Escreva para pesquisar

Compartilhar

Roteiro turístico: o que fazer em Castro Laboreiro

Durante as nossas andanças pelo Gerês podemos confirmar que a magia de Castro Laboreiro está viva e recomenda-se! A vila que pertence ao concelho de Melgaço, localiza-se entre as Serras da Peneda/Soajo e Laboreiro, em Pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês. O destino concilia história, património e natureza na perfeição! Além dos vestígios da ocupação humana desde a pré-história, a região encontra-se rodeada por um extenso manto verde de campo e de montanha, rios cristalinos, cascatas, dentre outras atrações já descobertas pelos turistas. E você, já conhece Castro Laboreiro? Não, então aproveite as nossas dicas e sugestões e vá fundo nessa aventura. Aqui, um roteiro pensado para você aproveitar melhor o seu tempo, visitando os pontos de interesse mais desejados. Veja a seguir o que fazer em Castro Laboreiro, onde ficar a dormir e comer bem.
o que fazer em Castro Laboreiro

O que fazer em Castro Laboreiro

Castelo de Castro Laboreiro


o que fazer em Castro Laboreiro
o que fazer em Castro Laboreiro

Classificado como Monumento Nacional, o Castelo de Castro Laboreiro é o ex-libris da região. Foi edificado pelos mouros durante o século XIII. Encontra-se no topo de uma montanha escarpada a 1033 metros de altitude, exigindo trilhar uma subida íngreme de mais de 30 minutos a pé. Mas, garantimos: a recompensa chega em forma de uma magnífica paisagem sobre a vila e as imponentes montanhas que a rodeiam. Cenário digno de Games of Thrones!

Existem dois caminhos bem trilhados que conduzem à antiga fortificação medieval. A subida mais fácil é pelo lado norte (Porta da Traição ou do Sapo), depois recomenda-se a descida pelo lado sul (Porta do Sol). A entrada para os trilhos inicia aqui. Atenção: evite a visita ao Castelo em dias chuvosos e nublados. Obrigatório levar calçado adequado para trekking!

Ponte Nova

o que fazer em Castro Laboreiro

A Ponte Nova ou da Cava Velha é uma construção de origem romana, classificada como Monumento Nacional. Ergue-se sobre o rio Laboreiro, a pouco mais de 3 km do centrinho da vila. Foi originalmente edificada por volta do século I e alterada na época medieval, sendo transformada numa ponte com tabuleiro em cavalete e dois arcos.

Distingue-se pela singularidade das suas características arquitetônicas e por um notável enquadramento paisagístico. A maneira mais fácil de chegar até aqui é estacionando o carro junto à Capela de São Brás, e depois caminhar cerca de 300 metros até à ponte. Veja a localização no Google Maps.

Cascatas do Laboreiro

Ficam junto à vila do mesmo nome e são facilmente acessíveis a pé, desde o Núcleo Museológico de Castro Laboreiro. A partir daí caminha-se por um trilho leve de pouco mais de 200 metros e chega-se às cascatas. Nas margens também são visíveis as ruínas de antigos moinhos e os vestígios megalíticos.

Qual a melhor época para visitar as Cascatas do Laboreiro? A altura perfeita é durante a primavera ou no início do verão, época em que as quedas d’água estão em todo o seu esplendor.

+ Veja também: como chegar à Lagoa dos Druidas

Pedra da Tartaruga

Formada pela natureza com extrema perfeição, a Pedra da Tartaruga é uma das atrações mais peculiares de Castro Laboreiro. Está localizada no sopé do Castelo, com vista privilegiada sobre a vila de Castro Laboreiro, os vales e as montanhas ao redor.

+ Confira também: o que visitar em Arcos de Valdevez

Igreja Matriz de Castro Laboreiro

Um belo exemplo de construção pré-românica é a Igreja Matriz de Castro Laboreiro, também conhecida como Igreja de Santa Maria da Visitação. O templo religioso com a torre sineira, está classificado como Imóvel de Interesse Público. Situa-se na Av. Padre Anibal Rodrigues, próxima ao Posto de Turismo e ao Pelourinho de Castro Laboreiro, datado do século XVI. Entrada gratuita!

Outros pontos turísticos

Núcleo Museológico
Ponte Velha
– Necrópole Megalítica
 Gravuras rupestres do Fieiral
Ponte da Dorna

Melhor época para visitar Castro Laboreiro

A época certa para aproveitar bem a região é na primavera-verão, entre maio e setembro. No resto do ano, chuvas e nevoeiros podem prejudicar o seu passeio.

Gastronomia

A gastronomia da região está classificada como património nacional. Para quem chega desejoso dos melhores sabores, aconselha-se vivamente a prova do presunto e enchidos do fumeiro tradicional. Outras especialidades que se destacam: broa de milho, queijo de cabra, posta da cachena, rojões e papas de sarrabulho, lampreia à bordalesa e o cabrito assado no forno a lenha. Para comer bem vá ao Restaurante Adega Sabino, localizado no Largo Hermenegildo Solheiro em Melgaço, a pouco mais de 20 minutos de carro de Castro Laboreiro.

Onde ficar a dormir em Castro Laboreiro

Melgaço Alvarinho Houses, um dos melhores alojamentos da região

A oferta hoteleira não é pequena, por isso se pretende ficar a dormir na região garanta o seu quarto com antecedência. Os alojamentos que selecionamos abaixo são bem avaliados e oferecem acesso fácil aos pontos turísticos mencionados acima. Confira os links e saiba mais!

Casa da Eira – 4,8 km do centro
Casa da Forja – 4,8 km do centro
Melgaço Alvarinho Houses – 20 minutos de carro de Castro Laboreiro
Moinhos do Poço Verde – 750 metros do centro
Quinta da Calçada – 20 minutos de carro de Castro Laboreiro

Ficamos super felizes em ajudar no planejamento da sua viagem. Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e sugestões. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo (a) ao blog!

Procurando Hotel? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui 

*Gostou do post sobre o que fazer em Castro Laboreiro? Compartilhe com seus amigos!

Tags::