Escreva para pesquisar

Compartilhar

Minas Gerais: dicas sobre o que fazer em Diamantina

Foi do brilho de uma pequena pedra preciosa que nasceu Diamantina. Quando ainda no século XVIII, os bandeirantes chegaram e fizeram as primeiras lavras, no córrego do antigo Arraial do Tijuco. Reza a lenda, que a luz que aparecia nas águas dos rios Jequitinhonha e São Francisco, brilhava tanto, que acabou chamando a atenção dos desbravadores. Eles estavam à procura de ouro na região, mas acabaram por encontrar diamantes. Para ajudar o seu passeio, elaboramos uma lista com os melhores pontos turísticos. Veja o nosso roteiro com dicas sobre o que fazer em Diamantina, melhor época para visitar a cidade, onde ficar e comer bem. Garantimos, você vai gostar!

Curiosidades

A construção do município começou em 1702, na época conhecido como Arraial do Tijuco. Mais tarde, passou a chamar-se Diamantina, devido ao grande volume de diamantes, que foram extraídos na região – maior lavra do mundo ocidental, no século XVIII.

O lugar ainda preserva suas tradições, sabores e mata nativa exuberante. Por isso, em 1999, a cidade foi tombada pela UNESCO como patrimônio cultural da humanidade. 

Atualmente, é uma das principais cidades históricas de Minas Gerais, com um belíssimo centro histórico bem preservado, recebendo mais de 3 milhões de turistas por ano.

O destino faz parte da maior rota turística do Brasil – a Estrada Real. Além disso, Diamantina é uma excelente base para explorar as melhores cachoeiras e trilhas do Parque do Biribiri, e também fazer um passeio bate-volta até as cidades do Serro e Milho Verde. 

A Estrada Real

O percurso da Estrada Real foi aberto oficialmente pela Coroa Portuguesa, na época do Brasil Colônia. O caminho percorre mais de 190 cidades, pequenos vilarejos, serras, rios, pontes e montanhas. São mais de 1.600 km, até chegar ao porto do Rio de Janeiro.

No século XVIII, todo o percurso era feito a pé, a cavalo, em liteiras ou charretes. O Rei de Portugal mandou construir a Estrada Real, com a finalidade de controlar a entrada e a saída das mercadorias. 

Ou seja, controlar o escoamento dos diamantes e do ouro, que eram extraídos das terras de Minas Gerais. A Estrada Real exerceu um importantíssimo papel no desenvolvimento cultural, político e socioeconômico do Brasil. Veja abaixo os hotéis bem localizados para dormir em Diamantina.

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

Hotéis bem localizados em Diamantina

Em Diamantina ficamos hospedados no Pouso da Chica, uma pousada colonial charmosa e bem decorada. A localização é ótima, fica próxima aos pontos turísticos e a 100 metros do centro histórico. Os quartos dos chalés são confortáveis e arejados. Café da manhã gostoso: com frutas, sucos, pão de queijo quentinho, biscoitos e bolos frescos. Saiba mais sobre o Pouso da Chica aqui!

Para além do Pousa da Chica, os outros hotéis que se destacam são: Pousada do Garimpo, Pousada Vale do Garimpeiro, Hotel Jardim do Vale e ainda mais em conta o Hostel Pico do Itambé.

Atenção: a cidade de Diamantina é carente de hotéis. Por isso, se pretende visitar o destino, clique nos links acima e garanta o seu quarto com antecedência.

E o que mais?

Conhecida como a cidade natal de Juscelino Kubitschek e Chica da Silva. Este belo destino, cercado pela linda e magnífica Serra dos Cristais, fica no nordeste do Estado de Minas Gerais, a cerca de 290 km ao norte de Belo Horizonte.

o que fazer em Diamantina Minas Gerais cidade histórica cachoeiras dicas viagem pontos turísticos

Melhor época para visitar Diamantina 

A melhor época para visitar a cidade, é de abril a outubro. O período das chuvas, ocorre de novembro a março. Diamantina, é conhecida pelas noites de Serestas e Vesperatas, e um destino muito procurado para curtir o Carnaval.

o que fazer em Diamantina Minas Gerias cachoeiras cidade histórica pontos turísticos Brasil

Dicas

Para fazer o tour aos principais pontos de interesse do centro antigo, não é necessário carro ou outro tipo de transporte. Muito pelo contrário, a cidade é pequena e de fácil acesso.

Contudo, evite calçado de salto, já que as pedras e os paralelepípedos das ruas, podem atrapalhar sua caminhada – um tênis confortável é sempre a melhor opção. Veja abaixo o nosso roteiro de viagem com o que fazer em Diamantina em 2 ou 3 dias. 

o que fazer em Diamantina Minas Gerais viagem dicas passeios pontos turísticos

O que fazer em Diamantina 

Visita ao Museu do Diamante

o que fazer em Diamantina Minas Gerais cachoeiras cidade histórica

Museu do Diamante

o que fazer em Diamantina Minas Gerais Pontos turísticos cidades históricas

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos cachoeiras cidade histórica

A antiga residência do Padre Rolim, hoje funciona como Museu do Diamante. O acervo é composto por mais de 1700 objetos antigos, dos séculos XVIII e XIX. Quer conhecer o passado e toda a história da cidade de Diamantina? Então, não deixe de visitar o Museu. O edifício fica localizado em pleno centro histórico do antigo Arraial do Tejuco. Entrada é gratuita!

o que fazer em Diamantina Minas Gerais cidade histórica pontos turísticos


Endereço: Rua Direita, 14 (Centro Histórico)

Horário para visitação: 12h-17h30, de terça-feira a sábado; 9h-12h, aos domingos.

+ Saiba também: o que fazer em Mariana

Igreja N. S. do Carmo

Uma das obras primas da arquitetura mineira em Diamantina, é a Igreja N. S. do Carmo. Seu interior é tão requintado que foram precisos 20 anos, para a obra ficar concluída. A torre única na fachada posterior, desperta curiosidade. Na época da escravidão no Brasil, era proibida a entrada de escravos nas igrejas católicas – somente pessoas brancas podiam frequentá-las.

Igreja N. S. do Carmo

Diz a história que o contratador de diamantes, José Fernandes de Oliveira, teria custeado as obras da capela-mor, para que sua amada Chica da Silva, pudesse frequentar a igreja à vontade. Isso é que era amor, hein?! (Não deixe de visitar!)

Endereço: R. do Carmo, (Centro Histórico)

Horário para visitação: 14h-17h de terça a sexta; 9h-12h e 14h-17h aos sábados.

Casa da Glória

o que fazer em Diamantina Minas Gerais dicas viagem pontos turísticos

O Passadiço da Glória ou simplesmente Casa da Glória, é provavelmente um dos edifícios mais pitorescos da cidade. Estima-se que foi construída entre 1750 e 1800, por Manuel Viana. A antiga residência da Dona Josefa Maria da Glória, no século XIX, pertencia ao domínio da Coroa Portuguesa e aos Intendentes dos Diamantes.

Anos mais tarde, a casa foi transformada na residência oficial dos Bispos de Diamantina. Hoje, as construções abrigam o Instituto Casa da Glória, da UFMG, de apoio à Geologia. A Casa da Glória está entre as principais atrações turísticas em Diamantina. 


Endereço: Rua da Glória, 298 (Centro Histórico)

Horário para visitação: 8h-12hs e das 14h-18hs, terça a domingo.

Preço de entrada: R$ 2,00

+ Verifique também: onde ficar em Ouro Preto

Casa museu Chica da Silva

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos cidade histórica

Fachada da Casa-museu Chica da Silva

Quem não lembra das histórias de Chica da Silva, contadas pela literatura, cinema e novelas? Filha do português Antônio Caetano de Sá, e da negra Maria da Costa, aos 18 anos de idade Chica da Silva, a escrava que virou Rainha, viveu um verdadeiro conto de fadas, ao lado do português mais rico das Américas – João Fernandes de Oliveira – o contratador de diamantes.

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos

Visual da sacada de Chica da Silva

O contratador foi enviado para o Brasil, na segunda metade do século XVIII, por ordem do Rei de Portugal. O amor de Chica e João Fernandes, foi símbolo de grande luta e coragem, causando o maior rebuliço na época.

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!
o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos cachoeira Casa Chica da Silva

O fato de uma escrava alforriada, ter atingido posição de destaque na sociedade, ao lado do contratador de diamantes, não era visto com bons olhos pelos fidalgos da Coroa Portuguesa. Chica e João Fernandes, apesar de nunca terem casado, ficaram juntos 17 anos, tiveram 13 filhos, todos reconhecidos legalmente pelo contratador. Continue lendo nossas dicas sobre o que fazer em Diamantina. Você vai gostar!

o que fazer em Diamantina Minas Gerais Casa Chica da Silva pontos turísticos cidade histórica

Pátio da Chica

Endereço: Praça Lobo de Mesquita, nº 266 (Centro Histórico)

Horário para visitação: 12h-17h30, terça a sábado; 9h-12h aos domingos.

Igreja N. S. do Rosário dos Homens Pretos

Construída em 1731, a Igreja de N. S. do Rosário, é um dos lugares históricos mais visitados em Diamantina. Na praça onde foi erguida a Matriz, também se encontra o antigo Chafariz, e a lendária Gameleira do Milagre.

o que fazer em Diamantina Minas Gerais cidade histórica pontos turísticos igrejas coloniais
Endereço: Lg. do Rosário (Centro Histórico)

Horário para visitação: 9h-11h30 e 13h30-17h, terça a sábado; 9h30-11h30 aos domingos.

Casa-museu de Juscelino Kubitschek

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos

O ex-presidente da República do Brasil, Juscelino Kubitschek, nasceu em Diamantina, em 12 de setembro de 1902. Para conhecer a trajetória do estadista Mineiro, visite a Casa-museu, localizada em uma das principais ladeiras da cidade histórica.

O edifício é pequeno e está bem conservado. Aliás, a antiga Casa de Juscelino Kubitschek está entre os melhores lugares para conhecer em Diamantina. 

Endereço: Rua São Francisco, 241. (Centro Histórico)

Horário para visitação: 9h-17h, terça a sábado; 9h-14h aos domingos.

Preço da entrada: R$ 2,00

+ Veja também: roteiro de Ouro Preto e Tiradentes

Catedral Metropolitana de Santo Antônio

A imponente Catedral com arquitetura clássica, fica localizada na Praça Central do Centro Histórico. Foi construída entre 1932 e 1940, em substituição à antiga Igreja de Santo Antônio do Tejuco. Atualmente, a Catedral Metropolitana de Santo Antônio está entre os monumentos históricos mais bonitos e visitados de Minas Gerais.

Endereço: Praça da Catedral (Centro Histórico)

O que fazer em Diamantina – Mercado Municipal

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos cidade histórica

Mercado Municipal

O Mercado Municipal, ou o antigo rancho dos tropeiros foi construído pelo tenente Joaquim Casimiro Lages, em 1835. Fica localizado no histórico Largo da Cavalhada, atual Praça Barão de Guaicuí. Geralmente, aos finais de semana, são realizados ali, espetáculos de música ao vivo.

Endereço: Praça Barão do Guaicuí, 171 (Centro Histórico)

Igreja S. Francisco de Assis

Localizada em uma das principais ruas da cidade, a Igreja de S. Francisco é eleita uma das igrejas mais bonitas de Diamantina. O estilo predominante é o rococó. Seu interior é decorado com altares que combinam madeira e ouro. Na visita à igreja, aproveite para subir na torre dos sinos e fazer belos registros da cidade e da Serra dos Cristais, ao fundo.

Endereço: R. São Francisco (Centro Histórico)

Horário para visitação: 8h-12h e 14h-17h, de segunda a sábado.

+ Conheça também: cidades históricas mais bonitas de Minas Gerais

Melhores lugares para comer em Diamantina


O Garimpeiro (Pousada Garimpo)

Endereço: Av. da Saudade, 265-MG

Horário de funcionamento: 18h-22h, segunda à sexta; 11h-22h aos sábados; 11h-16h aos domingos.

Apocalipse Restaurante 

Endereço: Praça Barão do Guaicuí, 78-MG

Horário de funcionamento: aberto apenas para almoço, diariamente.

Restaurante Al Árabe

Endereço: Praça Dr Prado 124-MG

Horário de funcionamento: De segunda a sábado das 10h às 2h.

+ Confira também: comidas típicas de Minas Gerais

Bares e Cafés

o que fazer em Diamantina Minas Gerais

Rua da Quitanda

Existem vários bares e cafés espalhados por toda a Diamantina, no entanto, é na Rua da Quitanda que você vai encontrar a maior concentração. Os espaços são agradáveis, servem petiscos e bebidas geladas. Alguns eventos importantes, também são realizados ali.

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

Vesperata em Diamantina

o que fazer em Diamantina Vesperata cidade histórica dicas viagem pontos turísticos

Vesperata

Diamantina, tem uma tradição musical muito forte. O Concerto da Vesperata, no antigo Arraial do Tijuco, caracteriza-se por ser o contrário da Serenata. Na Serenata, os músicos tocam na rua para a pessoa amada e ela assiste da varanda. Enquanto na Vesperata, é justamente o contrário, os músicos apresentam seu repertório na varanda para as pessoas que assistem da rua.

o que fazer em Diamantina Minas Gerais pontos turísticos vesperata

No eclético repertório, todos os estilos têm vez – boleros, sambas, marchas, sonatas e até MPB. O evento cultural, geralmente, acontece de março a outubro, em dois sábados por mês, na estação seca do ano. Fique atento à programação aqui.

Endereço: Rua da Quitanda, Diamantina-MG

Dicas de outros lugares a visitar

+ O que fazer em Ouro Preto

+ onde ficar em Tiradentes 

+ o que fazer em São João del Rei

+ Cachoeiras em Diamantina

+ Roteiro Ouro Preto e Tiradentes 

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e sugestões. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo (a) ao blog!

Procurando Hotel? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui 

 *Gostou do post sobre o que fazer em Diamantina? Compartilhe com seus amigos!

Tags::
Artigo Anterior
Próximo Artigo

Você também vai gostar