Escreva para pesquisar

DESTINOS NACIONAIS Rio de Janeiro

O que fazer no Rio de Janeiro

Compartilhar

Dicas de viagem: O que fazer no Rio de Janeiro

O que fazer no Rio de Janeiro? Quais os melhores pontos turísticos da cidade? Conhecida como uma das cidades mais lindas do mundo, o Rio de Janeiro é uma mistura única de cultura, história e atrativos naturais. Já visitamos a “Cidade Maravilhosa” diversas vezes e podemos afirmar que há literalmente centenas de atrações turísticas e coisas para ver e fazer no Rio de Janeiro, um belo destino cheio de encantos que atraem turistas do mundo inteiro: praias para todos os gostos, gastronomia diversificada, museus, monumentos históricos, vida noturna animada e muito mais. Ao escrevermos este roteiro de viagem o mais difícil foi realmente escolher aquilo que lhe iríamos sugerir. Para facilitar a leitura, dividimos os atrativos em tópicos. Venha daí conosco descobrir os lugares imperdíveis para conhecer no Rio de Janeiro, onde ficar hospedado na cidade, dentre outras dicas úteis para a sua viagem. 

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Pão de Açúcar, Rio de Janeiro – Brasil

Rio de Janeiro, a Cidade Maravilhosa 

Hotel no Rio de Janeiro Copacabana  Ipanema  Leblon  Arpoador  Bares  Restaurantes  Praia

“Cidade Maravilhosa cheia de encantos mil…”, “berço do samba e das lindas canções…”, assim diz o hino da cidade e assim é o Rio de Janeiro. 

Quando, no dia 1 de Janeiro de 1502, navegadores portugueses sob o comando de André Gonçalves avistaram pela primeira vez a Baía de Guanabara pensaram tratar-se da foz de um grande rio. Uma visão que, aliada ao mês da descoberta, deu origem ao nome da cidade – Rio de Janeiro -, hoje mundialmente conhecida por “Cidade Maravilhosa”, título que teve o privilégio de receber do escritor e jornalista Coelho Neto. 

Melhor época para visitar o Rio de Janeiro: Quando ir

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Com uma temperatura média anual de 24°C, a “Cidade Maravilhosa” pode ser visitada durante todo o ano! 

Contudo, acreditamos que a melhor época para visitar o Rio de Janeiro é entre os meses de setembro e novembro, quando as temperaturas são amenas e o clima é muito mais agradável e seco. 

Esta é também a época em que ocorrem alguns dos principais eventos culturais do Rio de Janeiro, como o Festival de Cinema do Rio, o Rock in Rio e a Virada Cultural.

Durante este período, os dias são longos, ensolarados e com pouca ocorrência de chuvas, tornando-se o momento ideal para aproveitar todas as atrações da cidade. 

Caso não goste de temperaturas muito elevadas e aglomeração, a dica é evitar os meses de dezembro a março (alto Verão), que é também o período de chuvas.

Quantos dias ficar no Rio de Janeiro

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotelRio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Se o objetivo da sua viagem ao Rio de Janeiro é conhecer os pontos turísticos mais famosos como Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Copacabana, Ipanema, Arpoador e Jardim Botânico, recomenda-se ficar pelo menos 3 dias completos na cidade.

Agora se a ideia for aproveitar as praias, os mirantes e ainda fazer um tour cultural pelo centro da cidade do Rio, a viagem-padrão de 7 dias completos é perfeita.

O que fazer no Rio de Janeiro: Passeios e principais pontos turísticos

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Há uma infinidade de atividades para usufruir no Rio de Janeiro. Para os amantes da natureza, passeios de barco, trilhas de montanha, caiaque, rapel, mergulho, esqui aquático e escalada são algumas das atividades disponíveis.

Para quem prefere a vida urbana, existem diversos museus, teatros, galerias de arte e muitos outros atrativos.

Os principais pontos turísticos do Rio de Janeiro incluem o Corcovado e o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, o Jardim Botânico, o Parque Lage, a Quinta da Boa Vista, as praias de Copacabana, Ipanema, Leblon, dentre outros que vamos listar mais abaixo! 

1 – Cristo Redentor

Lugares mais bonitos do Rio de Janeiro, melhores locais para conhecer no estado do Rio de Janeiro. Passeios, praias e pontos turísticos

Rio Tour / Divulgação

O que visitar no Rio de Janeiro em 7 dias - Roteiro pelo Rio de Janeiro - Pontos de interesse no Rio de Janeiro - Locais a visitar no Rio de Janeiro

O Cristo Redentor é uma estátua situada no alto do Parque Nacional da Tijuca, mais precisamente no topo do Morro do Corcovado, em plena cidade do Rio de Janeiro. 

É considerado um dos mais impressionantes monumentos do mundo, atraindo turistas de todas as partes do planeta. 

Sua altura chega aos 38 metros, tendo como base uma plataforma circular de 22 metros que fica a 708 metros acima do nível do mar.

Eleito uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo, o monumento foi inaugurado no dia 12 de outubro de 1931, após cerca de cinco anos de construção, em uma cerimônia presidida pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas, e pelo arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra.

A pedido do arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra, a população do Rio de Janeiro iniciou uma campanha para a construção do monumento.

A estátua foi construída pelo escultor italiano Paul Landowski, inspirado em um projeto do arquiteto francês Albert Caquot, que foi escolhido em concurso.

O Cristo Redentor foi edificado em concreto armado e com milhares de metros cúbicos de pedra-sabão, todos os materiais foram transportados até o local da construção por trilhos, que foram construídos especialmente para isso.

Para além da estátua do Cristo Redentor, importa ainda salientar a espetacular vista do topo do Morro do Corcovado – o mirante de todos os mirantes, um dos grandes responsáveis pelo título de “Cidade Maravilhosa”. Absolutamente imperdível!

Como chegar ao Cristo Redentor

O Cristo Redentor fica no Parque Nacional da Tijuca (maior floresta urbana do mundo). Para chegar até o monumento, você pode ir de Van ou com o próprio Trem do Corcovado, que sai da Estação do Cosme Velho.

Caso seja de seu interesse, acesse o site oficial do Trem do Corcovado para obter mais informações e adquirir o seu bilhete com antecedência. 

2 – Pão de Açúcar

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

 “Cidade maravilhosa, És minha, O poente na espinha, Das tuas montanhas, Quase arromba a retina. De quem vê.”

Outro belíssimo cartão postal mundialmente conhecido é o Pão de Açúcar, considerado um dos lugares mais instagramáveis do Rio de Janeiro.

Este espetacular monumento natural está a 396 metros de altura e sua formação é composta por três magníficos morros: Morro da Urca, Morro do Pão de Açúcar e o Morro da Babilônia.

O Morro do Pão de Açúcar partilha com o Corcovado uma das mais deslumbrantes visitas da cidade do Rio. Do alto é possível avistar a Baía de Guanabara, a Lagoa Rodrigo de Freitas, as praias do Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon, o Cristo Redentor e muito mais. As fotos ficam simplesmente incríveis!

Após apreciar com calma a vista de cada mirante, aproveite para petiscar e tomar um drink numa das esplanadas ao ar livre do complexo do Pão de Açúcar. 

No local há ainda algumas lojas onde é possível encontrar diversos produtos locais, como camisetas, chapéus, livros, canecas, entre outras coisas mais.

Como chegar ao Pão de Açúcar

O subida para visitar o Pão de Açúcar é feita por meio de um teleférico conhecido pelo nome de Bondinho do Pão de Açúcar.

O trajeto é realizado em duas etapas: a primeira ligando a base do Morro da Babilônia ao Morro da Urca, e a segunda conectando essa parte ao Morro do Pão de Açúcar.

Lembrando que a subida entre a Praia Vermelha e o Morro da Urca também pode ser feita utilizando o bondinho ou através de uma trilha com cerca de 50 minutos de caminhada. 

O percurso não é tão longo, mas a subida exigente apresenta muitos degraus pelo caminho. No entanto garantimos: A paisagem compensa todo o esforço!

No final da trilha, você encontrará o complexo turístico do Morro da Urca, que conta com restaurantes, lojinhas, heliponto e uma estação do bondinho que possibilita a descida para a Praia Vermelha, ou a subida até o Morro do Pão de Açúcar. 

Vale lembrar que para subir ao Pão de Açúcar e evitar filas, especialmente na alta temporada, é preciso comprar o ingresso com antecedência.

A boa notícia é que, ao comprar o ticket com antecedência pela internet, você já pode escolher o horário em que deseja fazer a subida, o que facilita bastante a organização do roteiro. Acesse o site oficial e saiba mais. Uma visita a não perder!

Ingressos para o Pão de Açúcar

Regular: R$ 150,00 (ida e volta até o Morro do Pão de Açúcar) – estrangeiros

Bilhete Promo Brasil: R$ 130,00 – ingresso regular com desconto para brasileiros

Localização e horário de funcionamento do Bondinho do Pão de Açúcar

Endereço: Avenida Pasteur, 520 – Urca, Rio de Janeiro – RJ, 22290-240, Brasil

Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h às 20h (último embarque às 18h30).

3 – Praia Vermelha

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Entre as praias mais visitadas da cidade está a Praia Vermelha, localizada aos pés do Pão de Açúcar, no famoso bairro da Urca (zona Sul do Rio).

Esta praia é conhecida por suas águas tranquilas e a coloração de sua areia grossa com tonalidade vermelha, daí o nome Praia Vermelha.

É uma ótima opção para quem busca aproveitar uma boa e acessível praia urbana, apreciar o visual, praticar esportes ou curtir a vida noturna. 

Com uma extensão de aproximadamente 200 metros, é uma praia pequena mas muito bonita e charmosa, cercada por montanhas, mar e vegetação nativa.

A Praia Vermelha também possui diversas atrações, como quiosques, barracas de praia, restaurantes, lojas, aluguel de caiaques e de barcos, trilhas e muito mais. 

Além disto, nesta praia encontrará postos de salvamento, ambulâncias, guarda-vidas e outros serviços para que sua estada seja mais confortável e segura. 

Dica

A melhor época para visitar a Praia Vermelha é entre os meses de setembro e março, quando o mar está mais calmo e a temperatura mais agradável.

4 – Passeio de Helicóptero no Rio de Janeiro

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

O Passeio de Helicóptero no Rio de Janeiro é uma experiência única que oferece vistas incríveis da cidade. Os voos partem do Heliponto Lagoa Rodrigo de Freitas e do Heliponto do Morro da Urca. 

Durante o voo, os passageiros podem ver a Lagoa Rodrigo de Freitas, o Pão de Açúcar, a Praia de Copacabana, o Morro do Corcovado e outras belas atrações da cidade.

Para além disso, também é possível ver algumas das famosas favelas cariocas de uma perspectiva única. Os preços do passeio de helicóptero variam de acordo com o número de passageiros e o tempo de voo, mas é possível encontrar valores a partir de R$ 400,00.

Roteiro Heliponto Lagoa Rodrigo de Freitas

• Lagoa Rodrigo de Freitas

• Jardim de Alah

• Praia de Ipanema

• Pedra do Arpoador

• Praia e Forte de Copacabana

• Praia Vermelha e vista do Pão de Açúcar

Roteiro Heliponto do Morro da Urca

• Praia Vermelha e Pão de Açúcar

• Praia e Forte de Copacabana

• Pedra do Arpoador

• Praia de Ipanema e Praia do Leblon

5 – Mirante do Pasmado

O que fazer no Rio de Janeiro - Pontos turísticos no Rio de Janeiro - Pontos de Interesse no Rio de Janeiro - Onde ficar no Rio de Janeiro

É um belo mirante localizado no tradicional bairro de Botafogo, mais precisamente no Parque Yitzhak Rabi.

O Mirante do Pasmado foi construído em 2004, e oferece uma paisagem deslumbrante da cidade, com vistas arrebatadoras para a enseada de Botafogo, bem como para o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor e outros pontos turísticos ao longe.

A área envolvente do mirante está cercada de vegetação, o que pode dificultar um pouco a visibilidade em algumas épocas do ano, mas mesmo assim é bastante interessante para a observação de pássaros e árvores nativas.

Além das vistas espetaculares, há um estacionamento gratuito para os visitantes e um trailer que vende lanches e bebidas. Vale bem a pena conhecer, sobretudo se você estiver na Zona Sul do Rio. Rende belas fotos!

Como ir ao Mirante do Pasmado

Para chegar ao Mirante do Pasmado, siga em direção à Alameda Embaixador Sanchez Gavito, s/nº – Botafogo, no bairro de Botafogo (Zona Sul do Rio de Janeiro).

Local facilmente acessível de carro, Táxi ou Uber. O GPS do Google Maps ensina o caminho. Não existem transportes públicos para chegar ao Mirante do Pasmado.

6 – Palácio do Catete 

O Palácio do Catete é um palácio histórico no bairro do Catete, Rio de Janeiro. Foi sede oficial do governo brasileiro durante a Primeira República e abriga, atualmente, o Museu da República.

Construído em 1858 pelo produtor e comerciante de café Antônio Clemente Pinto (Barão de Nova Friburgo), o Palácio do Catete apresenta arquitetura eclética e teve artistas de renome envolvidos no projeto, como o arquiteto Gustav Waehneldt e os pintores Emil Bauch, Gastão Tassini e Mario Bragaldi.

Após a Proclamação da República, em 1889, o prédio foi escolhido para abrigar o gabinete do primeiro Presidente da República, Deodoro da Fonseca. 

Com a instalação do governo federal no Rio de Janeiro, o Palácio do Catete passou a ser a sede oficial do governo brasileiro até 1960, quando foi inaugurado o Palácio Itamaraty.

Em 1960, com a transferência da capital federal para Brasília, o Palácio do Catete foi transformado em um museu, sendo inaugurado como tal em 1961. 

Museu da República (Palácio do Catete)

O Museu da República apresenta uma exposição permanente sobre a história da Primeira República no Brasil e realiza diversas exposições temporárias.

O acervo contém mais de 29 coleções relacionadas à história política e social brasileira dos séculos XIX e XX.

Além de conhecer as exposições, os visitantes podem participar de diversas atividades culturais no Museu da República. A programação inclui apresentações musicais, dança, teatro e outras atividades lúdicas que acontecem nos jardins do palácio.

Jardim do Palácio do Catete

O jardim do palácio é uma atração à parte, tanto pelo seu tamanho, quanto pela sua beleza. Segundo consta, o projeto teria sido feito pelo paisagista francês Auguste Marie Françoise Glaziou.

Biblioteca do Palácio do Catete

Para completar, o complexo ainda conta com uma biblioteca aberta às segundas, terças e quartas-feiras. As consultas ao acervo podem ser realizadas entre as 14h e 17h30, mediante agendamento prévio com um mínimo de 24h de antecedência.

Localização e horário de funcionamento do Palácio do Catete 

Endereço: Rua do Catete 153, Catete, Rio de Janeiro – Brasil

Horário de visitas: Aberto de terça a domingo, das 10h às 17h. Encerra à segunda-feira. 

7 – Forte Duque de Caxias ou Forte do Leme

Forte Duque de Caxias, também conhecido como Forte do Leme, é um dos mais antigos e históricos fortes do Rio de Janeiro, situado na chamada Ponta do Leme, na Zona Sul da cidade.

O Forte do Leme está dentro de uma Área de Proteção Ambiental. Foi edificado no século XVII para proteger a cidade do ataque de navios inimigos e possíveis invasões.

É cercado por vegetação nativa, praias e um lindo visual, onde podemos contemplar belas paisagens, como a enseada de Botafogo, a Baía de Guanabara, o Cristo Redentor e as praias do Leme e Copacabana.

É também um dos principais pontos turísticos do Rio, oferecendo diversas atividades para quem o visita.

Uma vez no local, podemos aproveitar para descobrir algumas curiosidades da história militar do Brasil, como a armação de canhões e a construção de túneis.

Sem dúvida, uma ótima opção para quem deseja conhecer o Rio de Janeiro e seus encantos. Não há qualquer estrutura de bar ou restaurante.

Como ir e horário de funcionamento do Forte Duque de Caxias

É possível chegar às proximidades do Forte Duque de Caxias de metrô, carro ou ônibus. A partir daí, o acesso é feito por uma pequena trilha (20 minutos de caminhada).

A visitação pode ser feita de terça à domingo, das 09h30 às 16h. Encerra à segunda-feira.

8 – Lagoa Rodrigo de Freitas

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Localizada na Zona Sul da cidade, a Lagoa Rodrigo de Freitas, em forma de coração, é mais uma das obras-primas da natureza.

Neste lagoa existem vários parques e áreas destinadas à prática de desportos, pista para caminhadas e ciclovias, heliporto e passeios de pedalinhos, que permitem percorrer as águas da considerada mais bela lagoa do Rio.

Se decidir visitar o Rio de Janeiro na época do Natal, não perca o espetáculo de luz e cor refletidos sobre as águas desta lagoa, proporcionado pela gigante árvore de Natal flutuante iluminada por milhões de pontos de luz multicolores que atrai milhões de visitantes locais e estrangeiros.

9 – Praia de Copacabana

Rio Tour / Divulgação

Localizada na Zona Sul do Rio de Janeiro, a Praia de Copacabana é um dos destinos mais populares para turistas do mundo todo.

O local é conhecido mundialmente por suas belezas naturais, hotéis de luxo, cultura vibrante e uma vida noturna pulsante.

Em Copacabana, os turistas podem desfrutar de uma variedade de atividades para todas as idades e gostos: relaxar na praia durante o dia, nadar, tomar sol, jogar vôlei, caminhar pelo calçadão ou simplesmente admirar as vistas espetaculares.

Além disto, existem outros programas divertidos como andar de bicicleta, patinete, stand-up paddle, surf, bodyboard e muito mais. 

Vida noturna em Copacabana

A vida noturna em Copacabana é vibrante e oferece uma boa variedade de opções para todos os gostos. Os bares e restaurantes são ideais para relaxar e desfrutar de uma refeição deliciosa, enquanto as festas ao ar livre são um grande destaque.

Há bares que servem bebidas tropicais e cervejas especiais, restaurantes de cozinha internacional, assim como boates/discotecas e casas de shows ao vivo para todos os gostos e estilos de música.

10 – Forte de Copacabana

O Forte de Copacabana é um complexo histórico-cultural localizado na Praia de Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Trata-se um dos principais pontos turísticos da cidade, situado na Avenida Atlântica, entre o Posto 2 e o Posto 6, mesmo em frente às famosas Ilhas Cagarras.

O complexo é formado por um forte militar, construído em 1914 para proteger a cidade contra a invasão de navios inimigos.

Em tempos foi utilizado como um local de prisão durante o regime militar brasileiro. Atualmente abriga um museu histórico, aberto ao público de terça a domingo.

O espaço abriga várias exposições interessantes sobre a história militar do Rio de Janeiro e do Brasil.

Para completar, o Forte de Copacabana também acolhe uma unidade da famosa Confeitaria Colombo e o Café 18 do Forte. Nos estabelecimentos são servidos café “estilo colonial” e almoço. 

É um local ideal para passar o dia em família ou com os amigos. Além de visitar o museu, fazer um lanche e almoçar, você também pode desfrutar de uma bela vista da Praia de Copacabana. A não perder!

11 – Passeio de barco na Baía de Guanabara

Baía de Guanabara / Divulgação

Se é amante da natureza, do ar livre e, especialmente do mar, vai certamente adorar fazer um passeio na Baía de Guanabara.

Existem diversas ofertas de passeios: aluguer de caiaque, visita à Ilha de Paquetá, passeio de barco à noite, tour de barco à vela ou cruzeiros que podem durar cerca de 5 horas.

Os tours pela Baía de Guanabara oferecem aos visitantes a oportunidade de desfrutar de uma linda vista panorâmica do Rio de Janeiro a partir do mar, e também conhecer um pouco mais sobre a história da cidade.

Durante os passeios, os turistas têm a chance de visualizar a arquitetura característica da cidade e toda a natureza envolvente, assim como alguns dos mais famosos pontos turísticos, dos quais destacamos o Pão de Açúcar, o Cristo Redentor, a Praia de Copacabana, entre outros.

O preço do passeio de barco na Baía de Guanabara varia de acordo com o roteiro.

Saídas dos passeios de barco 

Os passeios de barco na Baía da Guanabara partem de diversos locais da cidade: Cais do Porto, Marina da Glória, Porto de Cruzeiros (Píer Mauá).

Algumas empresas que realizam as excursões, disponibilizam o serviço de busca em hotéis, especialmente se você estiver hospedado na Zona Sul do Rio.

12 – Praia do Diabo

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Uma pequena enseada ao lado da Pedra do Arpoador, no bairro de Ipanema, a Praia do Diabo é conhecida por suas águas cristalinas, ondas moderadas e uma encantadora faixa areia branquinha.

Algumas escolas de surf da Zona Sul do Rio utilizam esta praia para realização das suas aulas.

Escondida entre as pedras, a Praia do Diabo é muito tranquila, principalmente se comparada com as demais praias vizinhas Copacabana e Ipanema.

No local há pouca estrutura de apoio ao turista, mas a natureza compensa!

13 – Praia de Ipanema

Rio de Janeiro pontos turísticos o que fazer dicas viagem passeios onde ir onde comer praias hotel

Localizada entre a Praia do Arpoador e o Jardim de Alah, a Praia de Ipanema é uma das mais famosas praias do Rio de Janeiro.

É conhecida mundialmente como o cenário onde foi escrita a música “Garota de Ipanema” e é frequentada por turistas e moradores locais durante todo o ano.

Possui cerca de 2,5 km de extensão e é dividida em oito seções, cada uma com seu próprio nome e características: Posto 9, Arpoador, Joana Angélica, Farme de Amoedo, Prainha, General Osório, Pepino e Ipanema.

Cada seção tem seu próprio charme e oferece atividades diferentes. A praia é popular entre os surfistas e praticantes de vôlei de praia, mas também oferece muitas outras atividades.

É possível encontrar pontos de aluguel de equipamentos, como bicicletas, patins e caiaques, além de escolas de surf e aulas de yoga.

A Praia de Ipanema é um dos locais preferidos do carioca para a prática de atividades físicas, contando com uma ciclovia e amplo calçadão, espaço perfeito para uma corrida ou caminhada.

Bairro de Ipanema

Além da praia, o bairro de Ipanema é também um dos locais mais icônicos do Rio de Janeiro, famoso por sua cultura e estilo de vida moderno e descontraído.

É também um bairro muito visitado por sua vida noturna e suas lojas, restaurantes, bares e baladas que atraem muita gente. Lugares descolados não faltam em Ipanema: Bar do Tom, Toca do Vinicius, Bar do Astor, são apenas alguns exemplos.

Como chegar à Praia de Ipanema

A Praia de Ipanema fica em plena Zona Sul do Rio de Janeiro e pode ser acessada por ônibus, carro ou metrô. Aliás, o metrô é o meio mais rápido e prático de chegar à praia.

Existem estações de metrô próximas às entradas da praia, como a estação de Ipanema/General Osório e a estação de Cantagalo. 

14 – Feira Hippie de Ipanema

A famosa Feira Hippie de Ipanema acontece sempre aos domingos, das 07h às 19h, na Praça General Osório.

Conta com mais de 200 expositores de artesanato, roupas, livros, discos, acessórios, alimentos e produtos orgânicos.

Os visitantes também podem aproveitar as diversas atrações musicais, performances artísticas e atividades culturais.

Em suma: A Feira Hippie de Ipanema é uma verdadeira feira de troca de experiências e de cultura, onde todos podem desfrutar de um ótimo dia de lazer.

15 – Praia do Leblon

A Praia do Leblon é uma das mais  famosas praias do Rio de Janeiro, situada na Zona Sul da cidade. É uma praia ideal para praticar esportes como vôlei, futebol, surf e bodyboard.

Tem um extenso areal, onde estão situados diversos quiosques e barracas de comidas e bebidas que dão suporte aos visitantes.

A Praia do Leblon é uma das melhores opções para famílias com crianças. Além dos banhos de sol e mar, você também pode alugar equipamentos de esportes aquáticos ou aproveitar o passeio de barco a vela e canoagem oferecido por algumas agências de turismo.

No canto direito da praia fica o Mirante do Leblon, que oferece uma bela vista panorâmica e um agradável quiosque com esplanada onde pode beber uma água de coco geladinha. 

Vida noturna no Leblon

Importa ainda referir que a vida noturna no Leblon é bastante animada, com diversos bares e restaurantes para escolher.

Os principais bares e restaurantes são o Bar da Praia, o Boteco Belmonte, o La Mole, o Esch Café e o Bar Bracarense. 

16 – Parque Natural Penhasco Dois Irmãos

O Parque Natural Penhasco Dois Irmãos é um espaço protegido no bairro do Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Foi criado em 1992 e possui cerca de 40 hectares em uma área de preservação ambiental.

É considerado um dos mais belos parques da cidade e oferece vistas deslumbrantes da região. O local possui vários mirantes, de onde se pode admirar alguns dos pontos turísticos mais importantes do Rio, como as praias do Leblon e Ipanema, Lagoa Rodrigo de Freitas, Corcovado, entre outros.

Para completar, o Parque Penhasco Dois Irmãos conta uma série de atividades e atrações para os visitantes. Há trilhas para caminhada e ciclismo, parque infantil, uma agradável área de lazer, banheiros, etc.

Em conclusão: Espaço ideal para contemplar a natureza e fazer belas fotos da Zona Sul do Rio.

Como chegar ao Parque Natural Penhasco Dois Irmãos

O Parque Penhasco Dois Irmãos fica na Rua Aperana, 190, no bairro do Leblon. O local é facilmente acessível de metrô, ônibus ou carro.

Dispõe de estacionamento gratuito para os visitantes. Funciona todos os dias, das 08h às 18h. Entrada gratuita a todos!

17 – Praia de São Conrado

Rio Tour / Divulgação

Localizada na divisa entre os bairros de São Conrado e a Barra da Tijuca, a Praia de São Conrado é uma praia perfeita para quem procura uma experiência diferente no Rio de Janeiro.

O local oferece aos visitantes um visual encantador, águas perfeitas para o mergulho livre e boas ondas para esportes aquáticos como natação, surf, windsurf, kitesurf e stand up paddle, além de atividades como a pesca e a caminhada.

São Conrado também costuma ser o ponto de chegada para os praticantes de Paraglider ou Asa Delta que saltam da rampa da Pedra Bonita, um dos mais belos pontos de interesse do Parque Nacional da Tijuca.

Na Praia de São Conrado também é possível desfrutar de um grande calçadão e vários parques que oferecem lazer para toda a família.

Vida noturna na Praia de São Conrado

Há algumas oferta de bares que variam desde o mais simples até o mais sofisticado, assim como restaurantes para os visitantes desfrutarem de uma refeição deliciosa, com uma grande variedade de pratos.

18 – Mirante Pedra Bonita

O Mirante Pedra Bonita fica no Parque Nacional da Tijuca, entre a Barra da Tijuca e São Conrado. É um dos principais pontos turísticos da cidade e um dos mais importantes mirantes de voo livre do mundo.

Além dos esportes de aventura, o Mirante Pedra Bonita oferece trilhas para caminhadas e ciclismo. Os percursos são cercados por árvores e apresentam vistas incríveis da cidade.

*Lembrete: O melhor momento para visitar o Mirante Pedra Bonita é durante a manhã ou final da tarde, quando as temperaturas são mais amenas, principalmente no verão.

Ao fim de semana, a Pedra Bonita costuma ficar muito cheia, logo se não gosta de ambientes lotados programe uma visita durante a semana, mas fora da época de férias escolares.

Ah, vale muito a pena acordar cedo para assistir ao nascer do sol da Pedra Bonita. 

Como chegar ao Mirante Pedra Bonita

A única maneira de chegar ao Mirante Pedra Bonita é a pé (cerca de 40 minutos / nível fácil). Saindo da Zona Sul a corrida de Táxi ou Uber até à entrada da Trilha da Pedra Bonita demora 25 minutos, e custa em torno de R$ 40,00.

Também é possível chegar à entrada da Trilha da Pedra Bonita de ônibus, uma opção é a Linha Maracaí – São Conrado que passa a 5 minutos do início do percurso pedestre.

Voo livre e voo duplo de Asa Delta Pedra Bonita

O Mirante Pedra Bonita é conhecido como um dos principais locais para voo livre no mundo. A rampa de voo livre é uma área de decolagem que oferece incríveis vistas da cidade do Rio de Janeiro, das quais destacamos o cenário do Pão de Açúcar, Baía de Guanabara e o Cristo Redentor. 

Além da exuberante vista, há também a possibilidade de realizar voo duplo de Asa Delta. Caso seja de seu interesse, você poderá voar na companhia de um instrutor profissional. Experiência única! 

Escalada Delta Pedra Bonita

A Pedra Bonita oferece opções de escalada muito procuradas por profissionais e amadores. Existem várias vias de escalada com diferentes níveis de dificuldade, além de uma área de treinamento para iniciantes.

19 – Morro dos Dois Irmãos

Lugares mais bonitos do Rio de Janeiro, melhores locais para conhecer no estado do Rio de Janeiro. Passeios, praias e pontos turísticos

O Morro dos Dois Irmãos é uma das mais belas formações rochosas do Rio de Janeiro. Localizado entre os bairros do Leblon e São Conrado, próximo às praias da Zona Sul, o local oferece vistas deslumbrantes da “Cidade Maravilhosa”.

A partir deste morro é possível avistar a Pedra da Gávea, a Rocinha, o Morro do Corcovado, a Lagoa Rodrigo de Freitas, a Praia de São Conrado, Ipanema, Pão de Açúcar, dentre outros importantes pontos turísticos da cidade.

Trilha do Morro dos Dois Irmãos

Existem várias atividades ao ar livre para se fazer no Morro dos Dois Irmãos: escaladas, rapel e trilhas, das quais destacamos a famosa Trilha do Morro dois Irmãos, que tem início na comunidade do Vidigal, atrás do campo de futebol (na chamada Vila Olímpica do Vidigal).

O percurso pedestre realizado em meio à mata é de aproximadamente 1,5 km e dura cerca de 50 minutos a percorrer. Dificuldade do trajeto: Moderado. 

Pelo caminho é possível aproveitar belos mirantes, além de observar diversas espécies de borboletas coloridas e até alguns macaquinhos no seu habitat natural. Recomendamos fazer a trilha com um guia credenciado. 

20 – Barra da Tijuca

Barra da Tijuca / Divulgação

A Barra da Tijuca é um bairro nobre do Rio de Janeiro, localizado na Zona Oeste da cidade. É uma das maiores áreas residenciais do Rio, com cerca de 200 mil habitantes.

A Barra da Tijuca é conhecida por suas praias, parques naturais, entretenimento e negócios. Na Barra vai encontrar muitos centros comerciais, cinemas, teatros e casas de shows ao vivo, que tornam a sua estadia ainda mais divertida.

Para completar, há vários esplanadas à beira-mar para desfrutar da atmosfera descontraída, bem como restaurantes de comida autêntica brasileira e restaurantes de comida internacional. 

Se você estiver procurando por um destino de férias incrível no Rio de Janeiro, a Barra da Tijuca é uma ótima opção!

21 – Vista Chinesa

Rio Tour / Divulgação

A Vista Chinesa está localizada no bairro Alto da Boa Vista, ao lado do Parque Nacional da Tijuca. É um lugar mágico que reúne belas paisagens, história e natureza.

Aliás, a natureza por ali é bem preservada, com mata nativa, árvores exuberantes e várias espécies de pássaros e pequenos macacos.

Além disso, o local conta com uma plataforma de observação que oferece uma bela vista panorâmica da cidade.

A estrutura foi construída por volta de 1900 feita de bambu e cimento. Estamos a falar do Pagode Chinês, famoso mirante construído para homenagear os chineses que trouxeram e estiveram envolvidos na produção de chá no país.

Desta elevação podemos avistar o Cristo Redentor, a Lagoa Rodrigo de Freitas, o Pão de Açúcar, além da emblemática Baía de Guanabara.

Mais um belo lugar para visitar e relaxar, admirando as belezas da “Cidade Maravilhosa”. A não perder!

Como chegar à Vista Chinesa

Como já referido, a Vista Chinesa está localizada no bairro Alto da Boa Vista. Pode lá chegar de carro próprio ou alugado, há estacionamento nas imediações.  A opção para quem não tem carro é ir de Táxi ou Uber.

Lembrando que há ofertas de passeios de Jeep à Vista Chinesa, com outras paradas interessantes pelo caminho.

Para quem gosta de caminhadas, é possível chegar à Vista Chinesa pela trilha do Parque Lage. São cerca de 10 km de subida. Convém fazer o passeio com guia credenciado.

22 – Escadaria Selarón

A Escadaria Selarón é um dos marcos mais conhecidos do Rio. Situada no bairro de Santa Teresa, bem perto da Lapa, mais precisamente na rua Manuel Carneiro, esta famosa escadaria é formada por mais de 200 degraus, todos decorados com ladrilhos coloridos. 

A obra foi elaborada pelo artista chileno Jorge Selarón, com ladrilhos coletados de ruas e construções da cidade. 

Selarón trabalhou na escadaria até à sua morte, em 2013, e ela hoje é um dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro. 

23 – Passear no Bonde de Santa Teresa

O Bonde de Santa Teresa é um dos mais antigos e charmosos meios de transporte do Rio de Janeiro. Fica no bairro histórico e boêmio de Santa Teresa, localizado no alto da cidade, com vistas deslumbrantes do Rio.

O bonde faz a ligação com o centro da cidade, circulando pelas ruas estreitas e sinuosas do bairro, oferecendo aos passageiros uma verdadeira experiência carioca.

Ao passear de bonde, você pode ver alguns dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro, tais como: os Arcos da Lapa, prédios históricos, assim como toda a paisagem envolvente.

Para além disto, o bonde passa por alguns dos melhores restaurantes e bares da cidade. Se você quiser experimentar a verdadeira culinária carioca, pode saltar do bonde em qualquer parada e explorar o bairro à sua vontade.

Aliás, o Bonde de Santa Teresa é um ótimo meio de transporte para quem quer conhecer o Rio de Janeiro fora dos circuitos turísticos tradicionais.

Horários e Trajeto do Bonde de Santa Teresa

Entre a Estação Carioca e o Dois Irmãos, com intervalos de 30 minutos e capacidade para 16 passageiros.

Estação Carioca – Largo do Curvelo, Largo dos Guimarães, Vista Alegre, Largo do França – Dois Irmãos

Horário de funcionamento: De segunda a sexta, das 08h às 17h. Sábados, domingos e feriados, das 09h às16h. 

24 – Quinta da Boa Vista

A Quinta da Boa Vista foi construída em 1808, na época em que o rei Dom João VI e sua corte chegaram ao Rio de Janeiro.

A propriedade serviu como parque real até à data da proclamação da República, mas no final do século XIX, a Quinta da Boa Vista foi transformada em parque público.

Hoje é um dos parques urbanos mais visitados da cidade, com uma bela área de aproximadamente 150 mil metros quadrados. 

O local oferece muitos atrativos que vão desde arquitetura histórica, obras de arte, belezas naturais e atividades de lazer.

Os grandes destaques da Quinta são os belos jardins preservados (criados pelo paisagista francês Auguste Glaziou) o Museu Nacional de História Natural e o Bioparque (que acolhe mais de 1000 animais de cerca de 350 espécies diferentes, como ursos, elefantes, tigres, girafas e muitos outros). 

Na Quinta da Boa Vista, você também pode realizar atividades de lazer, tais como: caminhadas, passeios de bicicleta e, eventualmente, curtir um show ao ar livre. O parque fica aberto diariamente, das 08h às 17h.

A visita ao Bioparque, antigo Zoológico da Quinta da Boa Vista, custa cerca de R$ 47,00 para adultos e R$ 15,00 para crianças. 

Nota

Infelizmente, o Museu Nacional de História Natural, inaugurado em 1818, sofreu um grande incêndio em 2018 e, no momento, encontra-se em reforma, com previsão de abertura ao público em 2027.

Localização e como chegar à Quinta da Boa Vista

A Quinta da Boa Vista fica na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente na Avenida Pedro II, s/n, São Cristóvão.

Pode chegar à Quinta da Boa Vista por meio de vários transportes. A estação de metrô mais próxima é a Estação São Cristóvão. A partir dessa estação, basta uma rápida caminhada de 5 minutos para chegar à Quinta da Boa Vista.

Táxi e Uber também são boas opções para chegar à Quinta da Boa Vista. Para quem for de carro próprio ou alugado, há estacionamento pago no local. 

25 – Feira de São Cristóvão – Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas

A Feira de São Cristóvão é o mais importante pólo da cultura nordestina no Rio de Janeiro, reunindo espetáculos, música ao vivo, dança e comida regional.

As apresentações são realizadas em um palco montado na praça, e incluem músicas e danças de forró, xote, baião, xaxado, maracatú, etc.

Para além disso, é possível encontrar artesanato típico da região nordeste, como bolsas, redes, vasilhas de barro, brinquedos feitos à mão, dentre outros produtos.

Os visitantes podem ainda experimentar várias iguarias como acarajé, vatapá e caldo de feijão, por exemplo. Criada na década de 1940, esta feira promove e valoriza as tradições e a cultura popular nordestina no Rio de Janeiro.

Acontece todos os sábados e domingos, na Praça de São Cristóvão, no bairro homônimo (Zona Central do Rio de Janeiro). O espaço é de fácil acesso e possui estacionamento para cerca de 800 veículos.

Localização e horário de funcionamento da Feira de São Cristóvão 

Endereço: R. Campo de São Cristóvão – São Cristóvão, Rio de Janeiro – RJ, 20921-240, Brasil

Horário de funcionamento: De terça à quinta, das 10h às 18h; Sexta e sábado, das 10h às 4 da manhã; Domingo, das 10h às 20h. 

26 – Jardim Botânico

Fundado em 1808 por D. João, então príncipe regente de Portugal, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro é um dos mais antigos e famosos jardins botânicos do mundo.

Está localizado no bairro de São Cristóvão, na Zona Norte da cidade, e tem como principal objetivo preservar e proteger a biodiversidade da região.

O parque possui cerca de 54 hectares e conta com uma grande variedade de espécies de plantas e árvores de todos os tipos, tamanhos e formas.

Há diversos programas para visitantes de todas as idades, inclusive conta com inúmeras atividades educacionais e culturais, como exposições, palestras e oficinas para crianças.

Durante a visita ao Jardim Botânico pode ficar a conhecer o Museu do Meio Ambiente, assistir a peças de teatro ao ar livre, fazer passeios guiados, percorrer trilhas e admirar as diferentes espécies de plantas, flores e árvores nativas do Brasil. 

Para completar, o local dispõe de restaurantes, lanchonetes e lojas de produtos de artesanato e souvenirs. Ótimo local para relaxar, caminhar, praticar exercícios ou simplesmente curtir o dia.

Localização e horário de funcionamento do Jardim Botânico

Endereço: R. Jardim Botânico, 1008 – Jardim Botânico, Rio de Janeiro – RJ, 22460-000, Brasil

Horário de visitas: Aberto de segunda à domingo, das 08h às 17h. 

27 – Parque Lage

O que visitar no Rio de Janeiro em 7 dias - Roteiro pelo Rio de Janeiro - Pontos de interesse no Rio de Janeiro - Locais a visitar no Rio de Janeiro

Com uma vista incrível para o Morro do Corcovado, o Parque Lage é um dos parques mais bonitos do Rio de Janeiro, inserido no Jardim Botânico, na Zona Norte da cidade.

O espaço foi no período colonial um antigo engenho de açúcar e possui uma bela edificação histórica em estilo eclético e romano, o Palacete do Parque Lage, que acolhe a Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV).

A escola oferece diversos cursos de capacitação para jovens artistas juntamente com exposições, palestras e uma série de outras atividades culturais. Contudo, para visitar o palacete é necessário fazer agendamento prévio, através de marcações online. 

O Parque Lage compreende mais de 50 hectares de área verde, com espécies de flora e fauna diversificadas e preservadas, além de lindas paisagens, esculturas, fontes de água e uma estrutura de lazer, com espaço para caminhadas e piqueniques.

Destacamos também o incrível e romântico jardim em estilo europeu, projetado pelo paisagista inglês John Tyndale, em 1840. O jardim está perfeitamente integrado com os elementos nativos da Mata Atlântica.

Há ainda espalhados pelo parque cavernas, lagos e ilhas artificiais, bem como aquários repletos de peixes coloridos.

A visita ao parque é um ótimo programa para fazer em família, especialmente com crianças. No local, você pode realizar diversas atividades, como caminhadas, correr, andar de bicicleta, observação de pássaros, tomar sol ou simplesmente relaxar aproveitando a natureza.

Localização e horário de funcionamento do Parque Lage

O Parque Lage é facilmente acessível de carro ou transporte público (ônibus e metrô).

Endereço: Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico – Rio de Janeiro – Brasil

Horário de visitas: Aberto diariamente, das 09h às 17h.

28 – Estádio do Maracanã

O Estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido por Maracanã, é um dos estádios de futebol mais importantes do mundo.

O Maracanã pertence ao Governo do estado do Rio de Janeiro, e é administrado pelos clubes do Flamengo e Fluminense, que utilizam o espaço na realização de seus jogos.

Vale ainda mencionar que este emblemático estádio abrigou alguns dos mais importantes jogos da história, como por exemplo, o famoso jogo da final da Copa do Mundo de 1950.

Uma vez no Estádio Maracanã, você tem a oportunidade de desfrutar de uma visita guiada para conhecer os diversos locais do Estádio, como por exemplo, os camarotes, vestiários, salas VIP, área de lazer, campos de treinamento e, claro, o próprio campo de jogo.

Complexo Esportivo do Maracanã

O Maracanã, o Ginásio Maracanãzinho e o Parque Aquático Júlio Delamare integram o complexo esportivo do Maracanã.

No Complexo Esportivo do Maracanã existe a oportunidade de participar de diversas atividades, como aulas de futebol, jogos de futebol, campeonatos especiais, atividades esportivas e culturais, shows e eventos especiais.

Para mais, o local oferece serviços de alimentação e lazer. Há restaurantes, bares, lojas esportivas e quadras de esportes.

29 – Mirante Morro Dona Marta

Rio Tour / Divulgação

O Mirante Dona Marta é um local elevado localizado no Morro Dona Marta, bairro de Botafogo. Oferece uma das mais belas vistas do Rio, principalmente do Pão de Açúcar, da Baía de Guanabara e do Cristo Redentor. 

O mirante fica a cerca de 700 metros de altitude, e a maneira mais fácil e cômoda para lá chegar é através de um Táxi ou Uber.

O visual do mirante é incrível, especialmente, em um belo dia ensolarado. Rende fotos lindas de boa parte da cidade. Aproveite a vista para o Cristo Redentor a partir do Heliponto, você vai adorar!

Dica

Dá para chegar a pé ao Mirante Dona Marta através da trilha pela favela Santa Marta, mas vale ressaltar que essa atividade deverá ser feita apenas com guia da região qualificado.

30 – Confeitaria Colombo

A Confeitaria Colombo é um restaurante e confeitaria no centro do Rio de Janeiro. Fundada em 1894, é um dos mais antigos e tradicionais estabelecimentos, considerada patrimônio cultural e artístico da cidade do Rio. 

A matriz situa-se na Rua Gonçalves Dias, número 32, mas há ainda mais 4 unidades espalhadas pela cidade.

É conhecida pelo serviço completo de café da manhã e pelo extenso cardápio de doces confeccionados tal como no século XX.

A casa disponibiliza ainda salões para almoço e jantar, casamentos, bem como recepções e eventos corporativos.

É famosa por seu ambiente aconchegante e charmoso. Não à toa, a Confeitaria Colombo figura na lista de cafeterias mais bonitas do mundo, segundo o site U City Guides.

O local é decorado com mobiliário Art Nouveau e tem uma grande variedade de objetos antigos. Além disto, há um salão grande e arejado, bem como salas mais íntimas para reuniões privadas.

Além dos pratos principais, a Confeitaria Colombo oferece uma grande diversidade de doces e bolos, tais como o bolo de rolo, bolo de cenoura, bolo de fubá, pudim de leite, brigadeiro, beijinho e a famosa torta de chocolate.

Ótimo lugar para se reunir com amigos e familiares e desfrutar de gostosuras irresistíveis.

Localização da Confeitaria Colombo / Matriz

Endereço: Rua Gonçalves Dias, 32 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20050-030, Brasil

31 – Palácio Tiradentes

Palácio Tiradentes / Divulgação

O Palácio Tiradentes, sede do governo do Rio de Janeiro, é um dos mais importantes monumentos históricos da “Cidade Maravilhosa”.

Foi construído em 1640 para abrigar os primeiros vereadores da região, uma primeira “versão” da Câmara de vereadores do Rio. 

O palácio foi remodelado e ampliado várias vezes ao longo dos séculos.Está localizado na Praça Tiradentes (bairro do Centro), próximo à Catedral Metropolitana, a Praça XV e à Cinelândia.

O Palácio Tiradentes faz parte do cenário histórico e político do Rio de Janeiro. Apresenta arquitetura neoclássica, com diversas esculturas e decorações de época.

Foi em 1960, após a transferência da capital para Brasília, que o Palácio Tiradentes passou a abrigar a Assembleia Legislativa da Guanabara.

Após a fusão dos estados da Guanabara e do Rio de Janeiro, passou a chamar-se Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – ALERJ.

Atualmente possui uma exposição permanente chamada “Palácio Tiradentes: Lugar de Memória do Parlamento Brasileiro”, que retrata o surgimento do espaço como um marco referencial na democracia do país.

A escadaria no Hall de entrada do palácio também merece especial destaque. Nesta escadaria já realizados diversos espetáculos culturais, assim como desfiles de moda.

O Palácio Tiradentes é aberto ao público e oferece uma variedade de atrações, como exposições, conferências, mostras e apresentações culturais, além de um belo jardim, onde é possível relaxar e admirar a vista.

Em frente ao palácio está a Estátua de Tiradentes, e na sua fachada estão diversas outras esculturas que aludem à Independência e a República do Brasil.

Localização e horário de funcionamento do Palácio Tiradentes

Endereço: Rua Primeiro de março, s/n – Praça XV – Rio de Janeiro, Brasil

A entrada no Palácio Tiradentes é gratuita e a visita pode ser feita de terça a domingo, das 10h às 17h. Entretanto para grupos com mais de 15 pessoas é necessário agendar um horário. Contato para mais informações: (21) 2588-1251.  

32 – Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Rio Tour / Divulgação

O Theatro Municipal do Rio de Janeiro é um dos principais pontos turísticos da cidade e um importante marco histórico e cultural para todo o Brasil.

Está localizado na Praça Marechal Floriano, no centro da cidade. Inaugurado em 1909, é uma das mais importantes estruturas arquitetônicas do país, classificada como Patrimônio Histórico e Cultural desde 1972.

Considerado um dos mais belos teatros do mundo, o espaço abriga a Orquestra Sinfônica Brasileira, o Coro Nacional e o Corpo de Baile.

Para mais, este Theatro Municipal foi cenário de produções teatrais, óperas, balés, concertos e eventos de renome nacional e internacional.

É ainda um importante meio de preservação das artes, oferecendo aulas de teatro, dança, música e artes visuais para crianças, jovens e adultos.

Apresenta um interior finamente decorado com mármores, mosaicos, madeiras nobres, tapetes e cortinas de veludo.

Atualmente, o Theatro Municipal oferece visitas guiadas, em que o público pode conhecer o interior do teatro, a história do seu projeto e as obras de arte expostas.

Para além das visitas guiadas, o local também recebe eventos culturais, musicais, artísticos e teatrais.

Confira o programa do Theatro Municipal e assista a um espetáculo durante a sua estadia na “Cidade Maravilhosa”. O preço é de R$ 20,00 por pessoa, com direito a um certificado de participação.

Horário e localização do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Endereço: Praça Floriano, s/n Centro – Rio de Janeiro, Brasil

As visitas geralmente ocorrem de quarta a sábado, às 11h, 13h, 15h e 17h, e incluem uma visita aos bastidores, bem como ao palco e às salas de ensaio.

33 – Museu de Arte do Rio – MAR

Inaugurado em Março de 2013, o Museu de Arte do Rio – Mar promove a indagação de significados da história do Rio de Janeiro, destacando sua diversidade e complexidade.

A estrutura possui cerca de 15 mil metros quadrados, abrigando oito salas de exposições com aproximadamente 2400 metros quadrados que estão divididos em quatro andares.

O projeto arquitetônico do museu ficou a cargo do escritório Bernardes + Jacobsen.

O Museu de Arte do Rio – MAR oferece uma variedade de atividades, como exposições, palestras, oficinas, visitas guiadas, apresentações musicais e outras coisas mais.

Para além disso, o espaço dispõe de uma escola chamada a Escola do Olhar, que oferece cursos e oficinas, palestras e uma série de outros programas educativos. 

Acervo do Museu de Arte do Rio

De acordo com as notas oficiais do museu, o acervo do Museu de Arte do Rio – MAR possui quase 8 mil itens museológicos, mais de 7 mil arquivísticos e cerca de 16 mil bibliográficos, dos quais 1.481 são livros de artistas.

O espaço abriga obras de arte contemporânea, históricas e arte moderna. Um dos destaques da coleção é a obra “São José de Botas” do mestre Aleijadinho, mas também há trabalhos dos modernistas Tarsila do Amaral, Guignard e Pancetti, por exemplo.

Já a parte do acervo etnográfico, aborda temas da Arte Indígena, Afro-Brasileira, Africana, Quilombola, Judaica, Islâmica, Sacra e Arte Pré-Colombiana.

Localização, preço e horário do Museu de Arte do Rio

Endereço: Praça Mauá, Centro, Rio de Janeiro, Brasil

Horário de visitas: Aberto de quinta a domingo, das 10h30 às 17h

Preço: Inteira R$ 20,00 / Meia R$ 10,00

34 – Mural Etnias

Situado na Zona Central do Rio de Janeiro, o Mural Etnias é o maior mural grafitado do mundo, reconhecido pelo Livro Guinness dos Recordes.

A obra de arte, assinada pelo muralista Eduardo Kobra, retrata cinco rostos indígenas representando os cinco continentes.

O estilo da obra é o Graffiti, cuja técnica de pintura foi a aplicação de aerossol, acrílico e esmalte na parede de um antigo armazém.

As imagens são detalhadas e coloridas, e mostram os costumes, as tradições e os símbolos das etnias indígenas.

Visita interessante para aqueles que querem ficar a conhecer um pouco mais sobre a cultura indígena.

Está localizado em frente à Parada dos Navios/Valongo do VLT Carioca, na Orla Conde (bairro da Gamboa), e pode ser visitado gratuitamente pelos turistas e moradores do Rio de Janeiro.

35 – Igreja de São Francisco da Penitência

Integrada ao Convento de Santo Antônio, a Igreja de São Francisco da Penitência remonta ao século XVII, quando o Rio de Janeiro era um importante centro econômico e religioso da colônia portuguesa.

Trata-se de um magnífico templo de arquitetura barroca erguido em honra de São Francisco cuja a construção teve início em 1657. 

A fachada é relativamente simples, mas a quantidade de ouro em seu interior, a riqueza de detalhes e o tamanho fazem com que este seja considerado um dos mais importantes conjuntos da arquitetura colonial brasileira. 

Está localizada no centro da cidade do Rio, mais precisamente no Largo da Carioca. É aberta a visitação de terça a sexta, das 09h às 16h30. Valor do ingresso: R$ 10,00.

36 – Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo

Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo / Divulgação

A Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo, também conhecida como Antiga Sé ou Igreja da Sé, é um templo católico situado no centro da cidade do Rio de Janeiro.

É uma bela construção barroca, erguida pelos colonizadores portugueses entre 1754 e 1770. A obra foi projetada pelo mestre Manuel Alves Setúbal.

Seu interior é ricamente decorado, revestido em madeira nobre habilmente talhada pelos artistas da época. A fachada externa é toda em pedra e possui duas torres sineiras.

Atualmente, a Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo é uma das mais visitadas e procuradas para realização de cerimônias de casamento na cidade, sendo necessário agendar com mais de um ano de antecedência.

Uma vez no Rio, não deixe de conhecer este valioso monumento histórico, mas vá sem pressa. Há muito para apreciar!

Localização da Igreja de Nossa Senhora do Monte do Carmo

Endereço: Rua Primeiro de Março, s/n, Praça XV – Centro, Rio de Janeiro, Brasil

37 – Mosteiro de São Bento

Rio Tour / Divulgação

O Mosteiro de São Bento é uma das construções mais antigas e emblemáticas da cidade do Rio de Janeiro.

Construído pelos portugueses em 1590, é considerado um dos mais importantes mosteiros do Brasil, devido à sua influência na história religiosa e cultural do país.

Além da grandiosa igreja de arquitetura barroca, repleta de talha dourada, lampadários em prata e cerca de oito capelas laterais, encontra aqui um bem preservado conjunto de edificações históricas, como o convento, o claustro, o refeitório e a sala dos capítulos, tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN

Destaque também para as impressionam pinturas no teto que contam a história de São Bento.

Para completar, o complexo monasterial ainda dispõe de uma hospedaria (um dos melhores e mais tradicionais colégio do Rio), faculdade com os cursos de Teologia e Filosofia, bem como de uma livraria, editora e biblioteca.

Localização e horário de funcionamento do Mosteiro de São Bento

Endereço: Rua Dom Gerardo, 68 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20090-030, Brasil

Horário de visitas: Aberto diariamente, das 07h às 18h.

38 – Igreja da Candelária 

Rio Tour / Divulgação

A Igreja da Candelária é um símbolo do esplendor do Brasil Império. A construção desta igreja (tal como a conhecemos hoje), teve lugar entre 1775 e 1898.

Enorme, linda e grandiosa, a Igreja da Candelária é considerada um dos melhores exemplos da arquitetura colonial brasileira.

Apresenta características da arquitetura barroca e neorenascentista, assim como imponentes portas de bronze (trabalho do escultor português Antonio Teixeira Lopes) e nave central e os vitrais desenhados pelo mestre João Zeferino da Costa.

Importa ainda referir que muitas cerimónias acontecem nesta Paróquia, bastante procurada para a realização de casamentos e batizados. Vale a visita para quem tem interesse!

39 – Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro 

Inaugurada em 1976, a Catedral Metropolitana de São Sebastião é um dos expoentes da arte moderna no Brasil, e rompeu com os padrões da arquitetura religiosa tradicional, sendo um dos edifícios mais marcantes do centro do Rio.

O projeto ficou a cargo do Arquiteto Edgar de Oliveira da Fonseca e os jardins foram projetados por Burle Marx.

Esta catedral tem como grande destaque seus vitrais coloridos, com uma série de imagens e símbolos utilizados pelo catolicismo. A entrada é gratuita a todos!

Localização da Catedral Metropolitana de São Sebastião

Endereço: Av. Chile, 245 – Centro do Rio de Janeiro, Brasil

40 – Museu do Amanhã

Museu do Amanhã / Divulgação

O Museu do Amanhã é um museu de ciências interativo, localizado na zona portuária do Rio de Janeiro. Foi criado com o intuito de ensinar as pessoas sobre as questões ambientais, tecnológicas e sociais que afetam o nosso planeta.

Concebido pelo arquiteto Santiago Calatrava, a construção do museu custou cerca de R$ 200 milhões e foi financiada pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Durante a visita, você poderá ver exposições sobre os desafios que enfrentamos como sociedade e aprender a respeito das inovações que estão sendo desenvolvidas para enfrentá-las.

Na exposição principal do museu são abordados cinco grandes temas: Cosmos, Terra, Antropoceno, Amanhãs e Nós.

Cosmos

Trata do ponto de vista que somos feitos da mesma matéria que as estrelas e pretende levantar alguns questionamentos ao visitante, tais como: quais as dimensões da nossa existência? Como chegamos até aqui? Que futuro desejamos?

Terra

Neste espaço há três grandes cubos que representam e investigam as três dimensões da existência: Matéria, Vida e Pensamento.

Antropoceno

Ponto central da experiência da Exposição Principal, aborda o entendimento que a atividade humana se tornou uma força geológica que define o destino da Terra.

O conceito central do Museu do Amanhã é o de uma nova consciência sobre o impacto da humanidade no planeta, assim como o reconhecimento de que a Terra é um sistema único e que somente através de mudanças comportamentais e tecnológicas é possível preservar sua saúde para as gerações futuras.

Amanhãs

O espaço dos Amanhãs enfatiza nos desafios que as grandes tendências globais nos apresentam, num mundo onde cada dia há mais habitantes que vivem e consomem recursos por mais tempo.

Através de conteúdos interativos, o Museu do Amanhã busca estimular o espírito crítico e a consciência dos desafios presentes e futuros, estimulando a reflexão, o diálogo e ações responsáveis para construir um futuro melhor.

Nós

Na última parte do percurso é proposto ao visitante um exercício imaginativo de que o amanhã começa agora com as nossas escolhas e o hoje, é o momento de agir.

Localização e horário de funcionamento do Museu do Amanhã

Horário de visitas: Aberto de terça a domingo, das 10h às 17h. 

Endereço: Praça Mauá, 1 – Centro, Rio de Janeiro, Brasil

41 – Real Gabinete Português de Leitura

Eleito a quarta biblioteca mais bonita do mundo, o Real Gabinete Português de Leitura evidencia traços do estilo neomanuelino, obra iniciada em 1837, com projeto do arquiteto português Rafael da Silva Castro.

Apresenta na fachada principal diversas estátuas de personalidades marcantes da história de Portugal, tais como Pedro Álvares Cabral, Vasco da Gama e Luís de Camões.

Considerado o primeiro gabinete de leitura português fora de Portugal, o edifício é acompanhado por colunas de estilo clássico e um arco de entrada de grandes dimensões.

Seu principal objetivo era reunir e preservar obras-primas da literatura portuguesa para fins de referência e leitura.

Vale mencionar que a biblioteca foi inicialmente financiada por doações da comunidade portuguesa local e do governo português.

O acervo do Real Gabinete é composto por mais de 350.000 volumes, sendo a maior e mais valiosa biblioteca de obras de autores portugueses fora de Portugal.

A coleção inclui diversas obras de literatura e poesia, das quais se destaca uma cópia dos “Príncipes”, da 1ª edição de “Os Lusíadas”, de Camões (1572), narrando a fascinante história de Vasco da Gama indo para a Índia. 

Localização do Real Gabinete Português de Leitura

Endereço: Rua Luís de Camões, 30 – Centro, Rio de Janeiro – Brasil

Horário de visitas: Segunda a Sexta-feira, das 10h às 17h.

42 – Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro (MNBA)

Instalado num belo prédio tombado pelo IPHAN, o Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro (MNBA) é uma das mais importantes instituições culturais do Brasil.

Foi projetado em 1908 pelo arquiteto Adolfo Morales de los Rios, e possui uma coleção de mais de 18.000 obras de arte, compreendendo pinturas, esculturas, desenhos, gravuras, fotografias e outros objetos de grande valor artístico que contam grande parte da história das artes plásticas no país.

Seu acervo é composto por obras de artistas brasileiros e estrangeiros, das épocas barroca, neoclássica, romântica, moderna e contemporânea. 

Entre os artistas brasileiros estão Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Carybé, Iberê Camargo, Manabu Mabe, Frans Krajcberg e Volpi. Os destaques internacionais incluem Monet, Renoir, Pissarro, Degas, Picasso, Dalí e Matisse.

Ótima oportunidade para entrar em contato com uma boa dose de cultura durante a sua estada no Rio. Entradas gratuitas a todos!

Localização e horário de funcionamento

Endereço: Avenida Rio Branco, 199, no Centro do Rio de Janeiro, Brasil

Horário de visitas: Aberto diariamente, das 11h às 17h, exceto aos domingos e feriados.

43 – Praia do Secreto

Localizada no Recreio dos Bandeirantes (bairro nobre da Zona Oeste do Rio de Janeiro), a Praia do Secreto é uma bela piscina natural formada no meio das rochas no mar.

É famosa por deixar os visitantes apaixonados à primeira vista. “Maravilinda”: é este um dos comentários mais frequentes dos turistas, quando visitam o local.

O acesso, porém, não é dos mais fáceis. Para chegar à Praia do Secreto é preciso descer por uma trilha com muito cuidado por entre as rochas do costão.

No entanto, se a descida for feita com cautela dá para lá chegar sem maiores problemas. Se optar por ir de carro, estacione perto no Mirante do Roncador.

Lembrando que o estacionamento é bastante disputado, principalmente aos finais de semana e durante os meses de férias escolares, por isso convém chegar cedo.

Nota

É importante consultar a tábua das marés para aproveitar a Piscina Natural do Secreto no horário da maré baixa.

44 – Pedra do Telégrafo

Rio Tour / Divulgação

A Pedra do Telégrafo fica no Parque Estadual da Pedra Branca, em Barra de Guaratiba, bairro litorâneo da Zona Oeste do Rio de Janeiro (cerca de 1 hora de carro do centro da cidade).

Trata-se de um grande rochedo incrustado num penhasco que oferece uma vista deslumbrante da Baía de Sepetiba e da região metropolitana do Rio de Janeiro.

A pedra, em questão, é a Pedra da Bigorna, que ficou famosa após postagens em redes sociais, onde as pessoas aparecem penduradas dando a impressão que estão na beira de um precipício com um belo cenário ao fundo.

Na verdade, é apenas uma questão do ângulo que é feita a fotografia, mas os resultados são normalmente impressionantes.

O local tem atraído cada vez mais visitantes para a região, inclusive, em vários momentos, há a formação de filas para tirar fotografias.

Além do belo visual, os visitantes podem praticar caminhadas e observação de pássaros e outros animais nativos.

Como ir à Pedra do Telégrafo

Para chegar à Pedra do Telégrafo, os visitantes devem caminhar por uma trilha de cerca de 1,5 km (cerca de 50 minutos).

O percurso é bem sinalizado e oferece uma incrível vista da paisagem ao redor. Passeio indicado para quem gosta de aventura na natureza. Se precisar, contrate um guia credenciado. 

45 – Pôr do sol no Arpoador

Rio de Janeiro

Rio Tour / Divulgação

Arpoador é uma praia e uma formação rochosa localizada entre as praias do Diabo e Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Uma das principais atrações do Arpoador é a reunião que acontece todos os dias para assistir ao entardecer mais bonito da cidade do Rio.

Muitos moradores e turistas reúnem-se na Pedra do Arpoador, que fica na ponta da praia para contemplar o espetáculo do pôr do sol no Morro Dois Irmãos. É um momento especial, com pessoas felizes aplaudindo e tirando fotos enquanto o sol se esconde atrás do morro.

Além disso, a atmosfera é muito agradável e descontraída, com música ao vivo e vendedores ambulantes oferecendo comidas e bebidas típicas.

Uma ótima oportunidade para conhecer pessoas e curtir aquela vibe de férias na praia. Simplesmente uma experiência imperdível para quem visita o Rio de Janeiro!

46 – Parque da Cidade de Niterói

Parque da Cidade de Niterói / Divulgação

O Parque da Cidade de Niterói é uma área de proteção ambiental da cidade de Niterói, no estado do Rio de Janeiro.

Foi inaugurado em 1976 e é considerado um dos maiores e mais bonitos parques da região metropolitana do Rio.

Este parque tem cerca de 150 mil metros quadrados e oferece uma série de atividades e atrações para todas as idades.

Há trilhas para caminhada e ciclismo, parque infantil e áreas de lazer. O local dispõe ainda de um restaurante e um mirante com uma vista deslumbrante da Baía de Guanabara, dos bairros de Niterói, das Lagoas, das praias oceânicas da região e da famosa Ponte Rio-Niterói.

Para além disto, no parque existem duas rampas de decolagem para a prática de voo livre (Asa Delta, Parapente), muito disputadas pelos adeptos deste esporte.

Está aberto de terça a domingo, das 07h às 18h. A entrada é gratuita a todos!

Como ir ao Parque da Cidade de Niterói

O Parque da Cidade de Niterói situa-se na Avenida Roberto Silveira, no bairro de São Domingos, Niterói – RJ.

Pode chegar ao local de Táxi ou Uber. Caso opte por ir de carro próprio, o Google Maps ensina o caminho. Fácil. Há estacionamento gratuito para os visitantes.

47 – Copacabana Palace, A Belmond Hotel

Copacabana Palace, A Belmond Hotel / Divulgação

O Rio de Janeiro guarda preciosidades que merecem ser descobertas e uma delas, sem dúvidas, é o elegante Belmond Copacabana Palace, um hotel histórico como quase um século de existência.

Localizado em frente à famosa Praia de Copacabana, este hotel de 5 estrelas ocupa uma área de onze mil metros quadrados com ambientes românticos decorados em diversos estilos.

É considerado um dos melhores hotéis do Brasil por conta da luxuosa estrutura e serviços exclusivos que oferece.

Além dos quartos aconchegantes com com banheiros em mármore e vistas panorâmicas para o mar, há uma deliciosa piscina ao ar livre, restaurante, bar, SPA, dentre outras comodidades. Boa escolha para casais!

48 – JANEIRO Hotel

JANEIRO Hotel / Divulgação

O JANEIRO Hotel é uma unidade hoteleira de 5 estrelas com vista para o mar. Está localizado no bairro do Leblon, a poucos metros de distância do areal da praia.

Disponibiliza acomodações amplas e confortáveis com um estilo impecável e banheiro privativo.

Há ainda uma piscina ao ar livre, comodidades para fazer chá e café em todos os quartos, acesso Wi-Fi gratuito, restaurante e bar.

Para completar, serve um excelente buffet de café da manhã com diversas opções vegetarianas. Boa aposta para casais!

49 – Fairmont Rio de Janeiro Copacabana

Fairmont Rio de Janeiro Copacabana / Divulgação

Em plena Avenida Atlântica, a poucos metros da Praia de Copacabana, o Fairmont Rio de Janeiro Copacabana é um hotel de 5 estrelas perfeito para uma viagem de lazer ou de negócios.

Hóspedes tecem largos elogios às vistas para o mar, ao excelente café da manhã, às fantásticas piscinas do hotel e às suas acomodações amplas com confortáveis camas king-size e varandas privativas.

Para além disso, o Fairmont conta com um centro de fitness, restaurante, serviços de casamento e várias opções de bem-estar oferecidas pelo SPA Willow Stream. Boa aposta para casais!

50 – Hotel Fasano Rio de Janeiro

Hotel Fasano Rio de Janeiro / Divulgação

A poucos metros de caminhada da praia, o Hotel Fasano Rio de Janeiro é um hotel de 5 estrelas na Zona Sul da cidade, localizado no coração de Ipanema, onde é possível estar perto do mar para uma estadia verdadeiramente inesquecível.

Hóspedes de todas as partes do país e do mundo não hesitam em destacar a alta qualidade das suas instalações, a simpatia do staff, o conforto das luxuosas suites e a vista da fantástica piscina exterior.

Para mais, disponibiliza um spa e um centro de bem-estar, estacionamento e conta com serviço de bar e restaurante, o distinto Gero Rio. Boa escolha para casais e famílias!

51- Emiliano Rio

Emiliano Rio / Divulgação

Soberbo. É assim que hóspedes de todo o mundo avaliam o Emiliano Rio, um luxuoso hotel de 5 estrelas localizado à beira da Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Disponibiliza serviços impecáveis que incluem o Spa, com um diversificado leque de tratamentos de corpo e rosto, a piscina exterior de borda infinita e o restaurante de cozinha contemporânea brasileira, confeccionada com produtos orgânicos.

Para além disso, destacamos sobretudo o conforto e dimensão das exclusivas suites, o atendimento cuidado dos colaboradores, a excelente localização e o café da manhã “de outro mundo”. Ótimo para casais!

52 – Villa Paranaguá Hotel & Spa

Villa Paranaguá Hotel & Spa / Divulgação

Com o conceito de Home Boutique Hotel, o Villa Paranaguá Hotel & Spa é um hotel de 5 estrelas que faz de tudo para que os hóspedes se sintam verdadeiramente em casa, oferecendo um ambiente acolhedor mas igualmente personalizado – com todo os cuidados e mordomias de uma hospedagem de luxo.

A propriedade está localizada no coração do tradicional bairro de Santa Teresa, a uma curta distância da Praia do Flamengo, da Escadaria Selarón e do Museu de Arte Moderna.

O Villa Paranaguá Hotel & Spa conta com quartos confortáveis, piscina ao ar livre, terraço para banhos de sol, restaurante de cozinha internacional, assim como um Spa e centro de bem-estar. Boa aposta para casais!

53 – Vila Santa Teresa

Vila Santa Teresa / Divulgação

Umas férias de sonho memoráveis, num recanto absolutamente privilegiado. É esta a promessa do Vila Santa Teresa, um renomado hotel de 5 estrelas situado na encantadora colina de Santa Teresa, o mais antigo bairro da capital carioca, na Zona Central do Rio de Janeiro.

Como uma vista arrebatadora para o Morro do Pão de Açúcar e para a Baía de Guanabara, este luxuoso hotel de charme fica a apenas 15 minutos das famosas praias de Ipanema e Copacabana.

A propriedade dispõe de elegantes suítes, piscina exterior, SPA, além de um restaurante de inspiração contemporânea. 

Destaque ainda para o delicioso café da manhã servido até às 11h no restaurante ou no deck. Incluso uma seleção de pães e bolos caseiros, frutas tropicais, queijos, sucos naturais, geleias, café, chá e chocolate quente, bem como opções à la carte. Boa aposta para casais!

54 – Réveillon do Rio de Janeiro

Rio Tour / Divulgação

O Réveillon do Rio de Janeiro é um dos eventos mais aguardados do ano e atrai turistas de todo o mundo.

A famosa Praia de Copacabana é o ponto principal da comemoração, onde ocorre a queima de fogos mais famosa do país.

Mas não é só na praia que ocorrem as festas de Réveillon. Existem inúmeras opções de eventos em clubes, hotéis e outros locais na cidade, cada um com sua própria temática e atrações.

Algumas dicas para escolher a festa perfeita são: verificar a localização, pois algumas festas podem ficar longe da sua hospedagem e exigir transporte; conferir a lista de atrações e DJs que vão tocar; e, claro, verificar se o preço cabe no seu orçamento.

Para quem deseja comemorar o Réveillon na Praia de Copacabana, por exemplo, é importante levar em consideração alguns fatores.

Primeiro: o local é muito concorrido, logo convém chegar cedo para garantir um bom lugar.

Além disso, é importante seguir as orientações de segurança e evitar levar objetos de valor, já que o local pode ficar lotado e isso pode aumentar o risco de furtos.

Para se hospedar, existem várias opções de hotéis e pousadas nos bairros de Copacabana e de Ipanema, mas é preciso reservar com bastante antecedência, pois essa é uma época de alta procura. Também é possível optar por alugar um apartamento ou casa pelo Airbnb ou similares.

Em suma, o Réveillon no Rio de Janeiro é uma experiência única e inesquecível, mas é preciso planejamento e atenção à segurança para aproveitar da melhor maneira a comemoração.

Com um pouco de pesquisa e organização, é possível encontrar a festa perfeita e desfrutar de uma noite inesquecível na “Cidade Maravilhosa”.

55 – Carnaval do Rio de Janeiro

como é o carnaval no rio de janeiro

Realizado durante cinco dias consecutivos, entre os meses de Fevereiro ou Março, o Carnaval do Rio de Janeiro é um dos mais famosos e tradicionais carnavais do mundo.

É conhecido por suas grandiosas Escolas de Samba, desfiles coloridos e alegres, além de blocos carnavalescos que percorrem alguns bairros da cidade.

Atraindo milhares de pessoas de todas as partes do planeta, o Carnaval do Rio de Janeiro é considerado um evento cultural e turístico muito importante para a cidade e o país.

Sambódromo da Marquês de Sapucaí

O Sambódromo da Marquês de Sapucaí é um local especialmente construído para os desfiles das Escolas de Samba do Rio, que são as principais protagonistas do carnaval, onde cada uma delas desenvolve um tema específico para o seu desfile.

Blocos de Carnaval de Rua

Os blocos de carnaval são grupos de pessoas que se reúnem nas ruas da cidade para se divertir e participar do carnaval.

Esses conjuntos de pessoas geralmente seguem uma banda ou trios elétricos, que tocam músicas animadas enquanto os participantes dançam e cantam pelas ruas da cidade do Rio.

Entre os blocos carnavalescos mais famosos destacam-se a Banda de Ipanema, o Cordão do Bola Preta, a Simpatia É Quase Amor e o Sargento Pimenta.

Onde curtir o Carnaval de Rua do Rio de Janeiro

Os melhores bairros para se curtir o Carnaval de Rua são os bairros da Zona Sul da cidade do Rio, como Copacabana e Ipanema. Entretanto, a festa não se limita a esta zona, espalhando-se por toda a capital carioca. Fique atento à programação. 

+ Dicas de locais a visitar

Agora que você já sabe o que fazer no Rio de Janeiro, aproveite e descubra outros incríveis destinos turísticos no Estado do Rio de Janeiro.

+ Melhores praias de Arraial do Cabo

+ O que fazer em Búzios em 3 dias

+ Angra dos Reis ou Búzios

+ Melhores praias de Paraty

+ Melhores praias de Angra dos Reis

+ Roteiro de 3 dias em Paraty

+ Quanto custa uma viagem para Cabo Frio

+ Hotéis românticos em Búzios

+ O que fazer em Cabo Frio

Ficamos super felizes em ajudar no planejamento da sua viagem. Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e informações. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo (a) ao blog!

Procurando Hotel? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui !

*Gostou do roteiro sobre o que fazer no Rio de Janeiro? Salve o post nos favoritos e compartilhe com os amigos!

Tags:

Você também vai gostar