Escreva para pesquisar

Bahia DESTINOS NACIONAIS

O que fazer em Salvador – Bahia

Compartilhar

Roteiro turístico: o que fazer em Salvador – Bahia

A capital baiana mistura praia, atrativos históricos, religiosos e boa gastronomia. Os principais pontos turísticos de Salvador fazem da cidade uma das mais bonitas do país. Não à toa, a cidade está entre os destinos mais visitados por turistas nacionais e estrangeiros no Brasil. São tantos lugares lindos para conhecer, com diversas atrações culturais que valem a pena serem incluídas em seu roteiro pela cidade. Durante as minhas viagens a Salvador conheci cada um dos pontos de interesse com calma, sem aquela necessidade de ver tudo de uma vez. E, para orientar o seu passeio, listei neste guia os melhores programas com dicas clássicas e até alguns locais pouco visitados e explorados pelos turistas. Veja o que fazer em Salvador de dia e de noite, como se locomover, onde ficar hospedado nos bairros bem localizados e quais são os melhores restaurantes para comer na cidade, dentre outras informações importantes.

“Mas afinal, o que é que a baiana tem? Tem saia rodada tem, tem torso de seda tem, tem cores brilhantes tem e mistério como ninguém…”

Melhores bairros para se hospedar em Salvador

Se você tem poucos dias para explorar a cidade e quer aproveitar as atrações históricas e culturais, além das principais praias urbanas da região, divida a sua estadia entre os bairros do Pelourinho, Barra ou Rio Vermelho. Assim você não fica preso no trânsito e ganha mais tempo para curtir os lugares mais bonitos e interessantes da cidade.

O bairro do Rio Vermelho foi, há poucos anos, requalificado, tendo melhorado bastante o calçadão e sua orla como um todo. É uma ótima opção para fazer uma caminhada no fim da tarde e curtir o fantástico pôr do sol. Considerado “bairro boêmio” possui uma oferta diversificada de restaurantes com boa gastronomia e muitos bares com música ao vivo. Por ali, é possível alugar bicicletas e para quem não conhece, experimentar o famoso acarajé, um dos mais famosos petiscos baianos.

Se a ideia é ficar em Salvador 3 ou 4 dias, recomendo fazer pelo menos 1 pernoite no Centro Histórico (Pelourinho). O bairro é um dos mais famosos da capital baiana e concentra grande parte dos pontos históricos, museus e casas de arte. Aliás, alguns dos principais monumentos da cidade ficam por ali.

Divulgação: Villa Bahia Hotel – Centro Histórico de Salvador

Hotéis confortáveis e bem localizados no Centro Histórico

Aram Yamí Boutique Hotel: Inserido num edifício barroco do século XIX, o Aram Yamí apresenta acomodações românticas e exclusivas, 2 piscinas, terraço para banhos sol, Wi-Fi e uma maravilhosa vista panorâmica para a Baía de Todos os Santos. 

Casa do Amarelindo: Hospedagem charmosa em pleno coração do Pelourinho. Disponibiliza suites confortáveis e climatizadas, piscina exterior, terraço panorâmico com vista para a Baía de Todos os Santos e um delicioso restaurante de cozinha internacional. Café da manhã incluso no valor da diária. 

Bahiacafé Hotel: Instalado numa mansão colonial do século XIX, o BahiaCafé é um hotel boutique 3 estrelas, localizado numa das melhores áreas do Centro Histórico de Salvador. Dispõe de acomodações aconchegantes, a uma curta caminhada dos principais atrativos turísticos do Pelourinho. Café da manhã incluso no valor da diária. 

Hotel Villa Bahia: Hospedagem de charme 4 estrelas, com excelente localização no centro antigo de Salvador. O Villa Bahia é um hotel romântico, inserido em dois casarões coloniais, que apresentam um terraço com vista panorâmica para o bairro do Pelourinho.

Hotéis confortáveis e bem localizados em Rio Vermelho e Barra

Ficando hospedado nos bairros Rio Vermelho e Barra, você garante acesso fácil às praias urbanas do litoral Norte, principal Orla de Salvador, Farol da Barra, Forte de São Diego, restaurantes típicos, bares e baladas.

Além disso, esses dois bairros também são pontos estratégicos para quem vai curtir o carnaval de Salvador e a tradicional Festa de Iemanjá, que ocorre anualmente no dia 2 de Fevereiro. 

Hotéis para dormir nos bairros Rio Vermelho e Barra:

Monte Pascoal Praia Hotel: Hospedagem 4 estrelas, localizado na famosa Praia do Farol da Barra. Oferece acomodações modernas e climatizadas, piscina exterior com vista para o mar e um restaurante com menu exclusivo à la carte. 

Hotel Catharina Paraguaçu: Alojamento aconchegante no bairro do Rio Vermelho. Apresenta quartos confortáveis com ar condicionado. A Praia do Rio Vermelho fica apenas a 10 minutos a pé da propriedade. Café da manhã incluso no valor da diária. 

Mercure Salvador Rio Vermelho: Hotel padrão 4 estrelas. Apresenta um ambiente acolhedor na orla da Praia do Rio Vermelho. Oferece suites elegantes com vista para o mar, piscina exterior e um restaurante de cozinha regional. Café da manhã incluso no valor da diária. 

Pousada Pedra da Concha: Hospedagem 3 estrelas, a 200 metros da Praia de Buracão (Rio Vermelho). Dispõe de quartos rústicos e simples com ar condicionado, terraço, jardim e acesso Wi-Fi gratuito! Café da manhã incluso no valor da diária. 

Dicas: quais as melhores atrações turísticas a visitar em Salvador – Bahia

o que fazer em Salvador, melhores pontos turísticos

o que fazer em Salvador, melhores pontos turísticos

“Toda menina baiana tem um jeito que Deus dá…”

Agora que você já sabe quais são os melhores bairros em Salvador para ficar perto dos locais turísticos, confira a seguir as dicas das principais atrações a visitar na cidade, muitas delas marcadas pela cultura afro-brasileira. 

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

Principais monumentos históricos de Salvador

Todos já ouviram falar, mas o que poucos sabem é que o Pelourinho, no centro histórico de Salvador, constitui o maior conjunto e estrutura de arquitetura barroca, fora do continente europeu.

O bairro, considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, está entre os lugares mais conhecidos e procurados para visitar na cidade. 

O Pelourinho não é apenas um passeio – ele é parte da cultura artística, teatral, literária e musical da Bahia. Romances inteiros se passam nas ladeiras do Pelourinho e a região, é palco até hoje de eventos culturais e musicais que reúnem milhares de pessoas.

Mas não esqueça os problemas da metrópole: o Centro Histórico, apesar de ser bem policiado, assaltos e furtos também podem acontecem por ali. Fique atento!

Agora role a página e veja quais são os principais monumentos, museus e praças, dentre outros lugares obrigatórios para passear em Salvador.

Praça José de Alencar ou Largo do Pelourinho

Salvador, é segunda cidade do Brasil mais visitada por turistas nacionais e internacionais

A Praça José de Alencar, conhecida popularmente como Largo do Pelourinho, é um dos lugares mais bonitos de Salvador, repleto de casarões coloridos e prédios centenários da época do Brasil Colonial.

Está localizada no coração do Centro Histórico (região mais antiga de Salvador). A praça acolhe museus, diversas lojas de artesanato, restaurantes, bares e a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

O local é um bom ponto de partida para visitar a pé as principais atrações culturais da região, que ficam bem perto umas das outras.

Visita à Fundação Casa de Jorge Amado (Largo do Pelourinho)

Fundação Casa de Jorge Amado

No Largo do Pelourinho pode visitar a Fundação Casa de Jorge Amado – escritor que foi um dos entusiastas do centro velho de Salvador. Ali ocorrem eventos, cursos, palestras, lançamentos culturais e todo tipo de evento artístico. A entrada custa cerca de R$ 6,00 por pessoa.

Essa é uma excelente atividade para quem deseja conhecer mais sobre o escritor Jorge Amado e sua obra. O espaço possui um interessante acervo da obra do autor, incluindo alguns de seus objetos pessoais e de sua esposa Zélia Gattai, também escritora. No casarão também se encontra uma pequena loja de souvenirs e um café. Ótima opção para aquele dia chuvoso.

Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos (Largo do Pelourinho)

o que fazer em Salvador - Pontos Turísticos em Salvador - O que visitar em Salvador

o que fazer em Salvador - Pontos Turísticos em Salvador - O que visitar em Salvador

É uma das igrejas coloniais mais antigas do Brasil, fundada pelos portugueses em 1685. Todas as terças-feiras, às 18h, na Igreja N. S. do Rosário dos Pretos, é celebrada uma missa ao som de instrumentos africanos, como atabaques, agogôs, tamborins e repiques. 

A igreja é lindíssima, com destaque para a pintura externa em azul. Seu interior é bastante simples quando comparado com outras igrejas históricas de Salvador.

Mas sem dúvida, participar da missa de terça-feira (18h) é uma experiência que vale mesmo a pena, pois ela nos mostra a importância de exercermos nossa tolerância religiosa, trazendo a mistura das religiões Afro com o catolicismo. O resultado é de uma beleza sem igual, vale a pena participar!

Além de incenso perfumando o ambiente, fiéis também dançam passos do candomblé e distribuem pães benzidos aos presentes. Entrada gratuita! 

Casa Azul de Michael (Pelourinho)

Em frente à Igreja N.S. do Rosário dos Pretos fica a famosa casa onde o cantor Michael Jackson gravou o clipe musical “They don’t care about us”. O local é bastante concorrido pelos turistas para tirar foto na sacada. 

Visitar a Igreja e Convento de São Francisco 

o que fazer em Salvador, melhores pontos turísticos

o que fazer em Salvador, melhores pontos turísticos

A majestosa Igreja e Convento de São Francisco, eleita uma das 7 maravilhas de origem portuguesa no mundo, é o ponto alto da arquitetura barroca, no Centro Histórico de Salvador.

O interior é ricamente decorado com entalhes dourados de influências barroca e rococó, além de 37 painéis de azulejos do claustro, que retratam cenas pagãs e trazem epígrafes do poeta romano Horácio.

Está localizada no icônico Largo Terreiro de Jesus e a entrada custa apenas R$ 5,00 por pessoa. A visita pode ser feita com guia local ou por conta própria. Simplesmente imperdível!

Praça Terreiro de Jesus

o que fazer em Salvador, melhores pontos turísticos

O Pelourinho de Salvador é sede dos grupos Afoxé Filhos de Gandhy e do Bloco Olodum

Localizada em pleno Centro Histórico, a Praça Terreiro de Jesus está entre os lugares imperdíveis para visitar na Cidade Alta de Salvador.

O local é cercado por três igrejas históricas, casas coloniais charmosas, restaurantes e botecos tradicionais, além das típicas baianas vendedoras de Acarajé. 

Os famosos grupos baianos do Afoxé Filhos de Gandhy e da Banda e Bloco Oludum, também costumam atuar por ali.

A título de curiosidade, a Banda e Bloco Oludum existe desde 1979. É um marco na música brasileira e une moradores da região central da cidade por meio de uma ONG, que ensina jovens e crianças a lidar com instrumentos de percussão, mantendo viva a tradição da música baiana.

Casa do Carnaval da Bahia

Trata-se de uma das mais recentes atrações de Salvador. A Casa do Carnaval da Bahia, situada na Praça Ramos de Queirós (Centro Histórico), conta a história de um dos maiores e mais importantes carnavais do mundo, desde a chegada dos portugueses ao Brasil até os dias atuais. A entrada custa cerca de R$ 30,00.

Se você quer aprender um pouco mais sobre o carnaval, ritmos baianos e a cultura brasileira, na sua viagem a Salvador não pode faltar a visita à Casa do Carnaval. Reserve pelo menos duas horas do seu tempo para curtir o espaço sem atropelos.

No interior do Museu estão disponíveis dezenas de documentários, em sua maioria, relacionados com o Carnaval da Bahia. Desfrute também da fantástica vista sobre a Baía de Todos-os-Santos. Vale a pena!

Santo António Além do Carmo

o que fazer em Salvador - Pontos Turísticos em Salvador - O que visitar em Salvador

o que fazer em Salvador - Pontos Turísticos em Salvador - O que visitar em Salvador

Vai um Acarajé, meu rei?

O bairro Santo António Além do Carmo fica muito perto do Largo do Pelourinho (10 minutos a pé) e vale a visita! A região é uma das mais tranquilas do Centro Histórico de Salvador e oferece uma bela panorâmica para a Baía de Todos-os-Santos.

Por ali os monumentos mais visitados são: as Igrejas Santo Antônio Além do Carmo e a do Santíssimo Sacramento do Passo – tombada pelo Iphan, foi cenário do filme “O Pagador de Promessa”.

Uma vez no bairro Santo António Além do Carmo, não deixe de conhecer o Cafélier, o espaço além de super agradável, serve petiscos regionais e oferece uma vista linda do pôr do sol sobre a Baía. Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 14h às 21h30; domingo das 14h às 20h.

Elevador Lacerda

o que fazer em Salvador, melhores pontos turísticos

Elevador Lacerda, Salvador – Bahia 

O Centro Histórico da capital baiana fica no topo dos morros e a descida até à parte baixa da cidade, pode ser feita através do emblemático Elevador Lacerda, por um valor simbólico de R$ 0,15.

Ponto de visita obrigatório em Salvador, o Elevador Lacerda, com 63 metros de altura era o mais alto do mundo desse tipo, quando foi fundado, em 1873. Além do visual maravilhoso, a estrutura acolhe uma das sorveterias mais famosas da cidade, “A Cubana”.

Um dos mais conhecidos cartões postais de Salvador, o Elevador Lacerda ajuda muito a locomoção entre a cidade baixa e a cidade alta. A vista sobre a Baía de Todos os Santos é fantástica e facilita muito a vida de quem desce para visitar o Mercado Modelo, ou para quem sobe visitar o Pelourinho.

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

Visita ao Mercado Modelo de Salvador

o que fazer em Salvador

Berimbau, instrumento típico da Bahia 

Na parte baixa da cidade, os pontos turísticos multiplicam-se. Para quem busca artesanato e produtos típicos baianos, a recomendação é o Mercado Modelo, um dos maiores do Brasil em produtos locais.

Além das lojas de artesanato, o mercado reúne petiscos regionais e bebidas, apresentações e música nordestina. Dica: dá para chegar facilmente ao local através do Elevador Lacerda, desde o Centro Histórico, como já referido no tópico acima. 

+ Veja também: o que fazer em Caraíva 

Região do Bonfim Salvador

O Bonfim é um bairro de Salvador, localizado na península de Itapagipe, na parte da Cidade Baixa. As grandes atrações do local são a Igreja do Nosso Senhor do Bonfim e a Ponta do Humaitá (cercada pelo mar, com um pôr do sol irresistível).

Para além disso, na Ponta do Humaitá pode-se conhecer a Igreja e Forte de Monte Serrat, dois pontos interessantes com mais de 400 anos de história, construídos pelos portugueses na época do Brasil Colônia. Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 7h às 17h. Entrada gratuita!

Visita à Igreja do Nosso Senhor do Bonfim

o que fazer em Salvador

o que fazer em Salvador

A Igreja do Nosso Senhor do Bonfim, é o maior símbolo da religiosidade baiana

Uma vez em Salvador, deixar de visitar a Igreja Nossa Senhor do Bonfim, é quase uma heresia. Sempre movimentada, a igreja e suas escadarias estão entre os pontos de visita mais famosos do estado da Bahia.

Ali, distribuem-se as famosas Fitinhas do Bonfim, aquelas que vemos nos pulsos das pessoas em qualquer lugar do Brasil, e até no exterior.

E caso a sua viagem seja em janeiro, não perca a sensacional e típica Festa do Bonfim, um marco do sincretismo religioso no Brasil e a conhecida “Lavagem do Bonfim” – um ritual onde fiéis despejam água de cheiro nos degraus da igreja, sob o som de cânticos africanos.

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

Melhores praias urbanas de Salvador

o que fazer em Salvador

Praia do Porto da Barra – Salvador, Bahia

Infelizmente, nem todas as praias de Salvador são próprias para banho devido à poluição. Mas se a sua ideia for curtir praia em Salvador, os melhores locais para ir a banhos na região são as praias do Porto da Barra (ao lado do Farol da Barra) e Itapuã (localizada no litoral Norte).

A Praia de Itapuã é famosa por ter sido referência da música de Vinícius de Moraes “Tarde em Itapuã”, quem não lembra? Tem um mar calmo protegido por recifes (ótimo para ir com crianças). A praia é bastante frequentada por turistas e moradores.

O local também abriga o Farol de Itapuã. Não deixe de experimentar o Acarajé da Cira em Itapuã, um dos mais tradicionais da cidade.

+ Confira: o que fazer na Praia do Porto da Barra

Melhor vista do pôr do sol em Salvador – Farol da Barra

Pôr do sol na Praia da Barra, com visual a partir do Farol da Barra

O passeio no litoral soteropolitano, contudo, não seria completo sem uma visita ao Farol de Santo Antônio, popularmente conhecido como Farol da Barra.

O farol era orientação para o movimentado porto local no século XVII, um dos principais pontos do comércio exterior brasileiro na época.

A exposição com temática marítima, conta um pouco da história do Brasil a partir do mar. Além disso, a vista de cima do Farol é maravilhosa e rende fotos incríveis! Entrada: R$ 10,00.

Depois da visita ao Farol, não deixe de apreciar o maravilhoso pôr-do-sol – uma memorável forma de terminar o dia pela costa da cidade.

Mapa pontos turísticos Salvador

 

Onde comer bem?

Creme de Abóbora, com Robalo em crosta de Tapioca – Restaurante Cuco Bistrô

Coco Bambu Bahia

Endereço: Av Prof Magalhaes Neto, 1273 – Lot Aquárius, Pituba – Salvador

Tereza Paim

Endereço: Rua Odilon Santos 45, Rio Vermelho – Salvador

Cuco Bistrô

Endereço: Largo do Cruzeiro de São Francisco, N. 6, (Pelourinho) – Salvador

O que fazer à noite? 

Os pontos para curtir a noite em Salvador ficam espalhados pela cidade. Mas o local mais conhecido e famoso é Rio Vermelho – o bairro mais boêmio de Salvador, concentra algumas das melhores casas noturnas e baladas da cidade. As opções de lazer são muitas! 

Por ali vai encontrar boas opções de bares, casas de shows e boates. Para escutar reggae, soul, MPB e dançar forró, por exemplo, vá à Commons Studio Bar, localizada na Rua Odilon Santos.

Muita gente também frequenta a boate Amsterdam – espaço ideal para dançar música eletrônica, funk e reggaeton. Às quintas, costuma haver festa open bar.

Em suma: no bairro Rio Vermelho há alternativas para todos os estilos e gostos. Embora aos fins de semana os lugares fiquem mais movimentados, também existem boas opções de bares e casas noturnas para sair nos dias de semana.

Como se locomover em Salvador – BA

Desembarcando no aeroporto ou rodoviária de Salvador, recomendo totalmente utilizar o Uber, táxis ou alugar um carro. Essas são as maneiras mais fáceis, práticas e “seguras” de se locomover em Salvador, sobretudo se você está visitando a cidade para fazer turismo pela primeira vez.

Se puder, evite ao máximo o transporte público. Estando com um mapa ou um GPS em mãos, é fácil circular pela cidade e região, já que a mesma está bem sinalizada. 

Quando ir a Salvador: Melhor época

Salvador, Bahia, Pontos Turísticos, O que fazer

Salvador tem clima tropical. A temperatura média mais alta é de 33°C e a mais baixa de 25°C. A capital baiana é uma cidade para visitar sempre que você puder.

Mas no verão, sobretudo nos meses de janeiro e fevereiro, você pode curtir as festas tradicionais da cidade com a Lavagem do Bonfim, a Festa de Iemanjá e o Carnaval, perto dos principais lugares turísticos.

Sabemos que a escolha da melhor época para visitar um determinado destino envolve um número grande de variáveis. Entretanto, quando buscamos um lugar de sol e praia, a chuva pode complicar bastante os planos.

Foi pensando nisso, e com o objetivo de facilitar o seu planejamento de viagem que elaboramos o gráfico acima. Ele exemplifica essas informações sobre a temperatura média e precipitação pluviométrica (chuva).

Salvador possui uma temperatura média de cerca de 25ºC. O período do ano mais chuvoso vai de Abril até Junho, já o período mais “seco” ou com pouca precipitação, vai de Agosto até Março.

Qualquer época do ano é excelente para aproveitar a cidade, mas os meses com pouca chuva são os melhores para curtir suas férias em Salvador.

Essas informações podem ser aplicadas para grande parte do Litoral baiano, pois as temperaturas e a incidência de chuvas normalmente não têm variações significativas.

Obviamente, este gráfico é apenas uma ferramenta extra para auxiliar a sua escolha e possível marcação da viagem. Saiba que podem ocorrer mudanças significativas, existem anos atípicos que fogem aos padrões. Fique sempre de olho na previsão do tempo para Salvador.

Quantos dias ficar em Salvador – BA

Para aproveitar bem os passeios pelos principais pontos de interesse da cidade e da região, recomendo ficar entre 3 e 4 dias completos.

Caso você tenha dias sobrando inclua no roteiro uma visita à famosa Praia do Forte (60 km de Salvador). Veja o que fazer na Praia do Forte e onde se hospedar na Praia do Forte

Alguma dúvida ou dicas de locais a visitar em Salvador – BA?

Se busca alguma informação específica que não está aqui neste roteiro de viagem a Salvador, pode perguntar à vontade na caixa de comentários abaixo. Eu respondo sempre e o mais rápido possível.

E se você é da região ou conhece bem os atrativos históricos, praias, mirantes, restaurantes e baladas, compartilhe suas dicas conosco aqui no blog.

Assim as sugestões de locais a visitar em Salvador ficam ainda mais completas e úteis, para os próximos viajantes que vão explorar esse belo trecho do litoral baiano.

+ Dicas de lugares para viajar na Bahia

Agora que você já descobriu os melhores lugares para visitar e atividades para fazer em Salvador, aproveite e verifique as dicas de outros destinos lindos para conhecer na Bahia. 

+ Melhores praias de Porto Seguro

+ O que fazer em Trancoso

+ Melhores lugares para conhecer na Bahia

+ Melhores praias de Itacaré

+ O que fazer em Ilhéus

+ O que fazer em Arraial d’Ajuda

+ Melhores praias de Trancoso

+ O que fazer em Caraíva

+ Melhores praias de Caraíva

+ Quanto custa viajar para Itacaré

+ Pousada Casa de Praia – Praia do Forte

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e sugestões. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo (a) ao blog!

Procurando Hotel em Salvador/Melhores praias Salvador? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui 

*Gostou do post sobre o que fazer em Salvador/Melhores praias Salvador – Bahia? Compartilhe!

Tags:
Artigo Anterior
Próximo Artigo

Você também vai gostar