Escreva para pesquisar

DESTINOS NACIONAIS Minas Gerais

O que fazer em Diamantina – MG

Compartilhar

Minas Gerais: O que fazer em Diamantina e arredores

Terra de Vesperatas e Serenatas, Diamantina foi uma das primeiras cidades brasileiras tombadas como monumento histórico pelo Iphan. Se está à procura de dicas sobre o que fazer em Diamantina em 1, 2 ou 3 dias, vai certamente adorar este roteiro de viagem, onde listamos as melhores atrações que visitamos durante a nossa estadia na cidade e região. Role a página e prepare-se para descobrir belas construções históricas, museus, além de magníficas cachoeiras e piscinas naturais em meio à vegetação típica do cerrado mineiro.

Cachoeiras em Diamantina

Curiosidades sobre Diamantina – MG

o que fazer em Diamantina Minas Gerais dicas viagem passeios

Casarões de arquitetura fascinante, lembram claramente as mais belas vilas de Portugal

A construção do município começou em 1702, na época conhecido como Arraial do Tijuco. Mais tarde, a cidade passou a chamar-se Diamantina, por causa do grande volume de diamantes, que foram extraídos na região durante o período colonial brasileiro – maior lavra do mundo ocidental no século XVIII.

Importa referir que Diamantina preserva até hoje suas tradições, sabores, vegetação nativa e um belíssimo Centro Histórico Colonial, Patrimônio português no Mundo.

Em 1999, a cidade foi Tombada pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade. 

Atualmente, é uma das cidades históricas mais visitadas de Minas Gerais, recebendo cerca de 3 milhões de turistas por ano.

Para quem não sabe, Diamantina faz parte da maior rota turística do Brasil – a Estrada Real. Além disso, esta cidade é uma excelente base para explorar as cachoeiras e trilhas do Parque Estadual do Biribiri (PEBI) e também fazer passeios bate-volta até às cidades de Serro, Milho Verde e Conselheiro Mata.

A Estrada Real

O percurso da Estrada Real foi aberto oficialmente pela Coroa Portuguesa, na época do Brasil Colônia.

O caminho percorre mais de 190 cidades, pequenos vilarejos, serras, rios, pontes e montanhas. São mais de 1.600 quilômetros de estrada, até chegar ao porto de Paraty, no Estado do Rio de Janeiro.

No século XVIII, todo o percurso era feito a pé, a cavalo, em liteiras ou charretes. O rei de Portugal mandou construir a Estrada Real, com a finalidade de controlar a entrada e a saída das mercadorias.  Ou seja, controlar o escoamento do ouro e diamantes que eram extraídos das terras de Minas Gerais.

A Estrada Real exerceu um importantíssimo papel no desenvolvimento cultural, político e socioeconômico do Brasil.

Onde fica Diamantina

o que fazer em Diamantina Minas Gerais cidade histórica cachoeiras dicas viagem pontos turísticos

Conhecida como a cidade natal de Juscelino Kubitschek (Presidente do Brasil entre 1956 e 1961), Diamantina está localizada na Serra do Espinhaço, em pleno Vale do Jequitinhonha, no Nordeste do Estado de Minas Gerais, a cerca de 290 km da capital Belo Horizonte. 

A cidade possui um dos mais belos e importantes acervos arquitetônicos do período Colonial Barroco e do período Imperial brasileiro.

Melhor época para visitar Diamantina

Cachoeiras em Diamantina

Veja a seguir qual a melhor época para visitar Diamantina – MG:

Outono e inverno em Diamantina

Diamantina pode ser visitada ao longo de todo o ano, contudo para quem quer aproveitar os melhores eventos da cidade e os parques ao ar livre, acreditamos que a melhor época é no outono, ou no inverno, entre os meses de abril e setembro, quando o clima na região é mais seco e há pouca ocorrência de chuva.

Durante a temporada seca ocorre o mais tradicional evento de Diamantina, a Vesperata, atraindo milhares de turistas à cidade, entre os meses de abril e outubro. Vale a pena!

Primavera e verão em Diamantina

A estação das chuvas, ou estação chuvosa, ocorre nos meses da primavera – verão, no entanto, as temperaturas na região são mais altas – ótima pedida para banhos de cachoeira! 

Como se locomover em Diamantina

o que fazer em Diamantina Minas Gerais viagem dicas passeios pontos turísticos

Para visitar os principais atrativos do centro da cidade, como praças, museus e igrejas, por exemplo, não é necessário carro ou outro tipo de transporte. As atrações do Centro Histórico de Diamantina podem ser feitas a pé. Contudo, evite calçado de salto, já que as pedras e os paralelepípedos das ruas, podem atrapalhar sua caminhada – um tênis confortável é sempre a melhor opção. Fica a dica!

O que fazer em Diamantina – Minas Gerais: Melhores pontos turísticos a visitar

Cachoeiras em Diamantina

Diamantina, a Norte de Belo Horizonte, convida os visitantes a dias de passeio e descanso. A cidade é encantadora, e as atrações culturais estão concentradas no Centro Histórico.

Para completar, a região possui uma natureza deslumbrante, repleta de belas cachoeiras e trilhas mágicas, que destacam a beleza natural de Minas Gerais e do Brasil. Venha daí conosco descobrir os locais imperdíveis para visitar em Diamantina – MG. Você vai gostar!

1 – Museu do Diamante

o que fazer em Diamantina Minas Gerais cachoeiras cidade históricao que fazer em Diamantina Minas Gerais Pontos turísticos cidades históricas

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos cachoeiras cidade histórica

O Museu do Diamante, instalado num belo edifício do século XVIII, está entre os principais Núcleos Museológicos da cidade de Diamantina.

É um espaço dedicado à memória do período áureo do ciclo do ouro e das pedras preciosas na região de Diamantina.

O museu existe desde 1954 e conta com um belo acervo de arte sacra, objetos de época e mobiliário, fotografias históricas do povo de Diamantina, além de uma liteira do século XIX que pertenceu a Dom João Antônio dos Santos, primeiro bispo da cidade.

Vale a pena a visita para quem tem interesse. Entrada gratuita a todos!

Localização e horário de  funcionamento do museu

Endereço: Rua Direita, 14 (Centro Histórico)

Horário para visitantes: Das 12h às 17h30, de terça-feira a sábado; domingos, das 9h às12h. 

+ Saiba também: o que fazer em Mariana

2 – Igreja Nossa Senhora do Carmo

Igreja Nossa Senhora do Carmo – Diamantina – MG

A Igreja Nossa Senhora do Carmo é uma das obras primas da arquitetura mineira. A construção data da segunda metade do século XVIII e foi financiada pelo contratador de diamantes João Fernandes de Oliveira, companheiro de Chica da Silva; a igreja fica a apenas 50 metros de sua casa.

Um dos destaques desta igreja é o belíssimo órgão de tubo, protagonista de vários concertos e ciclos musicais.

Atenção especial à torre sineira invertida que terá sido assim construída a pedido de Chica da Silva. Vale a pena conhecer quando visitar Diamantina.

Localização e horário de funcionamento

Endereço: Rua do Carmo (Centro Histórico), Diamantina – MG

Horário para visitantes: de terça a sexta, das 14h às 17h; e ao sábado, das 9h às 12h e das 14h ás 17h.

3 – Casa da Glória

o que fazer em Diamantina Minas Gerais dicas viagem pontos turísticos

O Instituto Casa da Glória é um dos cartões de visita de Diamantina. Trata-se de uma construção dos séculos XVIII e XIX formada por dois belos edifícios em estilo colonial, ambos interligados por um curioso passadiço de madeira.

Para além do famoso passadiço, o interior da casa dispõe de algumas salas decoradas com mobiliário da época, obras de arte sacra, peças ligadas ao estudo da geociência, fotos antigas, dentre outros objetos decorativos.

Atualmente, a Casa da Glória acolhe o Instituto de Geociências da UFMG. Durante a visita, não deixe de assistir ao vídeo que conta a história da casa.

Localização e horário de funcionamento

Endereço: Rua da Glória, 298 (Centro Histórico), Diamantina – MG

Horário para visitantes: de terça a domingo, das 8h às12h e das 14h às18h

Preço de entrada: R$ 2,00

+ Verifique também: onde ficar em Ouro Preto

4 – Casa de Chica da Silva

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos cachoeira Casa Chica da Silva

o que fazer em Diamantina Minas Gerais Casa Chica da Silva pontos turísticos cidade histórica

Pátio da Chica – Diamantina, Minas Gerais, Brasil

Um dos pontos turísticos mais emblemáticos da cidade é a Casa de Chica da Silva, erguida pelo contratador português João Fernandes de Oliveira, uma das pessoas mais ricas à época no Arraial do Tijuco, atual Diamantina.

Está localizada na Praça Lobo de Mesquita, mesmo em frente à Igreja Nossa Senhora do Carmo.

No local viveu João Fernandes de Oliveira, em companhia da hoje lendária Chica da Silva, provavelmente entre os anos de 1763 e 1771.

O casarão de estilo colonial data de meados do século XVIII e apresenta cômodos amplos, jardim e quintal com árvores frutíferas, além de belas sacadas em madeira e janelas de treliça.

A visita ao local requer agendamento prévio e geralmente é acompanhada por um guia que explica detalhadamente a história de Chica da Silva e de João Fernandes de Oliveira, o contratador de diamantes (responsável pela exploração da pedra preciosa na região de Diamantina).

O edifício já passou por vários restauros e atualmente funciona como sede do IPHAN.

Localização da Casa de Chica da Silva e horário de visitas

Endereço: Praça Lobo de Mesquita, nº 266 (Centro Histórico), Diamantina – MG

Horário para visitantes: de terça a sábado, das 12h às 17h30 e domingo, das 9h às 12h.  A visita requer agendamento prévio, como já referido no tópico acima. Entrada gratuita.

Contatos para agendar a visita à Casa de Chica da Silva: + 55 (38) 3531-1382 / + 55 38 3531-2491

5 – Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos

o que fazer em Diamantina Minas Gerais cidade histórica pontos turísticos igrejas coloniais

A Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos é um templo católico erguido no século XVIII.

Está localizada no Largo do Rosário, mesmo em frente ao Chafariz do Rosário e à lendária Gameleira do Milagre.

É parte do Centro Histórico de Diamantina, declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Localização e horário de funcionamento

Endereço: Largo do Rosário (Centro Histórico), Diamantina – MG

Horário para visitantes: Não há horários fixos para visitação. Logo para ter a certeza de que pode ver o interior da igreja, a dica é ir no horário da missa.

6 – Casa Juscelino Kubitschek

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos

É a casa onde o ex-presidente do Brasil Juscelino Kubitschek morou com sua família durante a infância e adolescência em Diamantina.

Atualmente acolhe um pequeno museu, que se tornou atrativo turístico na cidade. Construída no século XVIII, a casa encontra-se bem conservada e reúne itens pessoais da família de JK: há móveis, roupas, recortes de jornal e uma réplica do último consultório onde ele atendeu como médico.

No local, vai também encontrar uma loja com diversos produtos típicos da região, onde pode fazer uma degustação quando terminar a visita.

A Casa Juscelino Kubitschek situa-se numa das principais artérias da cidade histórica, e a entrada para visitar o museu custa cerca de R$ 10,00.

Localização da Casa de Juscelino Kubitschek e horário de funcionamento

Endereço: Rua São Francisco, 241, Centro Histórico, Diamantina – MG

Horário para visitantes: De terça a sábado, das 8h às 17h e domingo, das 8h às 13h

+ Veja também: roteiro de Ouro Preto e Tiradentes

7 – Catedral Metropolitana de Santo Antônio da Sé

Um dos cartões-postais da cidade, a imponente Catedral Metropolitana de Santo Antônio da Sé merece uma visita durante a sua estada em Diamantina.

As obras da Catedral começaram em 1932, no local onde ficava a Igreja Colonial de Santo Antônio do Tijuco (século XVIII), que foi praticamente demolida, conservando apenas dois retábulos em talha barroca e algumas peças avulsas.

A Catedral Metropolitana situa-se em pleno coração do Centro Histórico, a escassos metros do Museu do Diamante e da Rua da Quitanda. Entrada gratuita!

Localização da Catedral Metropolitana de Diamantina e horário de funcionamento

Endereço: Rua Direita, 50 (Centro Histórico) Diamantina, MG, 39100-000, Brasil

Horário para visitantes: A igreja encontra-se aberta para visitação durante todo o dia. 

8 – Rua da Quitanda

o que fazer em Diamantina Minas Gerias cachoeiras cidades históricas pontos turísticos

Diversos casarões coloniais e esplanadas ao ar livre dão um charme especial a uma das ruas mais bonitas de Diamantina, a Rua da Quitanda.

Repleta de bares, restaurantes e lojas de artesanato local, a Rua da Quitanda é certamente o ponto mais badalado da cidade, principalmente à noite e durante os concertos da Vesperata.

Além disso, é um dos melhores lugares em Diamantina para tirar fotos com os sobrados coloniais como pano de fundo.

A poucos metros da Rua da Quitanda também se encontra a Catedral Metropolitana e o Mercado Municipal.

9 – Mercado Velho ou Mercado Municipal

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos cidade histórica

Mercado Velho / Antigo Mercado dos Tropeiros – Diamantina, Minas Gerais

Em meados do século XIX, o local servia de ponto de encontro dos tropeiros para venda e troca de mercadorias vindas de outras regiões do Estado de Minas Gerais.

Hoje, o Mercado Municipal (antigo Mercado dos Tropeiros) é um importante atrativo turístico e histórico de Diamantina.

O mercado recebe todos os sábados pela manhã a tradicional feira da cidade.

Sexta à noite geralmente oferece música ao vivo, muita animação e há comidas (e bebidas) típicas da região. A não perder!

Localização do Mercado Municipal

Endereço: Praça Barão do Guaicuí, 171 (Centro Histórico), Diamantina – Minas Gerais

10 – Igreja de São Francisco de Assis

Diamantina é sinônimo de belas construções coloniais. Nesta encantadora cidade mineira, há uma pluralidade de igrejas que se destacam por sua beleza arquitetônica, importância histórica e relevância artística.

Construída em 1762, a Igreja de São Francisco de Assis está entre os mais belos monumentos religiosos da cidade.

No interior da igreja, sobressai o altar-mor revestido a talha dourada e as pinturas de José Soares de Araújo e Silvestre de Almeida Lopes, dois grandes nomes da arte sacra mineira.

Importa ainda mencionar que Chica da Silva, uma das mulheres negras mais famosas da história do Brasil (falecida em 1796), foi sepultada na Igreja de São Francisco de Assis. 

Localização e horário de funcionamento

Endereço: Rua São Francisco, Centro Histórico, Diamantina – Minas Gerais

Horário para visitantes: De segunda a sábado, das 08h às 12h; e das 14h às 17h

11 – O Garimpeiro Restaurante

O Garimpo é um dos melhores restaurantes para comer bem em Diamantina.

Inserido dentro da famosa Pousada do Garimpo, oferece pratos da cozinha típica mineira, bem preparados e em fartas porções.

Há linguiça flambada na cachaça, bolinho de arroz com queijo, tutu à mineira, feijão tropeiro, galinha caipira ao molho pardo com angu, dentre outras iguarias regionais.

O ambiente é acolhedor, a comida reconfortante e os preços são honestos. Recomendamos a todos de olhos fechados!

Endereço e horário de funcionamento do Restaurante O Garimpo

Av. da Saudade, 265 – B – Centro, Diamantina – MG, 39100-000, Brasil

Horário: De terça-feira à sexta, das 18h às 22h; Sábado, das 15h às 22h. Encerrado aos domingos e segundas-feiras. 

12 – Relicário Gastronomia

Próximo ao Mercado Velho de Diamantina, o Relicário Gastronomia serve pratos da cozinha brasileira moderna, com ingredientes frescos e da estação.

No cardápio, bolinhos crocantes de feijoada com couve, bacon e alho, tilápia grelhada ao molho de alcaparras, risoto de linguiça, steaks de filé mignon, quiabos amanteigados, petit gateau de chocolate com morangos e outras delícias de dar água na boca.

Além da comida bem elaborada, destacamos o serviço personalizado e ótimo atendimento que deixa o cliente sentir-se em casa. 

Endereço e contato do Relicário Gastronomia

Rua Joaquim gomes da Costa, 59 (Centro Histórico), Diamantina, MG

Contato para reservas: + 55 38 3531-4294

13 – Vesperata em Diamantina

o que fazer em Diamantina Vesperata cidade histórica dicas viagem pontos turísticos

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos vesperata

Reconhecida como Patrimônio Cultural de Minas Gerais, a famosa Vesperata é uma espécie de concerto ao ar livre, onde nas sacadas dos antigos casarões tocam os músicos que são regidos por maestros que ficam no meio do largo, ao lado dos demais espectadores.

O repertório é bastante eclético, passando pela música popular brasileira até clássicos da música internacional. São cerca de duas horas de boa música e muita diversão para locais e turistas de todas as idades.

*Dicas

Vale lembrar que a Vesperata é bastante disputada, então convém chegar cedo para garantir um lugar confortável.

O evento ocorre anualmente na Rua da Quitanda (Centro Histórico de Diamantina), e os concertos noturnos acontecem ao ar livre duas vezes por mês e ao fim de semana, de abril a outubro.

Fique atento à programação da Vesperata em Diamantina, no site oficial.

Lugares para conhecer perto (arredores) de Diamantina

A seguir listamos lugares que estão perto do centro de Diamantina, e podem ser facilmente visitados de carro, em um dia, num passeio bate e volta. 

Confira abaixo os locais a visitar e planeje seu roteiro sem medo de ser feliz!

14 – Garimpo Real de Diamantina

Garimpo Diamantina MG pontos turísticos o que fazer passeios dicas turismo viagem

O Garimpo Real tem mais de 300 anos e faz parte de história de Diamantina e do Brasil. É um passeio absolutamente imperdível para quem gosta de natureza ou dos minerais.

Durante a visita guiada, você vai conhecer o trabalho e o dia a dia de um garimpeiro, em plenas montanhas da Serra do Espinhaço.

O passeio dura aproximadamente 3 horas e o guia Belmiro (mestre do garimpo) explica, passo a passo, as técnicas de extração artesanal de ouro, diamantes, dentre outros tipos de minérios.

No local, há também trilhas ecológicas em meio à mata nativa, mostrando a preservação da fauna selvagem e dos seus habitats.

Sem dúvida, uma experiência inédita que vale a pena ser vivida por todos!

Localização do Garimpo Real e contato 

O Garimpo Real fica numa área privilegiada, a apenas 9 km do centro de Diamantina. Contato do guia: + 55 (38) 3531-1557. Requer agendamento prévio. 

15 – Vila do Biribiri

Localizada no Parque Estadual do Biribiri, a Vila do Biribiri é um pequeno povoado rural do século XIX.

Apresenta um singular conjunto arquitetônico e paisagístico, cercado pela magnífica Serra do Espinhaço.

No final do século XIX, a Vila do Biribiri foi uma grande fábrica da indústria têxtil na região. Hoje, é um agradável ponto turístico para casais, amigos e famílias com crianças.

Além da natureza e do casario conservado, no local, há uma aconchegante cafeteria e dois restaurantes onde se pode degustar comida típica mineira feita no fogão a lenha, e servida debaixo da sombra das árvores, com o cenário da vila como pano de fundo. 

Vale ainda referir que no mesmo parque, perto da Vila do Biribiri, ficam as famosas cachoeiras da Sentinela e dos Cristais. Assim sendo, a dica é tomar um banho relaxante em ambas as cachoeiras e a seguir aproveitar para almoçar ou lanchar na Vila do Biribiri – um belo programa para fazer durante um dia inteiro na região de Diamantina. 

16 – Cachoeira dos Cristais

Cachoeiras em Diamantina

A Cachoeira dos Cristais é uma das pérolas do Parque Estadual do Biribiri, na porção central da Serra do Espinhaço, território que foi reconhecido pela UNESCO como Reserva Mundial da Biosfera.

Espere encontrar um conjunto de belas lagoas formadas por rochas, ligadas entre si por pequenas quedas-d’água que alegram os visitantes.

A cachoeira não tem apoios, logo convém levar água e alguma comida para passar o dia com mais conforto. Leve também calçado adequado para trekking, chapéu, protetor solar e repelente.

Como ir à Cachoeira dos Cristais

Partindo de Diamantina são apenas 15 km até ao Parque Estadual do Biribiri, local onde se encontra a Cachoeira dos Cristais.

A queda-d’água não é acessível de carro, mas a trilha para lá chegar é de fácil acesso (500 metros). O caminho não tem nada que enganar, basta seguir as placas dentro do parque. Peça ajuda ao GPS do Google Maps.

17 – Cachoeira da Sentinela

Cachoeiras em Diamantina

A  Cachoeira da Sentinela é um local belíssimo para um bom dia passado a dois, com amigos ou em família.

Está localizada no Parque Estadual do Biribiri, a uma curta distância da Cachoeira dos Cristais e da Vila do Biribiri.

O lugar possui vários ambientes com piscinas naturais e suas águas cristalinas são relativamente mornas, quando comparadas com outras cachoeiras. Não tem apoios!

Com chegar à Cachoeira da Sentinela

A Cachoeira da Sentinela fica a apenas 7 quilômetros da portaria do Parque Estadual do Biribiri.

Chega-se ao local facilmente de carro. Conta com placas indicando o caminho e há estacionamento gratuito nas imediações. Trilha classificada como fácil (20 metros). 

18 – Cachoeira das Fadas

Cachoeiras em Diamantina

A Cachoeira das Fadas tem uma paisagem envolvente deslumbrante – cenário perfeito para relaxar a dois e para uma boa sessão de fotos!

Suas águas cristalinas despencam a mais de 25 metros de altura, numa serena lagoa cercada de densa vegetação intocada.

Além dos banhos de cachoeira, o local é propício a atividades de aventura como rapel e tirolesa. É esta a recompensa para quem atravessa a trilha íngreme até chegar à Cachoeira das Fadas, um dos lugares mais bonitos do distrito de Diamantina.

Local não recomendável para crianças, idosos ou pessoas com mobilidade reduzida. Não tem apoios!

Como ir à Cachoeira das Fadas

Saindo do centro de Diamantina dirija até Conselheiro Mata (50 km). Chegando na cidade estacione o carro perto da trilha que dá acesso à cachoeira, mesmo em frente à Escola de Conselheiro Mata ou passando pelo Nasfadas Eco Chalés.

Distância do percurso: 1,5 km de extensão. Duração do trajeto a pé: 20 minutos. Dificuldade técnica da trilha: Moderada/Difícil.

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

Roteiro de 1 dia em Diamantina: O que fazer

Se fará um bate-volta e tem apenas um roteiro de 1 dia em Diamantina, terá que escolher com cautela o que conhecer por lá.

A nossa sugestão é reservar, pelo menos, a parte da manhã para conhecer as principais atrações da cidade: Museu do Diamante, Casa de Chica da Silva, Rua da Quitanda, Casa Juscelino Kubitschek, Catedral Metropolitana de Santo Antônio da Sé e a Casa da Glória.

No período da tarde, aproveite para explorar os melhores locais do Parque Estadual do Biribiri, como a Cachoeira dos Cristais, a Cachoeira da Sentinela e a Vila do Biribiri.

Diamantina – Onde ficar a dormir

Se precisa de reservar hotel em Diamantina, encontrará neste roteiro algumas opções de hospedagem com excelente custo benefício.

A seguir sugerimos as melhores hospedagens para dormir na cidade, com acesso fácil às atrações históricas, restaurantes, cafés e lojas de comércio local.

*Nota Importante

Os hotéis em Diamantina costumam ficar completamente cheios durante o tradicional evento da Vesperata, que ocorre ao fim de semana, entre abril e outubro, como já dito num dos tópicos acima.

Então, caso você pretenda visitar Diamantina durante o evento, não se esqueça de reservar seu quarto com antecedência para garantir o pernoite na cidade.

Pouso da Chica

Cachoeiras em Diamantina

Diamantina – Minas Gerais: Pouso da Chica / Divulgação

Em pleno Centro Histórico, trata-se de um alojamento ideal para quem procura conforto e tranquilidade, a dois passos dos principais atrativos de Diamantina.

O Pouso da Chica está inserido num casarão centenário totalmente restaurado. Disponibiliza chalés confortáveis, com cama king size, banheiro privativo e Wi-Fi gratuito.

Há ainda café da manhã, em estilo de buffet, com opções de pão de queijo mineiro, tapioca, bolo de chocolate e frutas tropicais.

O Pouso da Chica tem uma taxa de ocupação alta, por isso convém reservar com antecedência. Boa aposta para casais!

Pousada do Garimpo

Onde ficar em Diamantina - Onde se hospedar em Diamantina - Melhores hotéis em Diamantina - Hotéis e Pousadas em Diamantina - Hospedagens em Diamantina

Diamantina – Minas Gerais: Pousada do Garimpo / Divulgação

Localizada a 800 metros do centro da cidade, a Pousada do Garimpo faz parte da lista dos melhores hotéis para se hospedar em Diamantina.

Tem decoração regional, vista panorâmica da cidade e da montanha, restaurante típico, WiFi gratuito;- e para curtir ao ar livre, uma agradável piscina está disponível a todos os hóspedes.

A Pousada do Garimpo tem uma taxa de ocupação alta, por isso convém reservar com antecedência. Excelente escolha para casais e famílias com crianças! 

Hotel Estilo de Minas

Diamantina – Minas Gerais: Hotel Estilo de Minas / Divulgação

É a mais nova hospedagem de Diamantina. O Hotel Estilo de Minas dispõe de uma decoração básica, sendo uma boa opção para os hóspedes que não exigem grandes luxos.

A propriedade está localizada na 2,5 km (5 minutos de carro) do Centro Histórico da cidade.

Nos dias de maior calor, o terraço e a piscina proporciona bons momentos ao ar livre.

Para completar, há Wi-Fi gratuito, estacionamento privado e buffet de café da manhã incluso no valor da diária. Boa aposta para casais e famílias! 

Pousada Vila do Imperador

Diamantina – Minas Gerais: Pousada Vila do Imperador / Divulgação

O ambiente aconchegante e familiar faz os hóspedes se sentirem em casa. A Pousada Vila do Imperador é uma simpática hospedagem no centro de Diamantina, com uma ótima relação qualidade-preço.

Os quartos da propriedade são simples, mas bastante acolhedores.

Os hóspedes desta pousada destacam principalmente o café da manhã de qualidade, a localização e a simpatia do staff.

A Pousada Vila do Imperador tem uma taxa de ocupação alta, por isso convém reservar com antecedência. Excelente escolha para casais!

+ Dicas de lugares para conhecer em Minas Gerais

Agora que você já sabe o que fazer em Diamantina, aproveite e descubra outros belos lugares para conhecer em Minas Gerais. 

+ O que fazer em Tiradentes

+ Cidades históricas mais bonitas de Minas Gerais

+ O que fazer em Ouro Preto

+ Onde ficar em Tiradentes 

+ O que fazer em São João del Rei

+ Cachoeiras em Diamantina

+ Roteiro Ouro Preto e Tiradentes 

Ficamos super felizes em ajudar do planejamento da sua viagem. Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e sugestões. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo (a) ao blog!

Procurando Hotel? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui 

 *Gostou do post sobre o que fazer em Diamantina – Minas Gerais? Compartilhe com seus amigos!

Tags:

Você também vai gostar