Escreva para pesquisar

DESTINOS NACIONAIS Pernambuco

O que fazer em Porto de Galinhas

Compartilhar

Pernambuco: dicas sobre o que fazer em Porto de Galinhas e arredores

O que fazer em Porto de Galinhas? Quais os melhores pontos turísticos, hotéis e restaurantes? Nesta página vamos responder a essas e outras dúvidas frequentes. Porto de Galinhas é um dos locais perfeitos para uma viagem romântica em Pernambuco e no Nordeste. O destino foi eleito 10 vezes consecutivas como a melhor praia do Brasil. Está localizada no município de Ipojuca, antiga vila de pescadores e reúne praias paradisíacas de sonho. Visitantes dos mais variados lugares escolhem Porto como seu destino de férias. Para tornar a sua temporada por lá mais dinâmica, listamos as principais atrações para incluir no seu roteiro de passeios. Confira tudo neste guia completo para uma viagem bem sucedida a Porto de Galinhas e arredores!

o que fazer em Porto de Galinhas

o que fazer em Porto de Galinhas

Porto de Galinhas: Vale a pena conhecer

O principal objetivo de quem visita Porto de Galinhas são as praias. E nem poderia ser diferente.

Mas não só isso, Porto de Galinhas também encanta pelos hotéis e resorts de luxo à beira-mar, pela deliciosa gastronomia nordestina, pelo artesanato regional e por ser um destino que alia conforto a paisagens de sonho.

Para além disso, o sol na região brilha o ano todo, e é possível visitar praias em diferentes estilos sem precisar se afastar muito do centrinho da vila.

Todas as enseadas de Porto são lindas, repletas de coqueiros e vegetação nativa, areia branquinha e águas azuis quentinhas e transparentes. 

Quem visita Porto de Galinhas pode ir de jangada até às famosas piscinas naturais (eleitas entre as mais bonitas do Brasil), além de poder fazer deliciosos passeios pelas praias da região Sul de Pernambuco, das quais destacamos a Praia dos Carneiros, a Praia das Campas e a idílica Ilha de Santo Aleixo. Um destino absolutamente imperdível!

Onde ficar em Porto de Galinhas – Pernambuco

A região de Porto de Galinhas divide-se em seis zonas hoteleiras: Praia de Muro Alto, Pontal do Cupe, Praia do Cupe, Centro da Vila de Porto de Galinhas, Praia de Maracaípe e a Praia de Serrambi.

O destino tem boas ofertas de hotéis e pousadas para todos os bolsos e gostos. Verifique de seguida algumas sugestões de hospedagens bem localizadas com acesso fácil aos melhores pontos de interesse turístico da região de Porto de Galinhas.

Hotéis para se hospedar em Muro Alto e Cupe

o que fazer em Porto de Galinhas

Divulgação: Nannai Residence Vilas – Porto de Galinhas, PE

As praias de Muro Alto e Cupe concentram os hotéis e resorts de luxo da região, localizados a 8 km do centro da vila de Porto de Galinhas. 

Nesses locais vai encontrar boas ofertas de quartos e bangalôs românticos pé na areia, além de pousadas charmosas com piscina e vista para o mar – tudo em ambientes perfeitos para desfrutar a dois ou em família. Veja a seguir as hospedagens mais recomendadas em Muro Alto e Cupe. 

Nannai Residence Vilas: É o hotel mais exclusivo de Porto de Galinhas, situado no melhor trecho da Praia de Muro Alto. Dispõe de acomodações luxuosas com vista para o mar, piscina exterior, amplas áreas de lazer, parque infantil e um restaurante de cozinha internacional. Boa aposta!

Kembali Hotel: Hospedagem confortável, com ótima localização na Praia do Cupe. Apresenta acomodações charmosas com vista sobre mar, piscina exterior, amplas áreas de lazer. Café da manhã incluso no valor da diária.  

Pousada Tabapitanga: Propriedade aconchegante, situada à beira-mar da Praia do Cupe. Disponibiliza suítes amplas com varanda privativa, piscina, jardim, terraço para banhos de sol e restaurante. Café da manhã e estacionamento inclusos no valor da diária.    

Hotel Village: Excelente localização na Praia do Cupe. Hotel Village é um dos melhores resorts 4 estrelas para férias em Porto de Galinhas. Apresenta quartos amplos e climatizados com vista panorâmica sobre o mar, piscinas com área de hidromassagem e jardim. 

Pousada Ecoporto: Hospedagem rústica e aconchegante, com boa localização na Praia do Cupe. Disponibiliza quartos amplos, piscina exterior, jardim, estacionamento e Wi-Fi gratuitos! Café da manhã incluso no valor da diária. 

Centro da Vila de Porto de Galinhas

Reduto de pousadas, sem grandes hotéis. Porém, hospedar-se na região central de Porto de Galinhas é ideal para quem está sem carro e quer ter tudo o que precisa à porta: boa praia com piscinas naturais, lojas de artesanato, bons restaurantes, cafés e bares com música ao vivo, caixa eletrônico, farmácias, pontos de táxi, super-mercados, dentre outros serviços.

Pousada Pérola do Porto: Hospedagem confortável com excelente localização no centro de Porto de Galinhas. Disponibiliza quartos climatizados, jardim, 2 piscinas e acesso Wi-Fi gratuito! Café da manhã incluso no valor da diária. 

Pousada Jangada: Apresenta acomodações simpáticas e ótima localização no centro da vila. Além disso, disponibiliza piscina, terraço para banhos de sol, Wi-Fi e estacionamento gratuitos! Café da manhã incluso no valor da diária. 

Pousada Som dos Pássaros: Hospedagem rústica e aconchegante, situada a poucos metros das Piscinas Naturais de Porto de Galinhas. Dispõe de quartos confortáveis, piscina, Wi-Fi e estacionamento gratuitos! Café da manhã incluso no valor da diária. 

Pousada Lua Azul: Disponibiliza acomodações simples, a 5 minutos de caminhada do centro de Porto de Galinhas. Conta com piscina ao ar livre, terraço para banhos de sol, Wi-Fi e estacionamento gratuitos! Café da manhã incluso no valor da diária. 

O que fazer em Porto de Galinhas – PE: quais os melhores pontos turísticos

Visitar Porto de Galinhas: Divulgação/Município de Ipojuca

Porto de Galinhas é um paraíso natural pernambucano, cercado de piscinas naturais, mangues, belas praias e comida regional gostosa.

A vila está localizada no litoral Sul de Pernambuco, a 80 km da capital Recife. Se vier de fora, a melhor opção para lá chegar é pelo Aeroporto Internacional de Recife/Guararapes – Gilberto Freyre.

Vivemos uma longa temporada em Recife e exploramos todo o litoral pernambucano. Neste post vamos mostrar-lhe os lugares mais bonitos de Porto de Galinhas e arredores, para umas férias inesquecíveis em família ou a dois.

Leia este artigo até ao fim, descubra quais são os locais imperdíveis e siga as nossas recomendações. Você vai adorar!

Dicas: Principais atrações turísticas em Porto de Galinhas e arredores

No seu roteiro de viagem a Porto de Galinhas inclua uma visita às Piscinas Naturais, Praia de Muro Alto, Pontal do Cupe, Cabo de Santo Agostinho, Praia de Maracaípe Pontal de Maracaípe, Ponta de Serrambi, Praia dos Carneiros e Praia das Campas (Tamandaré), bem como o passeio de barco à Ilha de Santo Aleixo, situada no município de Sirinhaém. 

1 – Passeio de jangada às piscinas naturais

Visitar as piscinas naturais é um programa obrigatório em Porto de Galinhas. O passeio é feito de jangada no período da maré baixa.

Eleitas entre as mais belas atrações do Nordeste brasileiro, as piscinas naturais de Porto de Galinhas impressionam pelas águas azuis e cristalinas repletas de peixes coloridos.

Durante o passeio é possível praticar snorkeling ou mergulho com cilindro e observar os diversos tipos de peixes coloridos entre os recifes de corais, que formam desenhos inusitados.

Inclusivamente, existe uma formação que lembra muito o mapa do Brasil. Escolha os melhores ângulos e prepara-se para tirar fotos incríveis da sua viagem!

Onde contratar o passeio e quanto custa: O passeio de jangada custa aproximadamente R$ 40,00 e tem duração de 45 minutos.

O bilhete pode ser adquirido no quiosque da Associação dos Jangadeiros, localizado na pracinha da vila, mesmo em frente à Praia da Vila onde ficam as jangadas.

Saiba mais detalhes de como funciona o passeio no relato completo: visitar as piscinas naturais de Porto de Galinhas

2 – Passeio de Buggy de Ponta a Ponta

O Passeio de Buggy de Ponta a Ponta é seguro e tranquilo e está entre os melhores programas para fazer em Porto de Galinhas.

O tour é feito com bugueiros credenciados e o roteiro passa por alguns dos lugares mais conhecidos da região: Praia de Muro Alto, Pontal do Cupe, Praia de Maracaípe, Pontal do Maracaípe e Vila de Todos os Santos. 

Quanto custa o passeio de buggy: O tour dura cerca de 3 horas e custa em média R$ 250,00 para até 4 pessoas.

Lembrete: você consegue chegar facilmente em todos esses locais por conta própria, ou através de Uber e táxi. 

Onde contratar o passeio de buggy: O local mais seguro para comprar os bilhetes do passeio é na Associação dos Bugueiros, situada no final do calçadão da rua que dá acesso às piscinas naturais (centro da vila de Porto de Galinhas). 

3 – Praia da Vila

É a praia central de Porto de Galinhas. Em frente a esta praia encontam-se as famosas piscinas naturais.

Nesta praia também ficam ancoradas as jangadas dos passeios e a orla é cercada por coqueiros, com diversas barracas à beira-mar, restaurantes regionais, pousadas rústicas e algumas casas de veraneio.

A Praia da Vila é a praia mais concorrida de Porto de Galinhas, ideal para quem gosta de praias badaladas. O areal em frente às piscinas naturais costuma ficar lotado praticamente o ano todo. Mas mesmo com tantos turistas nacionais e estrangeiros, não deixa de ser deslumbrante.

Um dos cantinhos mais tranquilos da praia fica à esquerda da Praça das Piscinas Naturais, afastado da área das jangadas. Para além disso, nesse trecho da praia o banho de mar é muito gostoso, quer na maré baixa, quer na maré alta. 

O lado direito da Praia da Vila também é bastante sossegado – perfeito para quem quer uma praia mais reservada e sem tanta estrutura, além de poder caminhar por um longo areal cercado pelo imenso coqueiral (que se estende até à Praia de Maracaípe).

Nas imediações desta praia vai encontrar praticamente todo o tipo de serviço: lojas de souvenirs, Banco do Brasil, restaurantes de gastronomia internacional, pousadas com preços simpáticos, bares com música ao vivo, supermercados, gelaterias, mini-shopping, etc. 

Como ir à Praia da Vila

O acesso mais utilizado à praia é pela Praça das Esculturas, onde fica o Letreiro de Porto de Galinhas, um belo atrativo para tirar a clássica foto no paraíso. Quando for realizar o passeio de jangada às piscinas naturais, poderá conhecê-lo, pois está a dois ou três passos.

4 – Enseada do Pontal do Cupe

o que fazer em Porto de Galinhas

Adornada por lindos coqueiros e mata nativa, a Enseada do Pontal do Cupe tem localização privilegiada entre a Praia de Muro Alto e a Praia do Cupe.

O local encontra-se protegido por recifes que garantem piscinas naturais rasinhas na beira da praia, proporcionando aos visitantes banhos de mar tranquilos.

Ainda por cima, o ambiente é calmo, excelente para quem busca lugares sossegados em Porto de Galinhas para relaxar à beira-mar.

A praia também possui barracas simples, além de um bar com boa estrutura servindo petiscos nordestinos e música ao vivo.

Como ir à Enseada do Pontal do Cupe

A Enseada do Pontal do Cupe fica a 3,5 km a Norte da vila de Porto de Galinhas. Acesso fácil de carro pela estrada PE-009, em direção ao Hotel Pontal de Ocaporã. 

5 – Praia de Muro Alto

Praia de Porto de Galinhas Piscinas Naturais O que Fazer Pousadas Hoteis Restaurantes Pernambuco

O melhor roteiro de viagem pelo litoral Sul de Pernambuco deve incluir uma visita à Praia de Muro Alto, considerada um dos melhores lugares para conhecer em Porto de Galinhas.

Formada por um extenso arrecife que cria uma enorme piscina natural de águas límpidas e mornas, a Praia de Muro Alto é o destino certo para férias em família com crianças. 

Leve seu snorkel e aproveite para nadar e relaxar junto aos peixinhos coloridos. No local também é possível praticar stand up paddle e outras atividades náuticas. Ou seja, diversão não vai faltar! 

Como mencionado no post acima, em Muro Alto e Cupe ficam os mais sofisticados hotéis, resorts e spas do estado de Pernambuco.

As unidades à beira-mar esbanjam luxo, conforto e romantismo. Logo, se planeja passar férias num hotel chique aproveite e Veja preços de hotéis em Muro Alto no Booking

Como ir à Praia de Muro Alto

Localizada a 7 km a Norte de Porto de Galinhas, a Praia de Muro Alto é uma das paradas do passeio de buggy Ponta a Ponta que sai do centro da Vila de Porto de Galinhas. Visitando o local por conta própria, o acesso mais fácil e rápido faz-se pela estrada Porto de Galinhas – Nossa Sra. do O. 

6 – Praia de Maracaípe

   o que fazer em Porto de Galinhas

Foto: Maracaípe – PE

Localizada a 4 km a Sul de Porto de Galinhas, a Praia de Maracaípe, conhecida pelos nativos como “Maraca”, exibe uma longa faixa de areia cercada por coqueiros e mata preservada.

O mar é quase sempre agitado, ideal para quem gosta de surfar. Aliás, é na Praia de Maracaípe que acontecem a maioria dos eventos e competições de surf do estado de Pernambuco.

Nesta praia fica a charmosa Vila de Todos os Santos, um vilarejo típico de pescadores que concentra bares e restaurantes onde pode degustar boa comida regional e dançar o forró pé de serra quando visitar Porto de Galinhas. Um dos mais famosos pontos de encontro da praia é o “Bar do Marcão”. 

Para além disso, uma das atrações mais conhecidas em Maracaípe são os tradicionais luais na beira da praia, um programa ideal para quem quer relaxar a dois ou com amigos.

Como ir à Praia de Maracaípe

O acesso de carro, desde o centro de Porto de Galinhas, faz-se pelas estradas de Maracaípe e de Porto de Galinhas – Nossa Sra. do O/Rodovia Tronco (5 km a sul).

Mas também dá para chegar andando, pela areia da praia são pouco mais de 20 minutos de caminhada desde a praia do centro de Porto de Galinhas. Se não lhe apetecer caminhar pode utilizar o serviço do Uber, por menos de R$ 10,00 a corrida.

7 – Pontal de Maracaípe

   o que fazer em Porto de Galinhas

Vizinha à Praia de Maracaípe, o Pontal de Maracaípe é rico em cenários naturais, dignos de cartão-postal.

É aqui que os turistas e nativos experimentam a mistura de água doce e salgada no Rio Maracaípe. 

Quando a maré baixa, as piscinas naturais convidam a um mergulho nas águas quentinhas apreciando a riqueza dos manguezais que cercam a foz.

No local também são realizados passeios de jangada pelo manguezal. Durante o trajeto é possível avistar siris, caranguejos, mariscos e dezenas de cavalos-marinhos, em seu habitat natural.

O passeio de jangada aos cavalos marinhos funciona diariamente das 9h às 16h e tem duração de 1h. Preço: R$ 30,00. 

Melhor vista do pôr do sol em Porto de Galinhas

Além disso, importa salientar que o Pontal do Maracaípe oferece a melhor vista do pôr do sol em Porto de Galinhas. O local dispõe de um bar pé na areia para relaxar e ser feliz. A não perder!

Como ir ao Pontal de Maracaípe

Para chegar ao Pontal de Maracaípe é preciso fazer uma caminhada a pé. Mas o percurso é bem tranquilo, desde a Praia de Maracaípe são apenas 10 minutos de caminhada. 

8 – Ponta de Serrambi

   o que fazer em Porto de Galinhas

Foto/Divulgação: Serrambi Resort

A Ponta de Serrambi é um dos lugares mais lindos de Porto de Galinhas. Além da enseada paradisíaca repleta de piscinas naturais, o local também conta com infraestrutura completa, com resorts all inclusive e bares de praia servindo petiscos regionais, cerveja, drinques e água de coco gelada. 

O melhor hotel da praia é o Serrambi Resort, localizado a escassos metros do mar. A unidade 4 estrelas proporciona hospedagem em regime de meia pensão em acomodações charmosas com vista maravilhosa sobre o mar. Simplesmente imperdível!

Como ir à Ponta de Serrambi

Pode visitar a praia de forma independente, ou contratar a Uber (R$ 30,00 ida e volta). A Ponta de Serrambi fica a 12 km a Sul da vila de Porto de Galinhas. Acesso fácil pela Rua Esperança. O Google Maps ensina o caminho para lá chegar. 

9 – Mergulho com cilindro em Porto de Galinhas

   o que fazer em Porto de Galinhas

Porto de Galinhas é um belo destino para um primeiro contato com o mergulho de cilindro.

Há várias operadoras no centro da vila que oferecem os passeios de mergulho – uma experiência incrível para quem gosta de aventura e esportes aquáticos!

Como funciona e quanto custa

O tour funciona assim: os guias levam os turistas nas tradicionais jangadas até flutuantes no canto esquerdo dos aquários naturais, onde recebem as orientações básicas numa profundidade de cerca de 1 metro.

A seguir partem para pontos de mergulho mais profundos, de acordo com o passeio contratado.

O mergulho simples numa profundidade até 5 metros e duração de 20 minutos, custa a partir R$ 80,00.

O mergulho de 30 minutos numa profundidade de até 8 metros sai por R$ 150,00. Já o batismo com certificação PADI custa cerca de R$ 300,00.

Lugares para conhecer perto de Porto de Galinhas (Arredores)

Porto de Galinhas está localizada em uma área cheia de atrações turísticas, e por ficar muito perto de Recife, Olinda e Maragogi (Alagoas), é comum que os turistas incrementem seus roteiros de maneira a explorar mais de um destino na mesma viagem. 

Passeios bate e volta saindo de Porto de Galinhas

A seguir vamos mostrar-lhe sugestões dos melhores passeios bate e volta a partir de Porto de Galinhas. Descubra quais são e escolha os que mais lhe agradar!

10 – Cabo de Santo Agostinho

   o que fazer em Porto de Galinhas

O Cabo de Santo Agostinho é um dos destinos turísticos mais visitados entre Recife e Porto de Galinhas.

O município faz parte da região metropolitana de Recife e oferece boas opções de passeios como praias e atrações históricas. Leia as dicas a seguir e descubra os quatros lugares imperdíveis a visitar!

Praia de Calhetas

Considerada uma das praias mais bonitas de Pernambuco, a enseada de Calhetas é um dos principais pontos turísticos a visitar no Cabo de Santo Agostinho. Além dos mergulhos no mar, aproveite a visita ao local para tirar fotos incríveis e descer na tirolesa, um dos melhores programas da praia para quem curte aventura.

Mirante da Praia do Paraíso

Trata-se de um dos mirantes mais bonitos da península do Cabo de Santo Agostinho. A partir da Pedra do Cogumelo avista-se a Praia do Paraíso, a foz do rio Massangana e a bela Praia de Muro Alto, ao fundo, numa paisagem única em que o mar ganha diferentes tons de azul.

Vila de Nazaré

Durante a visita à pequena vila histórica de Nazaré pode ficar a conhecer a Igreja de Nazaré, edificada pelos portugueses em 1597 e as ruínas do Convento Carmelita, construção colonial do século 17.

Mirante de Itapuama

O Mirante de Itapuama entrega uma das mais belas panorâmicas da Praia de Itapuama e da Praia do Paiva, um dos melhores locais para surfar no litoral Sul de Pernambuco. 

Como ir ao Cabo de Santo Agostinho

Nós visitamos o destino por conta própria. Porém, alertamos: parte das ruas e estradas que conduzem às praias do Cabo de Santo Agostinho são de terra batida, com alguns trechos acidentados. Por conta disso, recomenda-se fazer o percurso em 4×4, sobretudo em dias chuvosos.

Dica

Em Porto de Galinhas há várias agências de turismo que fazem passeios guiados ao Cabo de Santo Agostinho.

Os tours completos geralmente combinam passeio de catamarã pelas praias do Cabo de Santo Agostinho com passeio de buggy à vila Nazaré e à Praia de Calhetas. O preço do buggy para até 4 pessoas custa aproximadamente R$ 300,00.

11 – Praia das Campas – Tamandaré

tamandare praias ferias passeios pernambuco paraíso

É um dos locais mais sossegados e isolados para férias no litoral Sul de Pernambuco. A semi-deserta Praia das Campas é uma bela enseada natural rodeada de coqueiros com águas muito calmas e límpidas. 

Na orla da belíssima praia também se encontra a Igreja de São Pedro – Com arquitetura colonial, o local é palco de casamentos que são um verdadeiro sonho à beira-mar. 

A Praia das Campas não oferece infraestruturas de hotéis, bares e restaurantes. Logo, para quem deseja passar o dia por ali deve ir prevenido com lanche, bebidas e, claro, uma sacola para recolher o seu lixo. Deixe a praia ainda melhor do que a encontrou. A natureza agradece!

Como ir à Praia das Campas

A Praia das Campas está localizada no município de Tamandaré, pertinho da famosa Praia dos Carneiros.

A distância de Porto de Galinhas à Praia das Campas é de 55 km a Sul. Saindo da vila de Porto de Galinhas, o trajeto mais rápido faz-se pela Rodovia Armínio Guilherme/Rod. PE-60. A estrada encontra-se pavimentada e bem sinalizada. Peça ajuda ao GPS do Google Maps. 

12 – Praia dos Carneiros – Tamandaré

   o que fazer em Porto de Galinhas

Situada na foz do rio Ariquindá, no município de Tamandaré, a Praia dos Carneiros representa um dos mais belos cartões de visita de Pernambuco e do Brasil. 

Carneiros está entre os melhores lugares para visitar perto de Porto de Galinhas, por conta dos seus encantos naturais dos quais se destacam as suas águas azuis e cristalinas, cercadas por altos coqueiros e vegetação nativa preservada. 

Para além da atmosfera tranquila e do banho gostoso nas piscinas naturais, na Praia dos Carneiros você pode ficar a conhecer a famosa Igrejinha de São Benedito (cartão-postal da praia), embarcar em um passeio de barco ou simplesmente relaxar num dos bares pé na areia com vista para o mar. 

Dicas

Várias agências de turismo em Porto de Galinhas oferecem passeios de um dia inteiro à Praia dos Carneiros, em vans ou ônibus turísticos.

Os guias pegam os passageiros no próprio hotel e no roteiro geralmente está incluso o transfers (ida e volta) e um passeio de catamarã. Almoço e bebidas são pagos à parte.

Contudo, se você estiver de carro pode visitar a Praia dos Carneiros por conta própria. O local dispõe de boa infraestrutura de hotéis, pousadas charmosas e restaurantes típicos.

Além disso, na praia há ofertas de passeios de lancha privativa. Com esta opção, você terá uma lancha reservada apenas para você e seus acompanhantes, e poderá explorar com calma os mangues do Rio Formoso, pontos lindíssimos onde o catamarã não consegue chegar.  

No entanto, importa referir que o passeio de lancha privativa custa o dobro do passeio de catamarã. Mas você não se arrependerá! 

E, se você quer um passeio à Praia dos Carneiros mais tranquilo e aproveitável, recomendamos totalmente fazer pelo menos um pernoite no local. Veja preços de hotéis na Praia dos Carneiros. Vale a pena!

Como ir à Praia dos Carneiros 

Saindo de carro desde a vila de Porto de Galinhas são apenas 52 km percorridos pela Rodovia Armínio Guilherme/Rod. PE-60. 

A Praia dos Carneiros possui uma longa faixa de areia de aproximadamente 6 km e a orla é uma espécie de “condomínio fechado”, o que torna o acesso ao local praticamente impossível sem ter de pagar.

Mas apesar da entrada ser bastante dificultada, ainda existem alguns caminhos escondidos que dão acesso ao areal de forma gratuita. Então, fique tranquilo que nos vamos ensinar-lhe o caminho das pedras!

Como chegar de forma gratuita

A maioria dos visitantes chega à Praia dos Carneiros pelas entradas particulares das pousadas e dos Beach Clubs à beira-mar que no geral cobram entre R$20,00 e R$50,00 por pessoa (que não reverte em consumação) para estacionar o carro e “day use”.

No entanto, existem alguns caminhos públicos e estacionamentos gratuitos no entorno da Praia dos Carneiros. 

Um dos caminhos mais indicados para aceder ao areal fica próximo da famosa Igrejinha dos Carneiros (cartão-postal da praia). Ver localização no Google Maps

Entre o Bora Bora Beach Club e o Beijupirá Restaurante há um caminho de areia (800 metros até à praia) com acesso público e estacionamento gratuito. A partir dessa entrada a Igrejinha dos Carneiros fica a cerca de 50 minutos de caminhada (ida e volta). Ver localização no Google Maps

Outra alternativa de acesso gratuito à praia é pela estrada de terra que fica nas proximidades do Posto Carneiros. Ver localização no Google Maps. Caso não consiga encontrar o caminho, pergunte no Posto que o vendedor da loja de conveniência vai ensinar-lhe a entrada.

No entanto, vá ciente que entrando para a Praia dos Carneiros por esse caminho próximo ao Posto, você vai ficar distante da Igrejinha dos Carneiros, e se quiser ver e fotografar a igreja terá de caminhar pelo areal da praia aproximadamente 1h30 (ida e volta). 

13 – Passeio de barco à Ilha de Santo Aleixo

   o que fazer em Porto de Galinhas

A Ilha de Santo Aleixo é um dos lugares românticos e paradisíacos próximos a Porto de Galinhas.

O local ostenta piscinas naturais de águas mornas e cristalinas, trilhas e mirantes com paisagens de cortar a respiração, além de um bar flutuante para atender os visitantes.

Como ir à Ilha de Santo Aleixo

Não é possível chegar à Ilha de Santo Aleixo por terra, só pelo mar. Mas a ilha fica a poucas milhas da costa. A forma mais comum de lá chegar é através de passeios organizados. 

O acesso é feito por meio de barco ou jet-ski, com saídas diárias da Praia da Barra do Sirinhaém (litoral Sul de Pernambuco).

As embarcações que levam à Ilha de Santo Aleixo funcionam das 9h às 17h. Contudo, um alerta: o número de visitantes diários é limitado. Por essa razão, convém garantir os bilhetes do passeio com antecedência.

Para mais informações entre em contato com a Operadora Monteiros Tour. Telef: (81) 98727.0292 | 99819.8758. Email: monteirostour@gmail.com.

14 – Visitar Maragogi – Alagoas

Maragogi é uma antiga vila de pescadores que se transformou no principal balneário do litoral Norte de Alagoas.

A vila costuma ser badalada durante a alta temporada e oferece boas opções de hotéis e pousadas rústicas à beira-mar.

O que faz do destino um paraíso é a junção de praias, coqueiros e piscinas naturais que formam uma costa única no Brasil – A Costa dos Corais, uma Área de Proteção Ambiental (APA) em virtude da rica diversidade da fauna e da flora, com distinção para uma enorme e magnífica barreira de corais que se estende a mais de 130 km.

Bem diferente do que ocorre na Ilha de Fernando de Noronha (Pernambuco), os turistas não precisam pagar nenhum centavo ao ICMBio, que controla a Costa dos Corais, para conhecer a Área de Proteção Ambiental. 

A região de Maragogi, no estado de Alagoas, fica a 80 km de Porto de Galinhas – PE. Caso você tenha uma semana de férias vale a pena reservar 2 dias para explorar os principais pontos turísticos. Veja a seguir quais são:

Galés – Piscinas Naturais de Maragogi

Ponto turístico mais famoso do litoral de Alagoas. De todos os passeios oferecidos na vila de Maragogi, os que levam às piscinas naturais no meio do mar são os preferidos dos turistas.

Obviamente, a única forma de lá chegar é de barco. Os ingressos do passeio às Galés podem ser comprados através dos hotéis ou com agências de turismo locais, situadas na própria Orla de Maragogi. Fique atento à previsão do tempo e visite as Galés num dia ensolarado e durante o horário da maré baixa.

Praia de Antunes

Destino perfeito que merece ser visitado por todo viajante que adora praias de águas azuis e cristalinas. Por conta das águas rasas, a Praia do Antunes atrai casais e famílias com crianças. O local também dispõe de estrutura de barracas que vendem petiscos e bebidas à beira-mar.

Praia de Xaréu

Está localizada a 8 km do centro de Maragogi. Protegida por uma enorme barreira de corais, a Praia do Xaréu agrada pelo cenário paradisíaco, tranquilidade e, claro, por ser quase sempre deserta! Além disso, quando a maré baixa, a praia forma uma lagoa natural maravilhosa, perfeita para banhos relaxantes.

Praia de Barra Grande

Situada a 6 km do centro da vila, esta praia é um dos lugares mais belos de Maragogi. A Barra Grande apresenta um areal extenso, que na maré baixa se prolonga mar adentro por uma língua de areia, dando acesso às piscinas naturais de águas mornas e translúcidas. Absolutamente imperdível!

Hotéis mais indicados para dormir em Maragogi: Anttunina Pousada e SPA, Praiagogi Boutique Pousada, Camurim Grande

Melhores restaurantes para comer bem em Maragogi: Tuyn Restaurante, Russo Gastrobar, Odoiá Maragogi. 

Como ir à Maragogi 

Pode visitar Maragogi por meio de excursões guiadas ou por conta própria. Várias agências e hotéis em Porto de Galinhas oferecem passeios de dia inteiro a Maragogi, em vans ou ônibus turísticos.

Se optar por conhecer o local de forma independente, faça assim: saia de carro de Porto de Galinhas em direção à cidade de São José da Coroa Grande (Rod. Armínio Guilherme/Rod. PE-60).

A seguir atravesse a divisa Pernambuco/Alagoas e pegue a rodovia AL 101. A partir daí são apenas 17 km até à vila de Maragogi. Trajeto total: 88 km (cerca de 1h35).

O que fazer em Porto de Galinhas com chuva

Dia de chuva nas férias pode até ser desanimador, contudo não será razão para perder um dia no roteiro, certo?

Se, por acaso, a chuva decidir atrapalhar as suas idas à praia, tenha alguns passeios opcionais na manga. Lojinhas comerciais, sorveterias e restaurantes regionais são boas opções.

Lembrando que as atrações culturais perto de Porto de Galinhas também são ótimas alternativas para os dias chuvosos na região. 

Atrações culturais perto de Porto de Galinhas

Porto de Galinhas não tem um Centro Histórico ou atrações culturais próprias. Então, se você gosta de atrativos culturais vale a pena combinar a viagem com uns dias em Recife e Olinda, donas de grande patrimônio histórico-cultural.

Você pode optar por fazer um pernoite na Praia de Boa Viagem, em Recife, ou planejar um bate e volta a partir de Porto de Galinhas. Descubra a seguir os melhores locais a visitar!

15 – Praça Barão do Rio Branco – Recife Antigo

lugares para conhecer no Recife, locais para visitar na cidade, pontos de interesse e atrações turísticas

O Centro Histórico da capital pernambucana é oficialmente denominado como Recife Antigo e essa é a zona ideal para dar início aos passeios a pé pelas atrações culturais da cidade.  

Nessa região fica a Praça Barão do Rio Branco, onde se situa o Marco Zero, o ponto exato onde a cidade nasceu.

A Praça acolhe a famosa obra do artista pernambucano Cícero Dias e é cercada pelo estuário do porto de Recife e por imponentes prédios históricos, como o edifício do Centro Cultural da Caixa, que apresenta exposições interessantes. 

No entorno, há também bons restaurantes e um belo centro de artesanato regional. A partir desta praça basta seguir caminhando que logo estará em outras atrações da cidade, como a Rua do Bom Jesus, por exemplo.   

16 – Rua do Bom Jesus – Recife Antigo

Recife Antigo Marco Zero

Trata-se da via mais antiga da cidade, considerada a mais bela rua do Centro Histórico de Recife.

A Rua do Bom Jesus recebeu o título de terceira rua mais bonita do mundo pela revista americana Architectural Digest.

Está localizada a apenas 70 metros da Praça Barão do Rio Branco. A rua é ladeada de edifícios históricos e coloridos, entre eles um prédio do século 17 onde foi edificada uma das primeiras sinagogas das Américas – A Sinagoga Kahal Zur Israel.

O acervo do museu reúne vestígios de escavações arqueológicas que comprovam a centenária existência deste local. A entrada para visitação custa cerca de R$ 20,00. 

17 – Paço do Frevo – Recife Antigo

lugares para conhecer no Recife, locais para visitar na cidade, pontos de interesse e atrações turísticas

Visitar Paço do Frevo: Divulgação/Prefeitura de Recife

Quando visitar Recife recomendamos uma visita ao Paço do Frevo, um dos atrativos interessantes para quem quer entrar no universo do Frevo e descobrir por que o guarda-chuva colorido é utilizado nas danças de frevo, por exemplo.

O museu está instalado num antigo prédio de três andares e conta toda a história do ritmo pernambucano, desde o surgimento até os dias atuais.

Os colaboradores são super atenciosos e os monitores com o texto na ponta da língua e a dança na ponta do pé.

Além disso, o último andar do edifício oferece uma vista privilegiada para o rio Capibaribe e para o Oceano Atlântico.

Para quem não sabe, o Frevo é o principal ritmo musical que anima o carnaval pernambucano, sendo reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Imaterial da Humanidade.

O Paço do Frevo está localizado na encantadora Praça do Arsenal da Marinha, em pleno coração do Centro Histórico da cidade.

Horário de funcionamento: De terça a sexta, das 9h às 17h; ao sábado e domingo, das 14h às 18h; Encerra à segunda-feira.

Entrada: R$ 8,00. Gratuito às terças-feiras.

18 – Museu Cais do Sertão – Recife Antigo

O que fazer em Recife e Olinda

O Museu Cais do Sertão é um espaço moderno com destaque para a cultura do sertão e da arte de Luiz Gonzaga, famoso artista pernambucano conhecido como o Rei do Baião e considerado uma das mais importantes e criativas figuras da música popular brasileira.

Instalado em um antigo armazém do porto, o interior do edifício é cortado por um curso d’água que simboliza o Rio São Francisco e divide o Museu em sete territórios temáticos: Viver, Trabalhar, Ocupar, Cantar, Criar, Crer e Migrar.

Todo o espaço é agradável e bastante interativo, podendo ser visitado nos seguintes horários: Terça, das 9h às 21h; quarta a sexta, das 9h às 18h; sábado e domingo, das 13h às 19h.

Endereço: Museu Cais do Sertão, Armazém 10, Av. Alfredo Lisboa – Centro Histórico de Recife ( fica próximo à Praça Barão do Rio Branco). 

19 – Igreja de São Salvador do Mundo ou Catedral da Sé – Olinda

Igreja em Olinda Pernambuco centro histórico viagem

A Igreja de São Salvador do Mundo ou Catedral da Sé, é a maior igreja quinhentista do Brasil e apresenta uma arquitetura colonial portuguesa.

No interior da igreja destacam-se as capelas laterais em estilo barroco, as colunas de pedra, os quadros pintados a óleo e as talhas em madeira.

Nas traseiras do adro há um mirante que oferece uma bela panorâmica com vista para o casario típico de Olinda, para o mar e para a cidade de Recife, ao longe. Cenário maravilhoso que vale a pena conhecer! 

Em frente à igreja também fica o Letreiro Grafitado de Olinda, para se tirar fotos instagramáveis no Alto da Sé. 

A visita à Catedral da Sé pode ser feita individualmente ou com guia credenciado que cobra um valor simbólico de R$ 2,00. 

Endereço: Alto da Sé, Olinda – PE, s/n. 

20 – Igreja e Mosteiro de São Bento – Olinda

Localizado numa bela praça próxima à Prefeitura de Olinda, o Mosteiro de São Bento de Olinda começou a ser construído pelos colonizadores portugueses em 1586.

Assim como outros pontos de interesse da cidade, o mosteiro sofreu com o incêndio que aconteceu durante os ataques dos holandeses, em 1631, e precisou ser reconstruído.

Na ocasião, ganhou belas obras de arte e um rico altar-mor em madeira de cedro totalmente folheado a ouro. Aos domingos são realizadas missas com cantos gregorianos. Entrada gratuita! 

Endereço: Rua de São Bento, s/n – Varadouro, Olinda – PE

21 – Convento de São Francisco – Olinda

Olinda pontos turísticos centro histórico o que fazer

Construído pelos navegadores portugueses em 1585, o Convento de São Francisco faz parte de um belíssimo conjunto arquitetônico que inclui a Igreja de Nossa Senhora das Neves, a Capela de Santana e a Capela de São Roque. 

Na construção histórica, que possui vários ambientes, destacam-se os trabalhos feitos em madeira, as pinturas e, principalmente, os azulejos portugueses que narram a vida de São Francisco de Assis. 

Importa ainda salientar, o Convento de São Francisco é o convento franciscano mais antigo do Brasil e está incluído na lista dos monumentos do Centro Histórico de Olinda, declarado pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade. A entrada custa módicos R$ 2,00. 

Endereço: Rua de São Francisco, 280 – Carmo, Olinda

22 – Mercado de Artesanato da Sé – Olinda

Olinda centro histórico cidade colonial Brasil

Se gosta de artesanato regional vai certamente adorar o Mercado de Artesanato da Sé, em pleno coração do Centro Histórico de Olinda.

O Mercado reúne uma grande quantidade de barraquinhas que vendem os mais variados produtos locais.

Cangas coloridas, bordados e diversas peças de barro e couro, redes de descanso, castanhas, sanduíches, doces – há um pouco de tudo na feirinha.

Vale a pena passar no Mercado de Artesanato da Sé e comprar algumas lembranças de viagem para os amigos e garantir ótimos preços.

23 – Tapiocas da Vovó – Olinda

   o que fazer em Porto de Galinhas

É difícil visitar o Centro Histórico de Olinda e não fazer ao menos uma parada na Tapiocas da Vovó que faz as melhores tapiocas da cidade há mais de 50 anos.

Localizado no Alto da Sé, o espaço está inserido num belo jardim do Casarão das Artes com vista para o mar, e a Vovó recebe os visitantes com uma alegria contagiante.

Feitas em panelas de ferro aquecidas com carvão em brasa, as receitas da Vovó são recheadas com diversos sabores doces e salgados. Uma delícia!

As mais vendidas são a de queijo coalho e coco e a de carne de sol com queijo mussarela. Para a sobremesa, recomenda-se a tapioca de nutella com banana. Prometemos que não se vai arrepender!

24 – Caixa d’Água Alto da Sé / Elevador Panorâmico – Olinda

Olinda Recife passeios dicas de viagem centro histórico

A região do Alto da Sé exibe vários mirantes onde se pode ter as vistas mais impressionantes do casario colonial de Olinda, do mar, da Mata Atlântica e de boa parte da cidade de Recife, ao longe.

O acesso ao Alto da Sé faz-se de carro e a pé pela Rua São Francisco ou pela Ladeira da Misericórdia.

Uma vez no local, vale a pena visitar o Caixa d’Água Alto da Sé / Elevador Panorâmico (um dos mirantes mais famosos do centro histórico de Olinda) e desfrutar de momentos de pura contemplação, além de poder tirar fotografias espetaculares, claro está!

25 – Melhores restaurantes em Porto de Galinhas

   o que fazer em Porto de Galinhas

Nem só de belas praias vive Porto de Galinhas. A vila também oferece bons restaurantes aconchegantes, perfeitos para quem quer comer com qualidade.

Como bom destino litorâneo, o forte de Porto de Galinhas são os peixes e mariscos fresquinhos, preferencialmente regados pelos temperos da culinária nordestina.

No entanto, os cardápios da região vão além das tradicionais moquecas e bobós e será possível se deliciar também com o melhor da gastronomia internacional.

Nota: Recomendamos fazer reserva de mesa, uma vez que os melhores restaurantes em Porto de Galinhas costumam lotar não apenas na alta temporada, como também nos fins de semana e feriados prolongados.

Veja a seguir os destaques gastronômicos da região:

Domingos Restaurante

Para começar pelo clássico de Porto de Galinhas e restaurante já bem estabelecido, experimente o Domingos, com menu repleto de pratos bem elaborados e um delicioso mix da gastronomia internacional com a nordestina, além de uma diversificada carta de vinhos e drinks exóticos excepcionais.

O ambiente é acolhedor e romântico, com música de piano ao vivo e decoração ímpar com milhares de conchas do mar e samambaias penduradas. Preço-qualidade e atendimento personalizado! Voltamos sempre e recomendamos a todos os amigos e viajantes.

Endereço: Rua Bejupira, 128 – Porto de Galinhas, Ipojuca – Pernambuco

Contato para reservas: +55 81 3552-2806

Barraca Restaurante

Instalado na Rua da Esperança, o Barraca Restaurante é uma das boas opções para degustar comida típica como lagosta, camarão e dentre outros frutos do mar.

Para além disso, o ambiente é animado com música ao vivo e o atendimento simpático. Ótimo custo-benefício! 

Endereço: Rua da Esperança 430, Porto de Galinhas, Ipojuca, Pernambuco.

Contato para reservas: +55 81 98211-0202

Munganga Bistrô 

Localizado no burburinho de Porto, o Munganga Bistrô é, certamente, um dos melhores restaurantes de Porto de Galinhas.

O que não falta no cardápio são boas opções de moquecas, peixes, massas, risotos, saladas, carnes, além de ótimos sucos e drinks nordestinos exclusivos.

Endereço: Avenida Beira Mar 32, Porto de Galinhas, Ipojuca, Pernambuco.

Contato para reservas: +55 81 99726-0050

O Borges Restaurante

É um dos nossos restaurantes preferidos em Porto de Galinhas. Atendimento simpático, ambiente agradável, comida gostosa e preço justo!

Quando visitar o Borges Restaurante não deixe de experimentar o delicioso bacalhau com natas, receita típica portuguesa executada com maestria pela chef Bruna. 

Endereço: Rua dos Navegantes 06 (em frente aos Correios), Porto de Galinhas, Ipojuca, Pernambuco. 

Contato para reservas: + 55 81 99803-341

O que fazer em Porto de Galinhas à noite 

O centrinho de Porto de Galinhas é o destino certo para quem gosta de agito e muvuca. Depois de curtir o dia na praia, que tal sair à noite para relaxar num dos bares e restaurantes que costumam oferecer música ao vivo? 

As melhores baladas de Porto de Galinhas para tomar uns drinks, dançar e curtir o som dos DJs, acontecem no Giroskka Bar, no Lua Calliente (melhor local para dançar forró pé de serra) e no Birosca da Cachaça (principal ponto de encontro dos jovens aos fins de semana).

Lembrete: boa parte das lojas que vendem peças de artesanato e outros produtos regionais abrem suas portas depois das 18h. Por isso, o melhor horário para quem gosta de fazer compras é à noite. Fica a dica!

Passeios mais famosos de Porto de Galinhas

Em suma: passeios imperdíveis para fazer na região de Porto de Galinhas, em Pernambuco. Verifique os melhores lugares para visitar:

Passeio de Buggy de Ponta a Ponta

Piscinas Naturais de Porto de Galinhas 

Praia dos Carneiros – Tamandaré

Ponta de Serrambi

Pontal do Cupe

Praia de Muro Alto

Passeio de barco Ilha de Santo Aleixo 

Praias, Mirantes e ruínas do Cabo de Santo Agostinho 

Praia de Maracaípe

Pontal de Maracaípe

Melhor época para visitar Porto de Galinhas

Porto de Galinhas tem clima tropical. A temperatura média mais alta é de 33°C e a mais baixa de 25°C.

O destino é uma delícia em qualquer altura do ano. Entre Dezembro e Fevereiro a vila fica mais agitada. Obviamente, Réveillon e Carnaval são as épocas mais procuradas com preços mais elevados.

Entre Maio e Julho costuma chover mais na região, porém a vila fica tranquila e os preços das hospedagens são mais convidativos.

Anote

Vale salientar: Porto de Galinhas fica ainda mais bonita no horário da maré baixa, momento em que as piscinas naturais ficam expostas.

Dito isto, se o seu objetivo a Porto de Galinhas for aproveitar as piscinas naturais em todo seu esplendor, é imprescindível consultar a Tábua de Marés e escolher os períodos em que a maré está abaixo de 0.5.

Ficar atento às fases da lua também é importante. As marés baixas matinais (as que ocorrem nas fases das luas cheia e nova) geralmente são as melhores. 

Por fim, mas não menos importante, o melhor horário para fazer o passeio de jangada às piscinas naturais é cerca de 2 horas antes e até 2 horas depois da hora da maré mais seca. 

Preços dos passeios em Porto de Galinhas

Visitar Porto de Galinhas: Divulgação/Município de Ipojuca 

Há várias ofertas de passeios em Porto de Galinhas e as agências de turismo locais cobram preços muitos parecidos.

Como já avisamos no tópico acima, se você estiver de carro pode visitar 99% das atrações por conta própria e vai poupar uma boa grana com passeios.

Se contratar os serviços de transfers, ônibus turísticos e Uber, com certeza o preço dos passeios em Porto de Galinhas sairá bem mais caro.

Obviamente, o valor do tour em lancha privativa é sempre mais alto do que o passeio em catamarã, mas nesse caso a diferença compensa bastante (nossa opinião). Em suma: todas essas escolhas irão interferir no preço final.

Quanto custa

1- Passeio de Jangada às Piscinas Naturais de Porto de Galinhas: a partir de R$ 40,00.

2 – Passeio de Buggy Ponta à Ponta em Porto de Galinhas: desde R$ 300,00 (até 4 pessoas).

3 – Passeio de jangada aos cavalos marinhos no Pontal de Maracaípe: a partir R$ 30,00 por pessoa (cada jangada leva até 6 passageiros).

4 – Passeio à Península do Cabo de Santo Agostinho: a partir de R$ 300,00 (buggy até 4 pessoas) ou passeio de barco e buggy incluso (a partir de R$ 200,00 por pessoa).

5 – Passeio à Praia dos Carneiros – Tamandaré: Transfers R$ 250,00 (até 4 pessoas) + Passeio de Catamarã R$ 60,00 ou Passeio de Lancha privativa R$ 120,00 (atenção: nesses valores não inclui almoço e bebidas).

6 – Passeio de barco Ilha de Santo Aleixo – Sirinhaém: a partir de R$ 140,00 (embarcação e transfer inclusos, comida e bebidas pagas à parte.)

7 – Passeio de Catamarã às Galés de Maragogi – Alagoas: a partir de R$ 100,00. 

8 – Mergulho com cilindro em Porto de Galinhas: de R$ 80,00 a R$ 300,00. 

O que levar na mala para Porto de Galinhas

Escusado será dizer que se vai para destinos de praia, com sol e calor o ano todo, deve optar por levar na mala roupa leve e fresquinha, além de calçado arejado e confortável para curtir à vontade o clima praiano. Mas coloque na mala o mínimo necessário, ok?

Outros itens

Sandálias havaiana e papete (para visitar as piscinas naturais);

Trajes de banho, toalha de banho ou canga;

Protetor solar, óculos de sol e chapéu;

Máscara e snorkel para aproveitar ao máximo as piscinas naturais da região;

Uma máquina fotográfica, um smartphone e se puder uma câmera própria para tirar fotos debaixo d’água e registar os incontornáveis mergulhos nas piscinas naturais repletas de peixinhos coloridos – As fotografias ficam lindíssimas!

Ah! Não deixe de levar também um bom repelente.

Como se locomover / circular em Porto de Galinhas e arredores

Porto de Galinhas é uma pacata vila que pode ser facilmente percorrida a pé. Contudo estar de carro faz uma grande diferença, sobretudo se você quer ter autonomia e planeja explorar os pontos turísticos dos arredores.

Infelizmente, o transporte público no litoral Sul de Pernambuco é ainda bastante carente e não atinge boa parte dos pontos de interesse da região.

Logo, quem não tem um veículo à sua disposição vai ter que gastar com corridas de táxis, Uber, transfers, mototáxis. 

É bastante fácil destrinchar o centrinho da vila a pé, principalmente para quem fica hospedado nessa zona.

Inclusivamente, as principais ruas do centro da vila de Porto de Galinhas ficam encerradas para veículos durante a noite. 

No entanto, para aqueles que ficam hospedados nas praias de Muro Alto, Cupe ou Maracaípe, o mais aconselhável é mesmo estar com carro próprio ou alugado.

Posto isto, recomendamos totalmente alugar um carro ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Recife/Guararapes – Gilberto Freyre. 

Dica

A vila de Porto de Galinhas está localizada a apenas 52 km a Sul do aeroporto de Recife. Se não houver trânsito pesado na saída da cidade, você consegue chegar no destino em aproximadamente 50 minutos.

O trajeto Aeroporto do Recife – Porto de Galinhas, é feito pela BR 101 e não apresenta qualquer dificuldade. Peça ajuda ao GPS do Google Maps.

Ah! Se estiver de carro não vai precisar gastar dinheiro com o passeio de buggy, por exemplo.

Com o carro você terá a vantagem de poder visitar praticamente todos os locais por conta própria e aproveitar com calma as atrações da região. 

Anote

Nós fizemos praticamente todos os passeios por conta própria e adoramos! Circulamos muito de carro e encontramos as estradas da região relativamente boas, sem pedágio e com ótima sinalização. 

Como economizar

Para quem quer economizar deixamos aqui uma observação importante: existem alguns supermercados no centro de Porto de Galinhas, todos com preços muito parecidos aos que encontramos na capital Recife.

Via de regra, no valor cobrado pelos passeios não inclui almoço e os restaurantes indicados pelos guias são caros. Por isso, vale a pena ir prevenido com fruta, lanche, água, etc.

Quantos dias ficar em Porto de Galinhas

Se o objetivo da sua viagem a Porto de Galinhas é descansar, recomenda-se ficar pelo menos 3 dias para compensar o deslocamento.

Agora se a ideia for passear e explorar outros lugares turísticos da região, a viagem-padrão de 7 dias completos é perfeita.

Roteiro de 3 dias em Porto de Galinhas: o que fazer

1º Dia: Passeio de Jangada às Piscinas Naturais de Porto de Galinhas e passeio de Buggy Ponta à Ponta ou passeio de carro por conta própria pela Praia de Muro Alto, Pontal do Cupe, Enseada de Serrambi e pôr do sol no Pontal de Maracaípe (pernoite em Porto de Galinhas).

2º Dia: Praia das Campas e Praia dos Carneiros (com pernoite em Carneiros)

3ª Dia: Ilha de Santo Aleixo (com pernoite em Porto de Galinhas)

O que Fazer em Porto de Galinhas: roteiro de 7 dias

1º Dia: Passeio de Jangada às Piscinas Naturais de Porto de Galinhas e passeio de Buggy Ponta à Ponta ou passeio de carro por conta própria pela Praia de Muro Alto, Pontal do Cupe, Enseada de Serrambi e pôr do sol no Pontal de Maracaípe (pernoite em Porto de Galinhas).

2º Dia: Maragogi – Alagoas: Praia do Xaréu e Praia de Barra Grande (pernoite em Maragogi).

3º Dia: Maragogi – Alagoas: Passeio de barco às Galés de Maragogi e Praia do Antunes.

4º Dia: Praia das Campas e Praia dos Carneiros (com pernoite em Carneiros)

5º Dia 5: Ilha de Santo Aleixo (com pernoite em Porto de Galinhas)

6º Dia: Passeio de buggy à península do Cabo de Santo Agostinho (com pernoite na Praia da Boa Viagem, em Recife).

7º Dia: No horário da manhã visita às atrações históricas do Recife Antigo (Praça Barão do Rio Branco, Rua do Bom Jesus, Paço do Frevo e Museu Cais do Sertão).

No horário da tarde do dia 7, visita às atrações do Centro Histórico de Olinda (Catedral da Sé, Mosteiro de São Bento, Convento de São Francisco, Mercado de Artesanato da Sé, Tapiocas da Vovó, Caixa d’Água Alto da Sé / Elevador Panorâmico). Acorde cedo para aproveitar bem os passeios! 


+ Dicas de lugares turísticos em Pernambuco

Agora que você já descobriu o que ver e fazer em Porto de Galinhas, aproveite e confira outros destinos lindos para viajar em Pernambuco. Clique nos links abaixo!

+ Lugares para conhecer em Recife

+ O que fazer em Ilha de Itamaracá

+ Pontos turísticos em Olinda

+ O que fazer em Caruaru

+ O que fazer em Pernambuco

Ficamos super felizes em ajudar no planejamento da sua viagem para Porto de Galinhas PE. Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e sugestões. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo (a) ao blog!

Procurando Hotel? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui !

*Gostou do post sobre o que fazer em Porto de Galinhas – PE? Compartilhe com seus amigos!

Tags:
Artigo Anterior
Próximo Artigo

Você também vai gostar