem de percorrer cerca de 1500 metros ida/volta por um passadiço de madeira. Todo o percurso está bem sinalizado. Não tem erro! 

O que levar

Quando visitar as cascatas recomendamos levar uma mochila com lanche e água. Calçado adequado para trekking, protetor solar, chapéu, máquina fotográfica ou um smartphone para tirar fotos lindas e, claro, um saquinho para recolher o seu lixo. Fica a dica! 

Melhores alojamentos 

Se planeia visitar as Cascatas de Pitões das Júnias e explorar outros pontos de interesse na região reserve pelo menos 1 ou 2 noites na aldeia. A seguir listamos os alojamentos com melhor preço-qualidade para ficar a dormir.

Nota importante: a oferta de hospedagens em Pitões é pequena e costuma lotar durante os meses de férias escolares, fins de semana e feriados prolongados. Por isso garanta o seu quarto com antecedência!

Casa do Preto: alojamento local no centro da aldeia. Dispõe de quartos simples com café da manhã incluso, estacionamento, WI-FI e um restaurante próprio com uma boa oferta de pratos regionais. É uma boa aposta!

Cantinho Ti Carlos: casa ampla para férias em família, situada no coração da aldeia. Dispõe de 5 quartos confortáveis, cozinha equipada, sala de jantar e área verde com vista para a montanha.

Casa da Fonte: alojamento de turismo rural no centro de Pitões. Apresenta quartos confortáveis, cozinha compartilhada, estacionamento e Wi-Fi gratuitos!

Casa D’Campo Ferreira: casa acolhedora para férias em família, com localização excelente no centro da aldeia. Dispõe de quartos amplos e confortáveis, cozinha totalmente equipada, área para churrasco, WI-FI e estacionamento gratuitos!

Dicas de outras cascatas e lagoas a visitar

Agora que você já tem as informações práticas sobre como ir às cascatas de Pitões das Júnias, aproveite e confira outros posts com dicas de locais lindos para uma escapadinha de fim de semana ou umas férias em família. Garantimos: os locais que selecionamos vão agradar adultos e crianças. A não perder!

+ Cascatas de Trás-os-Montes

+ Cascatas de Arcos de Valdevez

+ Visitar a Ermida

+ Locais para visitar em Fafião

+ Como ir às 7 Lagoas do Gerês

Ficamos super felizes em ajudar no planejamento da sua viagem. Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e sugestões. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo (a) ao blog!

Procurando Hotel? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui !

*Gostou do post sobre as cascatas de Pitões das Júnias? Compartilhe com seus amigos!

Tags::
Artigo Anterior
Próximo Artigo