Escreva para pesquisar

DESTINOS INTERNACIONAIS Europa Portugal

O que fazer na Serra da Estrela – Portugal

Compartilhar

Roteiro turístico: o que fazer na Serra da Estrela – Portugal

O que fazer na Serra da Estrela. Muitos viajantes têm dificuldade de montar um roteiro de viagem à Serra da Estrela, que inclua algo além dos principais pontos de interesse, como a Estância de Ski e a Torre. Por isso, neste guia listamos as melhores atrações a visitar na Serra da Estrela, um lugar abençoado pela natureza com diversas paisagens para vislumbrar e se apaixonar. E avisamos: a Serra da Estrela é irresistível em qualquer época do ano, mas é durante o Inverno que a região ganha um charme especial. O destino está sempre pronto para receber seus visitantes com sua ótima infraestrutura de hotéis, atrativos, passeios imperdíveis e, claro, muita simpatia e acolhimento. Aqui, os melhores locais a visitar na Serra da Estrela, onde ficar a dormir, dentre outras dicas essenciais para a sua viagem de fim de semana ou umas férias prolongadas. 

O que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da EstrelaO que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da Estrela

Onde fica a Serra da Estrela 

O Parque Natural da Serra da Estrela, mais conhecido como Serra da Estrela, é a montanha mais alta de Portugal Continental, com uma altitude máxima de 1993 metros na Torre.

Está localizada na região do Centro (Região das Beiras), e pertence aos distritos da Guarda e de Castelo Branco.

Importa mencionar, o Parque Natural da Serra da Estrela é a maior área protegida de Portugal, e engloba diversos municípios entre os quais: Guarda, Covilhã, Manteigas, Gouveia, Seia e Celorico da Beira.

Espere encontrar uma Serra com uma paisagem sublime, desenhada por imponentes rochedos espalhados ao longo da montanha, profundamente recortada pelos vales dos rios e ribeiros que lá nascem, como o Mondego e o Zêzere.

Como ir à Serra da Estrela

Chegar à Serra da Estrela é tarefa fácil, principalmente porque as estradas de acesso até ela são relativamente boas, asfaltadas e sinalizadas.

Mas avisamos: O transporte público, como autocarros / ônibus, é ainda bastante carente na região, particularmente nas vilas e aldeias. 

Logo, viajar de carro próprio, alugado ou com um tour são as melhores opções para quem quer visitar a Serra da Estrela, um destino mágico e cheio de boas surpresas.

Distância da Serra da Estrela a:

Lisboa: 295 km

Porto: 194 km 

Guarda: 68 km 

Quando visitar a Serra da Estrela: melhor época

O que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da Estrela

Cântaro Magro, um dos mais belos cartões de visita da Serra da Estrela – Portugal

Nós já tivemos o privilégio de visitar a Serra da Estrela diversas vezes e garantimos: as paisagem são magníficas o ano todo!

O Inverno é perfeito para se aventurar na neve, com a chegada da Primavera, as temperaturas ficam mais amenas e a Serra está mais florida, o Verão já é mais quente e convida a banhos refrescantes na envolvência de alguns dos cenários naturais mais belos de Portugal: as praias fluviais. 

Na verdade fica difícil escolher quando visitar a Serra da Estrela, já que sobram razões para ir em qualquer época do ano.

Assim sendo, não importa o período das suas férias, vale muito a pena aproveitar a Serra da Estrela em qualquer estação do ano, o destino sempre garante momentos inesquecíveis.

Neste roteiro de viagem vamos ajudar você a escolher ou, quem sabe, programar duas visitas à Serra da Estrela, uma no Inverno e outra no Verão. 

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

Serra da Estrela – Portugal: Vale a pena conhecer?

Mais do que explorar novos lugares, viajar é descobrir outros mundos, conhecer novas culturas e experimentar sabores até então desconhecidos. É proporcionar à mente a melhor sensação que pode existir, a de ir.

Se está em dúvida se vale ou não a pena visitar a Serra da Estrela, saiba que a região é considerada uma das mais bonitas de Portugal, onde dá para combinar passeios por paisagens naturais incríveis, com roteiros culturais e gastronómicos riquíssimos.

Confira as nossas dicas dos melhores atrativos, e tire suas próprias conclusões se vale ou não a pena explorar a Serra da Estrela.

Roteiro: o que fazer na Serra da Estrela, melhores locais a visitar

O que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da Estrela

Paisagens de tirar o fôlego são a imagem de marca da Serra da Estrela! Mas as atrações do parque vão muito para lá das paisagens.

Aldeias de montanha, alojamentos de Turismo Rural, artesanato, queijos e enchidos regionais, miradouros, monumentos históricos, feiras e cultura. Na Serra da Estrela o tédio fica à porta!

Para que possa organizar os seus passeios com eficiência preparámos-lhe um roteiro especial com os melhores locais a visitar na Serra da Estrela. Escolha, planeie, faça a mala, vá e seja feliz!

1 – Casa de São Lourenço – Burel Mountain Hotels

Casa de São Lourenço / Divulgação

A antiga Pousada de São Lourenço é hoje a Casa de São Lourenço.

O Hotel 5 estrelas conta com 17 quartos e 4 suítes, todos com uma encantadora vista para a Vila de Manteigas e para o Vale Glaciar do rio Zêzere, o maior vale glaciar da Europa.

Nos luxuosos espaços da Casa de São Lourenço, predominam os estilos clássico e contemporâneo aliados ao conforto.

A unidade dispõe de acomodações aconchegantes e climatizadas, piscina interior aquecida, Spa e centro de bem-estar, estacionamento privado gratuito, bar lounge, terraço e jardim.

Todas as manhãs, os hóspedes podem degustar o pequeno-almoço continental servido no salão do hotel, com uma bela vista panorâmica para a imponente montanha emoldurando o cenário.

Além disso, o Casa de São Lourenço proporciona alojamento com um restaurante, do qual se distingue pelo requinte da sua gastronomia. Não tem como ser mais especial.

Morada / Endereço: Casa de São Lourenço, Estrada Nacional 232, 49, 6260-200 Manteigas, Serra da Estrela – Portugal 

2 – Casa das Muralhas

Casa das Muralhas Hotel / Divulgação

Instalada num edifício do século XIX, em pleno Centro Histórico da Covilhã, a Casa das Muralhas Hotel é a combinação perfeita entre charme e montanha.

O edifício, com história, é bastante acolhedor e o serviço personalizado.  

A propriedade apresenta uma decoração contemporânea e oferece uma bela vista panorâmica para a Serra da Estrela, para a cidade da Covilhã e tem como pano de fundo a muralha do antigo Castelo, que dá o nome à Casa.

Além disso, conta com um Restaurante Bistrô, pátio com Snack-Bar e esplanada, piscina exterior com espreguiçadeiras para banhos de sol, Wi-Fi e estacionamento privado gratuito.

Para completar, o pequeno-almoço é preparado com muito amor e cuidado: pães quentinhos, queijos e enchidos da Serra, fruta laminada, café, bolos e compotas caseiras, dentre outras deliciosas iguarias. Boa aposta!

Morada / Endereço: Rua Pedro Álvares Cabral 5, 6200-375, Covilhã – Serra da Estrela – Portugal

3 – Casa das Penhas Douradas Design Hotel e SPA

Casa das Penhas Douradas Design Hotel e SPA / Divulgação

Localizado a 1500 metros de altitude, o Casa das Penhas Douradas Design Hotel e SPA é um dos melhores e mais carismáticos hotéis de charme do Parque Natural da Serra da Estrela.

A unidade 4 estrelas apresenta elegantes acomodações com um enquadramento paisagístico natural sublime.

Disponibiliza fantásticas suites com varanda e vista para a montanha, piscina interior aquecida e piscina exterior semi-olímpica, Spa com programas de massagens e tratamentos especiais para relaxar o corpo e a mente.

Além disso, o restaurante do hotel, com um ambiente intimista, possui janelas panorâmicas e serve uma culinária contemporânea com sabores únicos da Serra. Existem opções de pratos sem glúten, vegetarianos e refeições ligeiras.

Para completar, oferece um delicioso pequeno-almoço e um atendimento sumamente gentil e personalizado. A não perder!

Morada / Endereço: Casa das Penhas Douradas Design Hotel e SPA, Penhas Douradas, 6260 – 200 Manteigas, Serra da Estrela – Portugal 

4 – H2otel Congress & Medical SPA

H2otel Congress & Medical SPA / Divulgação

Localizado numa aldeia escondida da Serra da Estrela, o H2otel Congress & Medical SPA apresenta-se como um alojamento de excelência pontuado pela beleza natural envolvente e pelo ambiente rural.

A amplitude e conforto dos seus espaços acolhedores são proporcionados logo à entrada nas suas salas de estar e no lounge Bar.

O hotel conta com uma bela decoração contemporânea e disponibiliza acomodações amplas e confortáveis com varanda, piscinas interiores e exteriores, um centro de bem-estar completo com massagens, jacuzzi, banho turco e sauna, além de um delicioso restaurante estrelado.

Para completar, atendimento excelente de todos os funcionários e pequeno-almoço para recordar e repetir. Boa aposta!

Morada / Endereço: H2otel Congress & Medical SPA, Av. das Termas Apartado 459, 6215-674 Unhais da Serra – Portugal

5 – Chão do Rio – Turismo de Aldeia

Chão do Rio – Turismo de Aldeia / Divulgação

Localizada no sopé da montanha, o Chão do Rio – Turismo de Aldeia apresenta-se como uma das melhores sugestões de alojamento em Seia, no coração da Serra da Estrela.

As acomodações estão distribuídas em bangalôs e toda a sua estrutura reflete um ambiente rústico e charmoso.

Além dos quartos confortáveis, todas as unidades contam com uma varanda e terraço privativo, com uma sala de estar e kitchenette equipada, área de refeições e Wi-Fi gratuito em todos os espaços.

A propriedade também disponibiliza aos hóspedes uma piscina exterior biológica, comodidades para churrasco, forno a lenha exterior e uma lareira ao ar livre,  área de piquenique, parque infantil, estacionamento privado e bicicletas gratuitas.

Como se isso não bastasse, os pequenos-almoços são servidos em cestos e incluem deliciosas especialidades regionais: frutas, mel, queijos e embutidos da serra, pães quentinhos e compotas caseiras, sumo, chá, café e o bolo negro de Loriga, docinho típico da região.

Este alojamento tem uma taxa de ocupação alta. Por isso, não se esqueça de reservar o seu chalé com antecedência!

Morada / Endereço: Rua da Calçada Romana, 6270-601 Travancinha, Seia, Serra da Estrela – Portugal

6 – Casas Da Lapa, Nature & Spa Hotel

Casas Da Lapa, Nature & Spa Hotel / Divulgação

Casas da Lapa é um hotel 5 estrelas situado no topo de uma colina na pequena aldeia da Lapa Dos Dinheiros, em Seia.

A unidade apresenta-se como um oásis de tranquilidade e dispõe de 8 suites e 7 quartos com uma bela vista panorâmica para a montanha.

Vale salientar, o bom gosto da arquitetura moderna com linhas e decoração contemporânea.

O Casas da Lapa oferece um fantástico buffet de pequeno-almoço sem hora limite, acesso privativo ao Spa com piscina aquecida, sauna e banho turco, amenities Claus Porto, cama king size, roupão aveludado e piscina ao ar livre.

Para além disso, o hotel conta com um agradável Bar e um requintado Restaurante que serve um menu à la carte, com pratos de influências internacionais. Requer reserva com antecedência. Aposta excelente!

Morada / Endereço: Rua Eira da Costa 10, 6270-651, Lapa dos Dinheiros, Seia – Serra da Estrela – Portugal

7 – Pena D’Água Boutique Hotel & Villas

Pena D’Água Boutique Hotel & Villas / Divulgação

Localizado na Covilhã, o Pena D’Água Boutique Hotel & Villas é também uma excelente opção para ficar hospedado no coração da Serra da Estrela. 

Instalado numa propriedade centenária, a unidade 4 estrelas apresenta ambientes únicos e cheios de charme, com uma vista encantadora para cidade e para o pátio-jardim.

Além dos detalhes decorativos, todos os quartos dispõem do equipamento necessário para uma estadia confortável: cama king size, casa de banho privativa, amenities de qualidade, controle individual de ar-condicionado split e aquecimento, TV LED, pantufas e roupão aveludado e Wi-Fi de cortesia.

O Pena D’Água também conta com uma piscina interior aquecida, Spa e centro de bem-estar, restaurante e bar lounge, além de estacionamento privado e gratuito para os hóspedes. 

Morada / Endereço: Pena D’Água Boutique Hotel & Villas, Rua de São Francisco Álvares, 6200-051 – Covilhã, Serra da Estrela – Portugal

8 – Pousada da Serra da Estrela

Pousada da Serra da Estrela / Divulgação

A Pousada da Serra da Estrela é um dos hotéis mais tradicionais da Serra da Estrela e do turismo de montanha.

A unidade 4 estrelas faz parte do grupo Pestana, e dispõe de espaços amplos com vista para a montanha rodeada de neve ou do verde da Cova da Beira.

Conta com quartos elegantes, confortáveis e climatizados, restaurante de gastronomia contemporânea, bar lounge, spa completo, banho turco, piscina exterior e piscina interior, bastante área verde, sala de jogos, área de Kids Club, Wi-Fi e estacionamento privado gratuito.

Para completar, o pequeno-almoço variado e de excelente qualidade, está incluso no valor da tarifa.

Ah, a Pousada da Serra da Estrela aceita pets, logo o seu cão é muito bem vindo.

Morada / Endereço: Pousada da Serra da Estrela, Estrada Nacional 339 – Penhas da Saúde, 6200-111, Covilhã, Serra da Estrela – Portugal 

9 – Torre da Serra da Estrela

O que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da Estrela

O que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da Estrela

O topo da Torre da Serra da Estrela é o ponto mais alto de Portugal Continental e ergue-se a 1993 metros de altitude, como já referido no tópico acima.

A localização geográfica da Torre, e o efeito da glaciação transforma a Serra da Estrela num destino magnífico em termos paisagísticos e geológicos.

Neste local são registradas as temperaturas mais baixas do país, chegando atingir -20°C nos meses de Inverno.

Por conta disso, é o último lugar onde a neve derrete. Não se esqueça de levar bons agasalhos, especialmente na cabeça, nas mãos e nos pés. 

Com uma paisagem digna de cartão-postal, a Torre é o ponto turístico mais visitado do Parque Natural da Serra da Estrela. Prepare a máquina fotográfica!

No local há uma Estância de Ski (a única do país) e um pequeno Centro Comercial, que vende produtos regionais de qualidade: queijos da serra, presuntos e enchidos, mel, artesanato, peças de roupa em lã e couro, dentre outros artigos. 

Dica

Vale super a pena visitar a Torre no Inverno para fazer um boneco de neve, esquiar ou andar de trenó (há muitos trenós à venda no Centro Comercial da Torre).

Aproveite as férias de Natal ou as férias da Páscoa para levar os miúdos! Os passeios são muito divertidos e as fotos das crianças e da família ficam giríssimas!

10 – Vale Glaciar do Zêzere

O que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da Estrela

O Vale Glaciar do Zêzere é o maior vale glaciar do Continente Europeu, com uma extensão de aproximadamente 13 km desde a nascente do rio Zêzere até à Vila de Manteigas.

A atração exibe belezas geológicas singulares, como as rochas graníticas dos Cântaros, Magro, Gordo e Raso, assim como reservas biogenéticas de grande valor natural e paisagístico.

É possível apreciar o Vale Glaciar do Zêzere de dentro do carro, durante o percurso Vila de Manteigas – Torre.

No trajeto há diversos miradouros naturais para curtir a paisagem sem pressa enquanto tira fotos. 

No Vale Glaciar do Zêzere destacam-se as encostas abruptas, rasgadas por linhas de água que despencam em cascatas, o rio Zêzere, as casinhas típicas da serra – “cortes” cercadas de pastos verdejantes, os rebanhos de ovelhas e a Vila de Manteigas perfeitamente encaixada no vale. Um cenário realmente peculiar e apaixonante! 

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

11- Covão d’ametade

O que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da Estrela

Visitar a Serra da Estrela: Covão d’ametade – Manteigas

Trata-se de um dos lugares mais bonitos da Serra da Estrela. A 1500 metros de altitude, situado no sopé do Cântaro Magro e no início do Vale Glaciar do Zêzere, o Covão d’Ametade é parada obrigatória no trajeto Vila de Manteigas – Torre. 

O rio Zêzere passa por ali com um belo caudal nos meses de Outono – Inverno.

Se gosta de caminhadas de aventura a partir do Covão d’Ametade pode iniciar percursos pedestres pelos trilhos ecológicos da região.

Além disso, no local há um amplo espaço de lazer para um piquenique, um bar de apoio, um parque de campismo e estacionamento à beira da EN 338.

12 – Cascata do Poço do Inferno

O que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da Estrela

Alimentada pela Ribeira de Leandres, afluente do rio Zêzere, a Cascata do Poço do Inferno está escondida em pleno Parque Natural da Serra da Estrela. 

Localizada a 1.080 metros de altitude, a atração faz parte do Trilho PR15 – Rota do Poço do Inferno (PR1MTG), um percurso pedestre circular de 2,5 km. 

A queda não é muito grande (cerca de 10 metros), mas suas águas cristalinas formam uma encantadora lagoa natural de cor verde esmeralda. Vale a pena conhecer!

Como ir ao Poço do Inferno

Uma vez na Serra da Estrela, é fácil chegar à ao Poço do Inferno.

Partindo da Vila de Manteigas, na estrada que acompanha o magnífico Vale Glaciar do Zêzere, perto das Caldas de Manteigas, vai encontrar um desvio para a Cascata do Poço do Inferno.

Há placas indicando o caminho, mas para quem não conhece o percurso, a dica é pedir ajuda ao GPS do Google Maps.

Atenção

Durante os meses de Verão, a Cascata do Poço do Inferno costuma estar com menos caudal ou seca.

Assim sendo, para ver a queda d’água em todo seu esplendor, programe uma visita à cascata no Inverno ou na Primavera. 

13 – Bosque das Faias de Manteigas

O que fazer na Serra da Estrela

Visitar a Serra da Estrela: Bosque das Faias de Manteigas

É apaixonado pela natureza, pelo trekking e pela fotografia? Então, vai adorar uma visita ao Bosque das Faias de Manteigas, um dos lugares mais encantadores e mágicos do Parque Natural da Serra da Estrela.  

Por conta do colorido das folhas caducas e das temperaturas amenas, o Outono é a época perfeita para realizar a chamada Rota das Faias, e descobrir esta bela floresta que parece ter saído diretamente de um conto de fadas.

Dica

O Trilho Rota das Faias é um percurso pedestre circular, com uma extensão de 6,4 km e grau de dificuldade médio.

A rota está muito bem sinalizada e tem seu início na Vila de Manteigas. Duração de aproximadamente 3 horas (ida e volta).

Obrigatório levar roupa confortável, água e calçado apropriado a caminhadas em montanha. 

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

14 – Trilho do Covão dos Conchos e Lagoa Comprida

Visitar a Serra da Estrela: Covão dos Conchos

Em pleno Parque Natural da Serra da Estrela, a poucos quilómetros da aldeia do Sabugueiro e da Lagoa Comprida, existe um enigmático funil onde as águas da Ribeira das Naves desaparecem misteriosamente.

Estamos a falar-lhe do curioso Covão dos Conchos, uma espécie de ralo que parece um portal para outra dimensão.

O cenário da lagoa com o buraco na água é surreal! Mas na verdade, o Covão dos Conchos nada mais é do que um túnel, construído pelo homem, para encaminhar as águas da Ribeira das Naves, até à Lagoa Comprida, o maior reservatório da Serra da Estrela, onde é feito aproveitamento hidroelétrico.

Construído a partir de betão e granito, o túnel já existe ali há mais de 60 anos, ajudando a manter o nível da água da Ribeira das Naves. 

Atualmente, a Lagoa do Covão dos Conchos é um dos locais mais visitados da Serra da Estrela, e atrai turistas de várias partes do mundo. 

Como ir à Lagoa do Covão dos Conchos

A única forma de chegar à Lagoa do Covão dos Conchos é a pé, pelo Trilho do Covão dos Conchos, com início no lado esquerdo da Lagoa Comprida (Seia), junto à Central Hidroelétrica.

Nas imediações da Lagoa Comprida, onde começa o trilho, há um pequeno Centro Comercial com produtos regionais e um parque de estacionamento, onde se pode deixar o carro livre de pagamento.

O Trilho do Covão dos Conchos tem 10 quilómetros de extensão (ida e volta) com grau de dificuldade fácil.

Tempo médio de duração: 3 horas (ida e volta).

O percurso não se encontra sinalizado, mas o caminho não tem nada que enganar.

Mesmo assim, deixamos aqui as coordenadas GPS: 40°21’54.9″N 7°38’48.0″W.

Dicas importantes

Os meses perfeitos para visitar o Covão dos Conchos são Março, Abril e Maio, por conta do volume da água.

Durante os meses de Verão, a barragem costuma ficar mais seca e, por essa razão, não existe o cenário da água a cair no funil.

Lembrete: Vá prevenido com água e lanchinho, roupa confortável, calçado adequado para trekking e uma sacola para recolher o seu lixo, claro está!

15 – Nave da Mestra

Visitar a Serra da Estrela: Nave da Mestra

Localizada a 1800 metros de altitude, em pleno planalto da Serra da Estrela, encontra-se a Nave da Mestra, um belo recanto paradisíaco para os viajantes que buscam contato mais direto e profundo com a imensidão do Parque Natural.

O local é também conhecido pelo nome de Nave da Barca, por conta dos enormes penedos em forma de barco.

A Nave da Mestra é um lugar remoto, lindo e tem mesmo uma energia inexplicável.

Além de abrigo nocturno para rebanhos e pastores, a Nave da Mestra acolhe também aventureiros que ali se refrescam e renovam as forças.

A paisagem bucólica é composta por campos verdejantes, enormes blocos de rochas graníticas e um encantador riacho de águas límpidas, que convidam a um refrescante mergulho nos dias de maior calor.

Como ir à Nave da Mestra

Existem diversas portas de entrada para a Nave da Mestra, mas para lá chegar só mesmo a pé.

Os acessos mais comuns para visitar a Nave da Mestra são a Rota do Carvão ou a Rota do Maciço Central. Contudo, são percursos de dificuldade elevada.

Rota do Carvão” – PR4: Percurso de 23 km de extensão; 

Rota do Maciço Central” – PR5 MTG: Percurso de 13 km de extensão;

Importa referir: Tanto uma rota como a outra são bastante exigentes e requerem um bom condicionamento físico. Não recomendável para iniciantes.

16 – Covilhã

Covilhã é uma cidade tipicamente serrana, localizada na encosta sul do maior sistema montanhoso de Portugal Continental, a Serra da Estrela.

O destino proporciona tudo o que um viajante precisa: história e património cultural, belas paisagens naturais a perder de vista, além de gastronomia de qualidade e ótimos alojamentos.

A Covilhã faz parte do distrito de Castelo Branco, e é bastante conhecida por ser uma das principais portas de entrada para desbravar a Serra da Estrela.

Se está à procura de dicas sobre o que fazer na Serra da Estrela e pretende incluir uma visita à Covilhã, veja a seguir os melhores lugares para conhecer na cidade.

A seguir incluímos as principais atrações que não devem ser deixadas de fora de seu roteiro de viagem.

Locais a visitar na Covilhã

Museu de Lanificios da Covilhã, Igreja de Santa Maria Maior, Museu do Queijo, Museu de Arte Sacra, Senhora da Boa Estrela, Igreja Nossa Senhora da Conceição da Covilhã, Miradouro Portas do Sol, Rua 6 de Setembro, Arte Urbana da Covilhã. 

17 – Aldeia Histórica de Folgosinho

O que fazer na Serra da Estrela

Aldeia Histórica de Folgosinho: Visitar a Serra da Estrela

Em plena Serra da Estrela, a aldeia de Folgosinho conserva ainda a maioria das suas tradições culturais.

Situada a cerca de 933 metros de altitude, esta pequena localidade do concelho de Gouveia, acolhe um belo património histórico e natural.

Folgosinho é um destino a visitar em qualquer altura do ano, mas é certamente nos invernos mais nevosos que a aldeia ganha um encanto especial.

Pontos de interesse a visitar

Castelo Medieval de Folgosinho, Igreja Matriz, Pelourinho e a Casa de Viriato (mítico guerreiro lusitano).

18 – Aldeia Histórica de Linhares da Beira

O que fazer na Serra da Estrela

Visitar a Serra da Estrela: Aldeia Histórica de Linhares da Beira

Linhares da Beira é uma das aldeias históricas mais bem preservadas de Portugal. 

Está localizada na vertente ocidental da Serra da Estrela, e faz parte do Concelho de Celorico da Beira.

Esta aldeia mantém a traça medieval do século XII, e acolhe um rico património histórico que vale a pena conhecer.

O Castelo Medieval, fixado numa elevação rochosa a mais de 800 metros de altitude e dominando o Vale do Mondego, está entre os monumentos históricos mais importantes da aldeia.

Pontos turísticos a visitar

Antiga Casa da Câmara e Cadeia, Antiga Hospedaria Linhares da Beira, Calçada Romana, Castelo Medieval de Linhares da Beira, Fonte Barbosa, Fonte de Mergulho e Fórum, Fonte De S. Caetano, Igreja da Misericórdia, Igreja Matriz, Pelourinho.

19 – Aldeia do Sabugueiro

O que fazer na Serra da Estrela

Sobranceira ao rio Alva, a Aldeia do Sabugueiro faz parte do Concelho de Seia, e é considerada a Aldeia mais Alta de Portugal.

Além disso, Sabugueiro está entre as maiores freguesias do Parque Natural da Serra da Estrela, constituída por casas rústicas de pedra, típicas na região.

Quando visitar esta aldeia serrana, aproveite para visitar o Museu Etnográfico – “Forno Velho”, a Igreja Matriz, a Fonte do Ferreiro, o Forno Comunitário, os Moinhos de Água, a Ponte sobre o Alva, a Praia Fluvial do Rio Alva e a Cascata da Fervença.  

A seguir faça uma pausa para provar os petiscos feitos com produtos locais: presunto, enchidos e o tradicional queijo da serra, muito bons com uma fatia de Pão do Sabugueiro.

20 – Cabeça – Aldeia Natal

O que fazer na Serra da Estrela

Visitar a Serra da Estrela: Cabeça – Aldeia Natal

Implantada numa das encostas verdejantes da Serra da Estrela, Cabeça é a primeira Aldeia-Natal eco-sustentável do país!

Todos os anos, durante a época natalícia, as ruas e casas da pequena aldeia são decoradas com materiais orgânicos e recicláveis da Natureza (giestas, pinhas, bugalhos, azevinho, musgo, etc).

Situada no Concelho de Seia, Cabeça é uma aldeia de montanha que preserva sua autenticidade do meio rural e oferece um contato direto com a natureza.

Vale a pena reservar algumas horas para visitar as principais atrações e fazer um belo passeio a pé pelo meio do casario.

O que visitar em Cabeça – Aldeia Natal

Igreja da Divina Pastora, Ermida de Nossa Senhora da Nazaré, Igreja de São Romão, Capela de Santo António, Forno Comunitário, Sobreiro centenário do Outeiro da Ponte, Socalcos de Cabeça, Piscina natural do Poço da Ponte. 

21 – Cascata do Poço da Broca

O que fazer na Serra da Estrela

Estrategicamente localizada na Aldeia de Barriosa, em Vide (Seia), a Cascata do Poço da Broca é ideal para desfrutar numa visita à Serra da Estrela. 

A principal piscina que forma o Poço da Broca é perfeita para quem gosta de nadar, mergulhar e aproveitar a dois, com amigos ou em família.

Vale nadar até à cascata para curtir um bom banho sob a queda d’água e lavar a alma.

Junto a esta cascata fica a Praia Fluvial do Poço da Broca, considerada uma das melhores praias fluviais do Parque Natural da Serra da Estrela.

No local há um bar com esplanada e um restaurante de apoio, além de um estacionamento gratuito nas imediações. Imperdível nos meses de verão!

22 – Praia Fluvial da Lapa dos Dinheiros ou Praia da Caniça

O que fazer na Serra da Estrela

Na Serra da Estrela, o turismo não se faz só no Inverno, as praias fluviais são sítios de tranquilidade e beleza natural.

Em Lapa dos Dinheiros, no Concelho de Seia, há uma bela praia de rio, banhada pelas águas límpidas da Ribeira do Souto da Lapa.

Estamos a falar-lhe da Praia Fluvial da Lapa dos Dinheiros ou Praia da Caniça, premiada com Bandeira Azul e classificada com a qualidade de Ouro pela Quercus.

Para além disso, o local conta com vigilância em época balnear, bar e Parque de Merendas com churrasqueira, acesso facilitado a pessoas com mobilidade reduzida, posto de primeiros socorros e estacionamento nas proximidades. 

Perto desta praia fluvial encontram-se pequenas cascatas e uma antiga ponte romana, a Ponte da Caniça. Praia fluvial excelente para famílias com crianças!

23 – Praia Fluvial de Vila Cova à Coelheira

O que fazer na Serra da Estrela

Em plena Serra da Estrela, a poucos quilómetros de Seia, encontramos um pequeno paraíso do interior de Portugal: a Praia Fluvial de Vila Cova à Coelheira, mais uma ótima opção para umas férias de Verão.

Neste parque fluvial vai contar com uma bela praia de águas cristalinas e área de campismo, parque de merendas e churrasqueira, bar/restaurante, água potável, parque infantil, vigilância nos meses de Verão, instalações sanitárias, campo de vólei de praia, acesso facilitado a pessoas com mobilidade reduzida e um parque de estacionamento nas proximidades.

Para chegar à Praia Fluvial de Vila Cova à Coelheira dirija até Vila Cova à Coelheira (Seia). A partir daí siga as indicações para a praia fluvial, com acesso facilitado pela Ponte Medieval (século XVII) sobre o rio Alva.

24 – Praia Fluvial do Vale do Rossim

O que fazer na Serra da Estrela

Visitar a Serra da Estrela: Praia Fluvial do Vale do Rossim

No Concelho de Gouveia, a Praia Fluvial do Vale do Rossim fica situada a mais de 1.400 metros de altitude, próxima das Penhas Douradas, um dos pontos mais altos de Portugal Continental.

A praia possui um vasto areal rodeado pelas encostas da Serra, bastantes áreas verdes e apoio a todos os visitantes que aproveitam as temperaturas agradáveis de Verão para banhos na lagoa.

À beira da lagoa à água é límpida e rasinha, perfeita para casais e famílias com crianças.

Além disso, junto à praia vai encontrar um pequeno parque de merendas e tudo o que necessita para passar ali um dia tranquilo, desde manhã até à noite. Ah, e a água não é fria.

25 – Praia Fluvial de Loriga

O que fazer na Serra da Estrela

Visitar a Praia Fluvial de Loriga, no Concelho de Seia, é visitar uma das praias fluviais mais encantadoras de Portugal.

Aliás, Loriga, foi uma das finalistas das “7 Maravilhas – Praias de Portugal”, na categoria de praias fluviais.

A paisagem, como deve imaginar, é absolutamente apaixonante, com um cenário de tirar o fôlego.

Já a temperatura da água, bem, prepara-se para gelar, ou não estivesse esta praia encaixada num vale glaciar.

A Praia Fluvial de Loriga é composta por várias piscinas naturais, alimentadas pelas águas cristalinas da ribeira de Loriga. 

Está localizada no coração da Serra da Estrela, a apenas 1 quilómetro do centrinho da vila de Loriga.

Pode chegar facilmente à praia de carro ou a pé a partir da vila. Há um estacionamento nas proximidades, mas nos meses de Verão costuma ficar cheio.

Para completar, o local tem apoio de um barzinho com esplanada, um parque de merendas com sombras, além de um parque infantil.

26 – Restaurante Puro Serra da Estrela

O que fazer na Serra da Estrela

A experiência gastronómica no Puro Serra da Estrela tem um nível elevadíssimo, com diversas opções de pratos da cozinha serrana moderna.

Localizado nas Penhas da Saúde (Covilhã), o restaurante está instalado num típico chalé de montanha, e oferece uma vista encantadora da Serra.

A comida é super gostosa, e a casa ainda conta com um ambiente rústico e aconchegante, além do atendimento simpático e bom preço-qualidade.

Especialidades que não pode deixar de provar

Medalhões de novilho com arroz selvagem, Bacalhau com crosta de broa, Risoto de Cogumelos, sopa de Castanhas, Coroa de carré de Cordeiro no forno, Petit Gateau de chocolate com frutos vermelhos caramelizados.

Morada/Endereço: Restaurante Puro Serra da Estrela, Chalet No 64, Penhas da Saúde, Serra da Estrela, Covilhã 6215-120 – Portugal

27 – Varanda da Estrela

O que fazer na Serra da Estrela

Localizado nas Penhas da Saúde, o Varanda da Estrela é um restaurante tipicamente serrano e oferece muitas opções de pratos regionais de qualidade e bem servidos.

É um lugar com ambiente super agradável, ideal para almoços e jantares em família, com amigos ou a dois.

Além disso, o restaurante conta com uma decoração rústica e acolhedora, atendimento gentil e eficiente.

Morada / Endereço: Varanda de Estrela, Penhas da Saúde N339, Serra da Estrela – Covilhã, 6215-329, Portugal

Algumas especialidades da casa

Tábua de Queijo de Ovelha e Presunto, Mix de enchidos Serranos, Bife de Vazia com molho de Queijo da Serra, Costeletão de Novilho, Pernil de Leitão Confitado, Cordeiro grelhado na brasa, Polvo à Varanda da Estrela, Cabritinho assado no forno do padeiro, Almofadinha Serrana, Mousse de Chocolate After Eight.

28 – Lenda Viriato

O que fazer na Serra da Estrela - Portugal: Pontos Turísticos, Onde ficar, Onde Comer, O que visitar na Serra da Estrela, Quando Neva na Serra da Estrela

É um dos melhores e mais antigos restaurantes de comida tradicional da Serra da Estrela, localizado na pequena aldeia de Unhais da Serra. 

No Lenda Viriato, a comida é feita como em casa, com bons produtos, bons temperos e doses generosas. 

Além disso, o restaurante apresenta um ambiente rústico e familiar, decorado de forma a recordar outros tempos.

Em nossa experiência, o serviço do staff foi cortês e a comida estava uma delícia.

Algumas especialidades da casa

Javali com Castanhas, Enchidos da Serra, Truta grelhada com Presunto Ibérico, Tábua Lusitana, Perdiz, Tornedó de Vitela, Cabrito assado no forno de lenha, Papas de Carolo, Arroz doce, Tarte de Requeijão, Pudim de abóbora. 

Morada / Endereço: Lenda Viriato, Rua Santo Aleixo Nº 16 – Detrás da Igreja, Unhais da Serra, 6215-696, Serra da Estrela – Portugal

29 – Vale do Zêzere Restaurante

O que fazer na Serra da Estrela

Vale do Zêzere Restaurante / Divulgação

Comer bem não é uma tarefa difícil na Serra da Estrela, mas a concorrência entre os restaurantes é grande, especialmente quando o assunto é comida regional portuguesa.

Nesta categoria, o Vale do Zêzere Restaurante destaca-se como opção de bom preço-qualidade, comida gostosa e atendimento simpático.

O ambiente do restaurante é agradável, com vista para a montanha e para a vila de Manteigas. Ideal para uma refeição sem pressa. Convém reservar mesa. 

Morada / Endereço: Vale do Zêzere Restaurante, Quinta de Santo António, Estrada da Lapa, 6260-191, Manteigas, Serra da Estrela – Portugal

Algumas especialidades da casa

Cabrito assado com Castanhas, Alecrim e Mel, Feijocas à Moda de Manteigas, Chanfana à Serra da Estrela, Medelhão de Vitela com Queijo da Serra, Bacalhau à Vale do Zêzere.

30 – Casa do Clube – Tapas & Wine Bar

O que fazer na Serra da Estrela

Integrado no Clube Nacional de Montanhismo, o Casa do Clube – Tapas & Wine Bar é um espaço informal e descontraído onde os visitantes podem desfrutar de uma diversificada seleção de tapas e petiscos serranos.

A casa tem um ambiente rústico e confortável, com uma lareira gigante acesa, mesas em madeira robusta dispostas em seu salão interior, outras na esplanada, uma localização perfeita para observar o vai-vem de pessoas passeando na aldeia turística das Penhas da Saúde.

Algumas especialidades de petiscos

Feijocas serranas, Pernil de Leitão confitado, Chouriça assada de Javali, Pastel de Bacalhau com Queijo da Serra, Javali com cogumelos selvagens, Tábuas – de Queijo e presunto Ibérico, Tigelada Beirã.

Morada / Endereço: Casa do Clube – Tapas & Wine Bar, Rua dos Castros Cortes Do Meio, Penhas da Saúde, Covilhã, 6215-120, Serra da Estrela – Portugal

+ Reserve Hotel pelo Booking com até 50% desconto – Cancelamento Gratuito!

Quantos dias ficar na Serra da Estrela

Se o objetivo da sua viagem à Serra da Estrela é descansar, recomenda-se ficar pelo menos 3 dias para compensar o deslocamento.

Agora se a ideia for passear e explorar com calma os lugares turísticos do Parque Natural, a viagem-padrão de 7 dias completos é perfeita. 

Nota importante

Quando visitar a Serra da Estrela lembre-se que a região é uma área selvagem, e como tal é necessário ter a máxima cautela. Se possível, deixe o parque ainda melhor do que o encontrou. A Natureza agradece!

Além disso, tenha a consciência de que está numa Zona de Protecção da Natureza. Tente sempre:

Respeitar o modo de vida e tradições locais;

Evitar o barulho ou atitudes que perturbem a tranquilidade e paz local;

Manter a distância dos animais e não os tentar alimentar;

Não apanhar plantas nem recolher amostras geológicas;

Trazer sempre consigo um saco para recolher o lixo que produz;

E você, já conhece a Serra da Estrela? Não? Então se ficou com vontade de conhecer programe uma visita e encaminhe este post para alguém que vai amar este paraíso também!

+ Dicas de locais a visitar

Agora que você já sabe o que fazer na Serra da Estrela, aproveite e descubra a seguir outros belos destinos para visitar em Portugal.

+ Aldeias Históricas e Turísticas do Gerês

+ O que fazer em Belmonte

+ Melhores praias fluviais do Gerês

+ O que fazer na Serra da Arrábida

+ Melhores Cascatas do Gerês

+ O que visitar em Tomar

+ O que visitar em Sortelha

+ Praias de Aljezur

+ Praia da Ursa

+ O que fazer em Monsanto

+ Praias da Zambujeira do Mar

+ O que visitar em Sortelha

+ O que fazer em Piodão

+ Melhores praias do Alentejo

+ Melhores praias da Costa Vicentina 

Ficamos super felizes em ajudar no planejamento da sua viagem. Esperamos que tenha gostado das nossas dicas e informações. Obrigada pela visita e seja sempre bem-vindo ao blog!

Procurando Hotel? Pesquise as promoções no Booking.com – você não paga nada por isso, cancela e altera quando quiser e ainda tem a garantia dos melhores preços. Saiba mais: Aqui !

*Gostou do post sobre o que fazer na Serra da Estrela? Compartilhe com seus amigos!

Tags:

Você também vai gostar