Escreva para pesquisar

DESTINOS NACIONAIS Rio grande do Sul

Cachoeiras do Rio Grande do Sul

Compartilhar

Dicas de viagem: visitar as melhores cachoeiras do Rio Grande do Sul

Se deseja conhecer algumas das cachoeiras mais bonitas do Brasil, saiba que o Rio Grande do Sul pode ser uma solução. O estado é repleto de florestas de araucárias, rios, belas cascatas e cachoeiras, vales e grandes cânions com paisagens de cortar a respiração. Por isso, se tem espírito aventureiro vai com certeza adorar explorar as magníficas belezas naturais da região, em um cenário bucólico onde o turismo rural predomina. Além das caminhadas ao ar livre e dos banhos de rio, os lugares que selecionamos convidam à prática de esportes radicais como rapel e tirolesa. Leia as nossas dicas imperdíveis e descubra neste guia turístico onde ficam, como chegar e quais são as melhores cachoeiras do Rio Grande do Sul para uma escapadinha de fim de semana a dois ou em família. 

Onde ficam e quais são as cachoeiras mais bonitas do Rio Grande do Sul

Para além de lhe mostrarmos a localização exata das principais cachoeiras do Rio Grande do Sul, vamos também mostrar-lhe a maneira mais fácil de chegar até elas, onde ficar a dormir nas proximidades, dentre outras informações úteis. Veja onde ficam e quais são as cachoeiras mais famosas do Rio Grande do Sul. 

1 – Cachoeira Salto Ventoso – Farroupilha

Cachoeiras Rio Grande do Sul pontos turísticos o que fazer lugares Brasil hotel Cambara do Sul Canion Fortaleza

Cascata do Salto Ventoso – Farroupilha, eleita uma das cachoeiras mais bonitas do Rio Grande do Sul

Palco do filme “O Quatrilho” (1994) e da minissérie “O Quinto dos Infernos” (2002), a Cascata do Salto Ventoso, em Farroupilha, é uma das cachoeiras mais bonitas do Rio Grande do Sul e do Brasil. 

A queda d’água de 55 metros de altura forma uma belíssima piscina natural que convida a mergulhos refrescantes nos dias quentes de verão.

Além disso, o parque onde está inserido a cascata é repleto de mata nativa preservada e conta com atividades de lazer como rapel, trilhas mágicas, um passadiço que dá acesso à parte de trás da queda d’água, mirantes incríveis, área com churrasqueiras e um restaurante servindo comida tradicional gaúcha.

A entrada para visitar a cachoeira custa aproximadamente R$10,00 para adultos. Estudantes e idosos acima de 60 anos pagam meia. Para conhecer o local programe uma visita de terça a domingo das 10h às 16h.

Melhores hotéis para dormir em Farroupilha: Cabana no Campo Caminho do Salto Ventoso, Di Capri Hotel, Chalé Caravaggio na Serra Gaúcha.

Como ir à Cachoeira Salto Ventoso

A Cachoeira Salto Ventoso fica escondida no Parque Salto Ventoso, a 12 km de distância do centro de Farroupilha, uma das principais cidades da Serra Gaúcha. Parte do percurso é feito em estrada de terra batida, mas não precisa de um veículo 4×4 para fazer o trajeto. O Google Maps ensina o caminho para lá chegar.  

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

2 – Cascata do Maringá – Vila Maria

Cachoeiras Rio Grande do Sul pontos turísticos o que fazer lugares Brasil hotel Cambara do Sul Canion Fortaleza

Cascata do Maringá – Vila Maria (próxima a Marau)

A poucos quilômetros do centro da cidade de Vila Maria, no Parque Municipal do Maringá, encontra-se uma das cachoeiras mais lindas do Rio Grande do Sul –  a Cascata do Maringá.

A queda d’água de 54 metros de altura forma uma piscina natural perfeita para se refrescar em meio à natureza. Além dos banhos relaxantes, no local também se pratica atividades de aventura como tirolesa e rapel.

O parque funciona diariamente das 8h30 às 19h. A entrada é gratuita e o melhor horário para visitar a cascata é das 11h às 15h. Não é permitido acampar no local. 

Melhores hotéis para dormir perto da Cascata do Maringá: Hotel de Conto, Hotel Pousada da Colina

Como ir à Cascata do Maringá

A Cascata do Maringá fica a 9 km do centro de Vila Maria. Pode-se chegar ao local de carro pelo estradão de terra batida, na direção da Capela São José – Cerro do Paraíso. Há placas na estrada indicando o caminho. Acesso fácil.

3 – Cascata das Andorinhas – Cânion Itaimbezinho

Cachoeiras Rio Grande do Sul pontos turísticos o que fazer lugares Brasil hotel Cambara do Sul aparados da serra

Cascata das Andorinhas, Aparados da Serra – Cambará do Sul

A Cascata das Andorinhas, localizada na região de Cambará do Sul, está entre as mais belas atrações naturais do Cânion Itaimbezinho.

Alimentada pelas águas geladas do Arroio Perdizes, a queda d’água é deslumbrante e o local impressiona pela beleza de seus paredões verticais, com até 720 m de profundidade e 6 km de comprimento. Enquadramento paisagístico de tirar o fôlego! 

O Cânion Itaimbelizinho é um belo passeio para casais e famílias com crianças. A visita ao parque funciona de terça-feira a domingo das 8h às 19h. Entrada: R$10,00 por pessoa. 

Melhores hotéis para dormir perto do Cânion Itaimbezinho: Parador Cambará do Sul, Aires de Patagonia, Pousada Morada da Serra.

Como ir à Cascata das Andorinhas

Estacione o carro na entrada do Parque Nacional de Aparados da Serra, e percorra a seguir a “Trilha do Vértice” – percurso pedestre bem sinalizado de 1,4 km de extensão. A caminhada rende pouco mais de 30 minutos (ida e volta) com grau de dificuldade fácil. Não precisa contratar guia.

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

4 – Cascata do Caracol – Canela

do Sul pontos turísticos o que fazer lugares Brasil hotel serra Gaúcha

Cascata do Caracol, Canela – Serra Gaúcha, umas das cachoeiras mais belas do Brasil

A Serra Gaúcha acolhe belíssimas cachoeiras e a Cascata do Caracol é somente uma delas. Implantada no Parque do Caracol, a cachoeira está entre os principais atrativos para se visitar na famosa região de Gramado e Canela. 

As maneiras mais comuns de apreciar a queda d’água de 131 metros de altura são através do mirante frontal na parte superior, ou pela escadaria que leva à base da cascata. 

Funcionando diariamente das 9h às 17h30, o Parque do Caracol conta com boa infraestrutura de apoio aos turistas: mapas dos locais a visitar, trilhas bem sinalizadas, restaurantes regionais e uma charmosa vila de artesanato. Preço do ingresso para visitação: R$ 20,00 (adultos) ou R$ 10,00 (idosos e crianças de 6 a 11 anos). 

Melhores hotéis para dormir perto do Parque do Caracol: Pousada Cravo e Canela, Micheline Hotel Tricot, Hotel Colline de France, Hotel Valle Dincanto.  

Como ir à Cascata do Caracol 

O acesso ao Parque do Caracol faz-se tranquilamente de carro, a partir da cidade de Canela (9km). O trajeto mais rápido é pela Rua José Pedro Piva. O caminho não tem nada que enganar. 

5 – Cachoeira do Tigre Preto – Cânion Fortaleza

Cachoeira do Tigre Preto, Parque Nacional da Serra Geral – Cambará do Sul

Na região de Cambará do Sul, em pleno Parque Nacional da Serra Geral (Cânion Fortaleza), esconde-se uma das cachoeiras mais bonitas e imponentes do Brasil. Estamos falando da idílica Cachoeira do Tigre Preto, formada pelas águas cristalinas do Arroio Segredo. 

A cachoeira é esplendorosa, exibindo um cenário naturalmente belo entre os paredões do canyon. As águas despencam a 250 metros de altura, formando uma sequência de três quedas incríveis! 

Não se esqueça de levar lanche e bebidas, porque não há lanchonetes nem lugar para comprar por perto. O Parque Nacional da Serra Geral funciona diariamente das 8h às 17 horas. O melhor horário para visitar o local é das 8h às 12h. Entrada gratuita!

Como ir à Cachoeira do Tigre Preto

Estacione o carro na entrada do Cânion Fortaleza e depois percorra a “Trilha do Tigre Preto” – percurso pedestre de 3 km de extensão (ida e volta), com grau de dificuldade fácil. 

Para visualizar o lado mais bonito e imponente da cachoeira, é preciso atravessar o rio com água pelos joelhos. A paisagem é simplesmente magnífica (de encher os olhos!) e a caminhada costuma levar cerca de 1 hora (ida e volta). Recomendável contratar guia credenciado. Imperdível! 

6 – Cascata do Garapiá – Maquiné

Foto divulgação: Pousada do Rio do Ouro

Localizada na região de Maquiné, a Cascata do Garapiá é uma das melhores cachoeiras do Rio Grande do Sul para tomar banho. 

A queda livre tem 12 metros de altura e forma um belo poço com água cristalina, onde adultos e crianças fazem a festa. No local não há infraestrutura para receber os turistas, mas há belezas naturais de sobra. 

O melhor horário para visitar a Cascata do Garapiá é das 10h às 14h. Recomenda-se levar lanche e bebidas. Preço da entrada: R$ 10,00 por pessoa. A melhor hospedagem para dormir perto da cascata é a Pousada Rio do Ouro.  

Como ir à Cascata do Garapiá

A Cascata do Garapiá fica na região da Barra do Ouro, inserida numa propriedade particular. Pode lá chegar facilmente de carro, a partir da cidade de Maquiné pela estrada ERS-484 (11 km). Saindo da capital Porto Alegre são cerca de 130 km de distância (aproximadamente 1h30 via BR-101).

7 – Cascata do Chuvisqueiro – Riozinho

Foto divulgação: Pousada do Rio do Ouro

Linda cachoeira com várias piscinas naturais de águas cristalinas para nadar e relaxar. A Cascata do Chuvisqueiro, na região do Vale do Paranhana, é um dos mais belos cartões de visita do Rio Grande do Sul. 

A queda livre com 76 metros de altura encontra-se em uma área particular. A propriedade apresenta boa infraestrutura de camping, lanchonete, mini-mercado, banheiros, mesas e churrasqueiras.

No mesmo local existe outra cachoeira maravilhosa, conhecida pelo nome Cascata Três Quedas. Vale a pena conhecer! Além do cenário paradisíaco, ambas as cachoeiras são tranquilas e seguras para ir com crianças. 

O parque está aberto ao público todo o ano e a entrada para visitação custa aproximadamente R$ 10,00. Já o valor do camping fica em torno de R$ 25,00, incluindo estacionamento e a entrada para as duas cascatas.

Nota importante: a região é carente de hospedagens. Por isso, convém reservar quarto com antecedência. O hotel mais indicado para dormir perto da Cascata do Chuvisqueiro é o Hotel Pousada Rolantchê

Como ir à Cascata do Chuvisqueiro

Acesso fácil de carro, desde a cidade de Riozinho pela estrada RS-239. O Google Maps ensina o caminho para lá chegar. Não tem erro!

8 – Cascata Gruta das Andorinhas – Rolante

Foto divulgação: Tripulantes

Queda livre espetacular dentro de uma gruta rochosa. Localizada no município de Rolante, a Cascata Gruta das Andorinhas é um lugar mágico em meio à natureza preservada. 

Para visitar a cachoeira é necessário percorrer uma trilha de 800 metros, com grau de dificuldade relativamente fácil.  Por conta de alguns trechos perigosos e escorregadios, o percurso não é recomendável a idosos e crianças com menos de 12 anos de idade. 

Além disso, recomenda-se visitar o local no verão em dias ensolarados. Evite dias chuvosos e nublados. O melhor horário para explorar a cascata é entre as 10h e 14h – momento em que os raios de sol penetram no interior da gruta, criando um efeito de luz magnífico.

Lembrando, a Cascata da Gruta das Andorinhas fica perto da Cascata do Chuvisqueiro e você pode conhecê-las no mesmo dia. Fica a dica! Entrada gratuita!

Nota importante: a região é carente de hospedagens. Por isso, convém reservar quarto com antecedência. O hotel mais indicado para dormir perto da Cascata da Gruta das Andorinhas é o Hotel Pousada Rolantchê

Como ir à Cascata Gruta das Andorinhas

Acesso descomplicado, a partir da cidade de Rolante pela estrada RS-239. O percurso é bem sinalizado até ao início da trilha. Fácil, fácil. 

O que levar quando visitar as cascatas

Alguns itens indispensáveis: lanche e bebidas, roupa e calçado apropriado para trekking, chapéu, traje de banho, repelente, máquina fotográfica ou celular para tirar fotos lindas das cachoeiras e, claro, uma sacola para recolher o seu lixo! 

Dicas de outros lugares a visitar

Agora que você já sabe quais são as cachoeiras mais lindas do Rio Grande do Sul, aproveite e descubra outros locais para viajar no estado. 

+ O que fazer no Cânion Fortaleza

+ Cachoeiras em Cambará do Sul

+ O que fazer na Serra Gaúcha

+ O que fazer em Aparados da Serra

+ Cachoeiras próximas a Marau

+ Passeios em Santa Catarina.

+ O que fazer no Rio Grande do Sul

Ficamos super felizes em ajudar no planejamento da sua viagem. Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e informações. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo (a) ao blog!

Procurando Hotel? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui !

*Gostou do post sobre as melhores cachoeiras do Rio Grande do Sul? Compartilhe com seus amigos!

Confira no mapa os 10 melhores hotéis de Gramado – segundo o Booking.com

O critério utilizado, foi que o hotel ou pousada – tenha pelo menos 100 avaliações no site do Booking.com. Nenhum destes hotéis tem a nota menor que 9,0. Para deixar claro, todas estas avaliações foram feitas por hóspedes, após a sua estadia.

Tags:
Próximo Artigo

Você também vai gostar